LMS – Volume 1, Capítulo 2: A Besta Selvagem Aparece

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 1 – Capítulo 2 – A Besta Selvagem Aparece (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 1 – Capítulo 2 – A Besta Selvagem Aparece (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v1c02

Volume 1

CAPÍTULO 2 – A Besta Selvagem Aparece

A varredura da sua íris e nervos determinou que você ainda é um usuário não registrado. Você gostaria de criar uma nova conta?

SIM | NÃO

            Quando Lee Hyun conectou-se a Royal Road, o primeiro som que chegou aos seus ouvidos foi o de uma voz feminina.

            Ele olhou ao redor para ver quem havia falado com ele, mas não havia ninguém. Era um espaço dentro do universo e, em seguida, ele percebeu que estava no meio do processo de ativação de uma nova conta.

            “Sim!”

Selecione o nome do seu persona…

            “Weed”.

            Weed (NT = Nota João: Weed em português é erva daninha, vulgo matinho), a mais baixa entre as baixas plantas do mundo. Para Lee Hyun, era o que mais combinava com ele.

Selecione seu gênero entre o masculino, feminino ou neutr…

            “Masculino!”

Royal Road possui quarenta e nove raças.

Você pode selecionar a sua raça dentre as vinte e nove primárias..

            “Humano!”

Você pode alterar a sua aparênc…

            “Do jeito que eu sou”.

Sua conta foi ativada.

Seus atributos e classe serão determinados enquanto você estiver jogando Royal Road…

            “Passar!”

Selecione a cidade e o reino onde você deseja começar.

            “Cidade de Serabourg, Reino de Rosenheim!”

Bem-vindo a Royal…

            “Passar!”

            Com medo de perder até mesmo um segundo, Lee Hyun pulou todas as etapas do tutorial e tomou decisões rápidas de acordo com seu plano pré-estabelecido. Os 300.000 won (NT = Nota barafael: U$ 270,00 – cotação de maio de 2016) de custo mensal do jogo eram uma grande despesa para ele.

***

            Em Royal Road, há mais de uma centena de grandes cidades e milhares de cidades menores. Um novo jogador começa a sua aventura em uma capital ou em uma cidade de tamanho comparável.

            Similar à onde Weed está começando.

            *Flash*

            Em um flash de luz, ele apareceu na Cidadela de Serabourg, Rosenheim.

            “Isto é…”

            Weed foi influenciado pela visão de incontáveis personagens, usuários e NPCs (Nota João: Non-Player Characters – Personagens não-jogáveis) semelhantes, de modo que ele pensou que estava perdido no meio de Seul.

            “Onde eu estou? Inacreditável!”

            Surpreso, Weed não acreditava no que seus olhos viam em sua volta. O barulho das pessoas pechinchando e conversando soava em seus ouvidos. A visão que se revelou diante de seus olhos era exatamente a mesma do mundo real, com as pessoas ocupadas indo e vindo.

            Ele abaixou seus olhos para as suas pernas, que estavam firmes no chão. Seus sentidos lhe diziam que aquilo era absolutamente sólido. Estranhos passavam por ele enquanto ele ainda estava em choque.

            “Olhe para ele. Tenho certeza de que é um newbie”. (NT = Nota João: Expressão de jogos, quer dizer novato).

            “Até parece que ele nunca jogou um jogo de realidade virtual antes”.

            Enquanto passavam, alguns usuários lançaram comentários maldosos. Esses comentários o atingiram o suficiente para ele recobrar a sua compostura.

            ‘Eles estão certos. Isso é Royal Road. O mundo de realidade virtual e o meu novo trabalho’.

            Não importava o quanto Weed havia se preparado, o seu conhecimento sobre a realidade virtual e a sua pesquisa sobre o sistema do jogo, tudo ficou em segundo plano com a estranha experiência que ele estava passando agora.

            Ele estava perplexo, mas era apenas temporário e ele logo retomou a calma e começou a notar as diferenças com seus olhos.

            Seus sentidos eram consistentes com a realidade, no entanto as pessoas ao seu redor estavam vestidas com armaduras ou vestes de couro.

            Perto de onde ele estava, ele notou que havia um quadro de avisos exibindo mapas e as descrições do Reino de Rosenheim, além de orientações para o uso da interface básica.

            ‘É a hora que eu começo’.

            Weed apertou seu punho e, em seguida, começou a se exercitar. Ele agachou e levantou e então continuou com chutes altos, agachamentos, chutes e socos.

            Ele girou ao redor da cintura e com cuidado testou cada uma de suas juntas, uma após a outra. Ele contorceu os dedos dos pés e das mãos e balançou a cabeça para trás e para frente.

            Mesmo com um tsunami de comentários humilhantes vindos a partir de outros usuários, Weed estava determinado a superar isso.

            “Mas o que diabos ele está fazendo?”

            “Parece que ele está movendo o seu corpo. Imagino que ele ainda está desconfortável com o jogo em realidade virtual”.

            “Oh, é verdade. Mas qual é a ideia de fazer um show no meio de uma rua lotada?”

            O senso de humilhação contra o qual Weed tinha lutado tão duro para manter-se afastado, prevaleceu sobre a sua determinação. Mas que cena que ele estava fazendo na frente de estranhos!

            “Droga!”

            Weed saiu com pressa e se dirigiu para outro lugar.

            Como um recém-chegado em Royal Road, ele estava confinado à cidade de origem por uma semana do tempo real e quarto semanas dentro do jogo (razão de quatro para um), graças as diferenças entre um lugar e o outro.

            A grande maioria dos novatos ficava apenas no básico, como pegar missões simples ou aprender alguma habilidade de artesanato, como alfaiataria, ferraria ou culinária, as quais eram relativamente simples de conseguir.

            O jogo se orgulhava da sua flexibilidade e liberdade irrestritas, as quais eram quase ao ponto da completa desordem e anarquia e, atualmente enquanto todas as posições mais altas dos rankings ainda eram ocupadas por NPCs ao invés de usuários, era possível obter essas classes, o que reforçava a necessidade de contatos pessoais dentro Royal Road.

            Por outro lado, um considerável número de usuários trabalhava em bibliotecas ou lojas para fazer dinheiro.

            A Praça Central transbordava com aspirantes a mercadores que montavam seus quiosques para comprar e vender com outros usuários e muitos grupos em busca de aventuras estavam sendo formados a todo minuto naquele lugar.

            Após assisti-los casualmente, Weed não hesitou e dirigiu-se para o Centro de Treinamento.

            O Centro de Treinamento está aberto para qualquer usuário por quanto tempo ele desejasse e a maioria dos usuários visitava o centro para testar as suas habilidades recém adquiridas.

            Era quase impossível encontrar alguém como Weed, que seguiria direto para o Centro de Treinamento tão logo ele criasse um novo personagem.

            Não era apenas porque os novatos estavam mais interessados em descobrir como parecia o reino e a cidade, na qual eles haviam acabado de nascer, mas principalmente porque o treinamento no Centro de Treinamento era considerado algo ineficaz no fim.

            No momento em que o instrutor viu Weed passar pela entrada, seus olhos brilharam ferozmente e ele disse:

            “Jovem aventureiro, eu presumo que você tenha chegado no Continente de Versalhes muito recentemente”.

            “Sim senhor”

            Weed respondeu brevemente. Ele ainda estava bravo porque ele havia sido motivo de piadas logo no primeiro dia.

            “Você deve achar que o treinamento com espadas é absolutamente necessário quando vier a enfrentar os monstros. Você precisa da minha orientação? Eu lhe digo, escolha qualquer espantalho vazio e ataque-o do jeito que quiser. Uma espada de madeira foi colocada na frente do espantalho e ela é toda sua”.

            “Muito obrigado senhor. Isso é suficiente. Eu não preciso de mais conselhos”.

            “Boa sorte”.

            Weed agarrou a espada de madeira e caminhou até o espantalho que estava sozinho no canto mais remoto. Então, ele começou a bater nele, uma, duas, três vezes. Suas mãos estavam gradualmente se acostumando com o peso da espada de madeira e com a sensação de acertar o espantalho.

            Em Royal Road, um novo personagem tem o seu nível bloqueado pelas primeiras quatro semanas, onde ele é proibido de viajar para além dos portões da cidade e de caçar monstros nos campos.

            Era mais comum tentar cumprir o maior número de missões possível e, com isso, estabelecer pontos favoráveis de serviço público, ganhando dinheiro e fazendo a sua própria rede pessoal de contatos.

            No entanto, Weed silenciosamente continuou golpeando o espantalho com a espada de madeira.

            Há cerca de mil espantalhos no Centro de Treinamento da Cidadela de Serabourg e um suprimento ilimitado de espadas de madeira nas paredes, o que poderia vir a calhar. O Centro é normalmente frequentado por usuários que desejam testar as suas habilidades.

            Naquele momento, contudo, os olhos de todos estavam fixados em um lugar em particular.

            “Esse cara realmente tem nervos de aço”.

            “Ele é assustadoramente forte”.

            “Não acredito que nenhum homem são possa ir tão longe”.

            Weed estava empapado em suor. Sua camisa branca e as suas calças dadas a ele no começo tinham absorvido todo o suor e impregnaram em seu corpo. Ele ainda dava um golpe seguido do outro no espantalho sem ao menos um minuto de folga.

            *Ting*

Sua força subiu em 1 ponto (+1 FOR/STR)

            Depois de seis horas batendo no espantalho, Weed ouviu boas notícias. Ele sentiu como se os músculos em suas mãos, que estavam segurando a espada de madeira, tivessem se tornado mais fortes.

            Weed murmurou enquanto atingia o espantalho:

            “Abrir janela de estatísticas”.

Nome do Personagem:

Weed Alinhamento: Neutro

Nível:

1 Título:

Nenhum

Profissão: Nenhuma Fama:

0

Estatísticas:

Vida:

100 Mana: 100

Força:

11 Agilidade: 10

Vitalidade:

10 Sabedoria: 10
Inteligência: 10 Carisma:

5

Sorte: 5  

 

Ataque: 3 Defesa:

0

Resistência Mágica:

0

            O personagem de Weed era tão fraco que aquilo não era nada extraordinário.

            – Cinco horas depois –

            *Ting*

Vitalidade subiu em 1 ponto (+1 VIT)

Agilidade subiu em 1 ponto (+1 AGI)

            Os dois atributos subiram quase ao mesmo tempo.

            “Wow”.

            Weed finalmente colocou a espada de madeira de lado e fez um pequeno intervalo. Sem comer ou beber, ele estava batendo no espantalho por quase oito horas sem parar até agora.

            Ele estava fisicamente fatigado e pior, a sua garganta estava queimando de sede e o seu estômago estava completamente vazio.

            “Abrir inventário”.

            Dada a combinação de palavras, imagens semitransparentes de todos os pertences no inventário de Weed flutuaram em frente de seus olhos. Os únicos objetos dentro de seu inventário eram um cantil de água e dez pedaços de pão de centeio. Isso era tudo.

            Em Royal Road, você tinha que conquistar tudo àquilo que você precisasse por contra própria. Outros usuários faziam dinheiro cumprindo missões fáceis pelas quatro semanas, mas Weed não podia perder nem mesmo um minuto.

            Ele tirou um pedaço de pão de centeio e o cantil e deu uma abocanhada no pão. Conforme ele comia, isso acalmou a sua fome e o fator de satisfação subiu.

            “Suponho que eu tenha de fazer uma refeição a cada cinco horas. É melhor eu comer mais vezes se eu me exercitar mais intensamente, mas eu não preciso subir o fator de satisfação ao máximo. Tudo que preciso é apenas me manter afastado da morte”.

            Assim que ele terminou de comer rapidamente, ele pegou a espada de madeira em um aperto e ficou de frente ao espantalho.

            “Lá vai ele de novo”.

            “Ele é louco”.

            “Eu acho que ele tem um rancor contra o espantalho ou algo do tipo”.

            “Eu não acho que ele parará enquanto ele não quebrar o espantalho em pedaços”.

            Era uma ilusão que o espantalho parecia tremer naquele momento? A espada de madeira de Weed atingiu cada centímetro do espantalho. Os mesmos tipos de indagações surgiram entre os espectadores.

            “Mas por que diabos que esse cara está batendo no espantalho?”

            “Eu não acho que vai adiantar em nada. Se ele quer melhorar a taxa de aptidão de uma habilidade, é muito melhor ir lá fora para o campo e usa-la em um coelho do que em um espantalho aqui”.

            “Olha o que ele está fazendo. Ele não está usando nenhuma habilidade. Para mim, mais parece que ele está espancando o espantalho por impulso”.

            “Provavelmente ele está subindo os seus atributos”.

            Foi um comentário de um cavaleiro em uma armadura deslumbrante e que, imediatamente, atraiu a atenção de todos para a cena.

            “Você pode melhorar os seus atributos apenas batendo no espantalho?”, perguntou um ranger (NT = Nota barafael: são guerreiros que possuem ligações com forças da natureza, a quem são devotados e buscam proteger. Acostumados com o ambiente selvagem, sabem de coisas relativas a esse meio, o que geralmente os torna excelentes rastreadores e caçadores, bem como peritos em sobrevivência, fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ranger_(classe_de_personagem)) de pele escura.

            “Huh? Ah, sim, é isso aí”, o cavaleiro respondeu.

            “Então por que você não continuou batendo no espantalho ao invés de suar muito para subir o seu nível?”, perguntou o ranger novamente.

            O cavaleiro chamado Pluto era de um nível consideravelmente alto, então ele tinha aprendido valiosas informações por fontes confiáveis. Ele era a única pessoa que adivinhou corretamente o motivo das ações de Weed.

            Se um personagem consome a sua estamina, a vitalidade e a resistência irão se desenvolver como consequência e, se um mago lançar um grande número de feitiços, a sua sabedoria e inteligência subirão.

            Porém, tal incremento era mínimo se comparado com o bônus de atributos que eram concedidos por subir de nível.

            Metade de um dia batendo em um espantalho sem qualquer descanso poderia resultar em um ou dois pontos de atributo. Considerando que o número de pontos de atributo por subir de nível eram cinco, o que Weed estava fazendo parecia idiota.

            “Isso é realmente estúpido”.

            Uma feiticeira sacudiu a sua cabeça quando ouviu a explicação de Pluto. Porém, ele pensava o contrário.

            “Isso funciona”, disse Pluto.

            “Desculpe-me?”

            “Você pode ganhar apenas uma pequena quantidade de pontos de experiência se você matar um monstro mais fraco do que o seu nível atual. Você sabe disso, certo?”

            “É claro”.

            “Em outras palavras, quanto mais alto for o seu nível, mais difícil é para você ganhar um nível. Porém, se você melhorar os seus atributos passando por tal treinamento na fase inicial, você pode caçar monstros mais facilmente no futuro. Isso ganhará efeito ao longo do jogo”.

            “Se você sabe desse método, então eu deduzo que você passou pelo mesmo treino, não é? Não, todo mundo não faria o mesmo se soubessem disso?”

            “Na verdade, não. Mesmo se as pessoas soubessem, ninguém faria isso. Indo direto ao que interessa, será que há alguém que iria querer manter-se batendo em um espantalho por dez horas apenas para melhor sua força em 1 ponto?”

            “…..”

            “Há limites para o quão longe você pode aumentar os seus atributos ao lutar contra um espantalho, que é conhecido como o adversário mais fraco. No caso da força, eu estimo que ela é quarenta aproximadamente. Há alguém que quer se manter batendo no espantalho por pelo menos um mês para aumentar quarenta pontos em força? Eu provavelmente ficaria enjoado e cansado disso, e desistiria em dias”.

            A multidão observava Weed em uníssono.

            Você iria procurar por uma arma legal ao invés de bater em um espantalho incessantemente por um mês inteiro apenas para subir a sua força em quarenta pontos. Um item que elevasse a força por quarenta pontos é único, mas longe de ser raro.

            “Isto funciona apenas para iniciantes que não podem ir além dos muros. Outrora foi popular bater em um espantalho como este, mas foi rapidamente abandonado porque, quando você pondera contra o que você pode obter em longo prazo, é um caminho muito chato e trabalhoso”.

            Weed ouviu a discussão acalorada que aqueles ao seu redor estavam tendo. Ele gostaria de poder ter treinado em outro lugar, mas enquanto ele não fosse autorizado a deixar a Cidadela, ele não poderia evitar de atrair a atenção desfavorável no Centro de Treinamento.

            ‘O que faz você chamar isso de chato e trabalhoso?’

            Weed brandiu a espada de madeira com força total.

            Se você trabalhar duro, o seu personagem fica mais forte passo a passo. Quando o seu personagem evolui, ele pode derrotar monstros mais fortes e ganhar mais dinheiro. Para Weed, esta era a maior diversão de toda a sua vida.

            Weed estava inerentemente inclinado a uma rotina de trabalho físico. Todo esse tempo, o instrutor estava observando ele com os olhos muito gratificantes.

***

            Três semanas se passaram no tempo de jogo. Weed conectou-se diariamente em Royal Road, quase ao ponto de ser um vício para ele. Exceto para um mínimo de horas de sono, ele não pararia de jogar.

            Graças à sua excelente melhoria de condição física, que ele havia resolvido desenvolver antes de começar a jogar Royal Road, ela o permitia conseguir não mais do que quatro horas de sono por dia.

            Agora que ele olhava para trás dessas três últimas semanas, elas o fizeram ficar doente só de pensar pelo que ele passou.

            Uma vez que ele entrava no jogo, ele gastava cerca de dezoito horas em média batendo no espantalho monotonamente, o que tinha lhe desgastando mentalmente. Não era incomum uma janela de mensagem brotar em sua frente o encorajando, ou então ele já teria desistido.

            *Ting*

Força subiu em 1 ponto (+1 FOR/STR)

Agilidade subiu em 1 ponto (+1 AGI)

Novo Atributo: Fighting Spirit (NT = Nota João: Espírito de Luta):

Você pode invocar uma força sobre-humana temporariamente, ou fazer com que monstros fracos caiam de joelhos perante a força de vontade transmitida por seus olhos.

Você está proibido de distribuir quaisquer pontos bônus neste atributo e ele crescerá espontaneamente dependendo das ações do seu personagem, ou especialmente se você estiver enfrentando monstros por um longo período, ou se você enfrentar monstros mais fortes que o seu nível atual com certa frequência.

Novo Atributo: Perseverança

É provável que você use menos estamina a partir de uma ação.

Você está proibido de distribuir quaisquer pontos bônus neste atributo.

            Em royal Road, um novo atributo poderia ser criado além dos originais.

            Mensagens relacionadas às habilidades ocasionalmente apareciam também. A única habilidade que Weed tinha algum ponto era na Maestria com a Espada.

            *Ting*

Você subiu de nível na Maestria com Espada (Iniciante Nv: 3 | 0%):

Aumenta o poder de ataque com uma espada (+30% ATK).

Aumenta a velocidade de ataque com uma espada (+9% ATK SPD).

            Toda vez que brotava uma mensagem, Weed ficava secretamente maravilhado com o progresso que ele estava fazendo, mas o que lhe preocupava profundamente era o senso de frustação que ele tinha, de estar atrasado em suas metas.

            Pelas últimas três semanas, ele se devotou a espancar os espantalhos e a sua força havia subido em apenas 28 pontos, agilidade em 25 pontos e vitalidade em 22 pontos.

            “A não ser que eu acelere meu ritmo, eu acabarei gastando mais do precioso tempo nesses espantalhos mesmo depois da restrição de quatro semanas acabar. Eu devo terminar isso antes de sair da cidadela”.

            Os olhos de Weed brilharam com determinação.

            *Rumble* (NT = Nota barafael: ronco)

            Naquela hora, o estômago de Weed havia decidido que era a hora de comer. Fora o seu progresso lento com os seus atributos, ele era atormentado pelo fato de que estava ficando sem pão.

            Ele poderia correr para a fonte mais próxima e encher o cantil com água, mas o pão era diferente, ele tinha de usar dinheiro para isso.

            *Sniff* (NT = Nota barafael: farejando)

            *Sniff*

            Ele sentiu um cheiro apetitoso vindo de algum lugar.

            Weed, que estava brandindo a sua espada, parou e notou um vislumbre do instrutor, que estava tirando para fora a sua marmita para a pausa do almoço.

            “Hehe, honrado instrutor”.

            Weed disse, balançando a sua cauda invisível, conforme caminhava até o instrutor.

            “Hmmm, olha quem é, ninguém menos que o Weed-nim? (NT = Nota barafael: nim é o sufixo usado para se dirigir de maneira formal a alguém geralmente mais velho ou mais respeitado do que você) O que te traz aqui?”

            O instrutor disse amigavelmente.

            “Não seria um tanto solitário almoçar sozinho? Eu estou aqui para lhe fazer companhia”.

            Weed disse educadamente.

            *Growl* (NT = Nota barafael: ronco)

            Enquanto seu estômago roncava, Weed mentia na cara dura, mas ele não podia enganar o instrutor.

            “Vou entender isso como se você estivesse com fome. Sente-se comigo! Eu trouxe bastante comida, o suficiente para alimentar duas bocas”.

            “Muito obrigado, senhor!”

            “Já chega da sua modéstia! É uma honra para mim servir uma refeição para aquele que poderia vir a ser um grande aventureiro como você, Weed-nim. Eu garanto a você que a sua reputação um dia ressoará além das muralhas da Cidadela de Serabourg. Quando esse dia chegar, por favor lembre-se de mim!”

            “Sim senhor. Eu certamente irei”.

            Depois de adular levemente o instrutor, Weed saboreou o almoço com ele. Era um tipo de cena triste, mas ele estava grato que, com pouco esforço, ele pôde encher a sua barriga.

            Ele não estava se aproveitando de uma pessoa real, de qualquer forma. Que grande mal havia em levar um NPC com inteligência artificial na conversa fiada?

            Além dos atributos que Weed havia aumentado enquanto batia no espantalho pelas últimas três semanas, ele havia conseguido uma certa afinidade com o instrutor. Esse efeito suplementar era algo admirável.

            Enquanto Weed estava ocupado devorando a sua comida, o instrutor perguntou subitamente:

            “A propósito, Weed-nim, o que você pensa sobre o domínio da habilidade em esculpir?”

            ‘Habilidade em esculpir? Mas que diabos é habilidade em esculpir?’

            Weed mastigou um bocado de arroz cozido e engoliu antes de perguntar de volta:

            “O que você quer dizer com a habilidade em esculpir?”

            “Eu estou meramente curioso com a sua opinião. Eu me pergunto que tipo de ponto de vista você tem sobre a habilidade em esculpir”, o instrutor disse.

            Naquele momento, a velocidade de pensamento se passando no cérebro de Weed poderia ser ouvida e, apesar de ser um absurdo tentar converter em um valor numérico, ela foi multiplicada por cinco.

            Até então ele imaginava que o instrutor era apenas um cara simples e sem qualquer outra opinião. Ele sinceramente acreditava que a espada era invencível e, para ele, não haveria virtude maior do que se exercitar-se duramente no Centro de treinamento, o suficiente para se empapar em suor.

            ‘Agora ele está me perguntando o que eu penso sobre a habilidade em esculpir?’

            Assim que Weed retomou seus pensamentos ele franziu a testa.

            “Honrado instrutor! Eu não acredito que você mencionou isso. Eu sou um cara do mundo da espada. Por que você perguntou a minha opinião? Deus me perdoe, mas sobre a habilidade em esculpir? Eu estou desapontado. Esta é a minha resposta: nunca, jamais, nem ao menos uma vez tais pensamentos sobre uma habilidade tão baixa cruzou a minha nobre mente”.

            Apesar do tom ofensivo de Weed, o que poderia tê-lo deixado nervoso em outras situações, o instrutor inesperadamente bateu suas mãos em deleite.

            “Eu sabia que você diria isso!”

            “Está fora de questão. Coisas como a habilidade em esculpir não são nada além de erros de Deus, os quais não merecem nem mesmo um segundo da nossa atenção. Por que eu, alguém devotado à espada, iria sequer pensar sobre algo como isso?”

            “Você é o mais agradável, Weed-nim”.

            Weed percebeu que, embora fosse invisível, a sua amizade com o instrutor havia chego a um nível mais elevado naquele momento.

            Este é o jeito de fazer amizade com alguém. Você não precisa derramar sangue com eles. Você não precisa desperdiçar tempo e dinheiro com eles. Você apenas precisar juntar-se a eles para falar mal de algo ou de alguém na primeira chance que aparecer e, assim, você conseguirá a sua simpatia.

            Weed esperava que o instrutor fosse mudar o assunto da conversa, mas ele coçou atrás de sua cabeça, se manteve no tópico e disse:

            “É que existe um rumor sobre um homem desconhecido que dominou a arte de esculpir e uma vez esculpiu a luz do luar”.

            Weed disse alegremente.

            “Eu duvido disso senhor. Um rumor sempre aparece distorcido. Como pode alguém aprender a inútil habilidade de esculpir e entalhar a luz do luar? Talvez fosse apenas uma pedra com o formato da Lua?”

            “Você também acha isso? Mas foi-me dito pelo meu antecessor. Seu nome honrado é Mellium, que atualmente é um Cavaleiro Real…”

            Esculpir era visto como uma habilidade infrutífera, nada além de aparar um bloco de madeira para produzir um belo enfeite.

            Havia um rumor que se você subisse o nível de artesanato além de certo ponto, você seria capaz de fazer projéteis de metal para armas. Mas isso era sem qualquer dúvida uma das habilidades mais obsoletas e ninguém perdia seu tempo aprendendo.

            Seguindo, o instrutor disse:

            “Por causa disso Weed-nim, essa questão da habilidade em esculpir me intriga. Ela certamente está além de qualquer dúvida de que tal arte possa rivalizar com a nossa espada sob quaisquer circunstâncias, mas você poderia descobrir se esse rumor tem um grão de verdade? Eu estou lhe pedindo esse favor porque você é um homem confiável. Se você aceitar o meu pedido, eu ficaria feliz em ouvir isso”.

            Então, uma mensagem apareceu na frente dos olhos de Weed.

            *Ting*

Boatos de que um misterioso escultor visitou o palácio real:

Um boato de que um homem tinha dominado a arte escultural e esculpido o luar tem predominado entre a Corte Real do Reino de Rosenheim por um longo tempo. Investigue o boato para determinar se ele é verdadeiro ou não!

Dificuldade da Missão:

E

Requisitos:

Amizade estreita com o instrutor.

Missão reservada apenas para aqueles que não adquiriram o domínio escultural.

Ser reconhecido como alguém confiável pelo instrutor em razão da paixão constante pelo domínio da espada.

            Weed mal conteve seu sussurro de triunfo. Seus instintos lhe diziam que essa missão era a mais rara entre as raras.

            Isso porque a missão tinha muitas condições muito complicadas para começar. Uma amizade próxima com o instrutor, quem iria imaginar algo assim?

            A maioria dos usuários nem ao menos sabiam a localização do Centro de Treinamento, quanto mais o visitavam quando adquiriam uma nova habilidade. Eles não precisavam se deslocar todo o caminho apenas para praticar em alguns espantalhos. Além disso, era uma ocasião muito rara que houvesse alguém disposto a ficar preso ali batendo nos espantalhos seguidamente para subir seus atributos da maneira mais rude como Weed havia feito.

            Se você buscar o suficiente, poderia encontrar alguns poucos usuários como estes, mas no caso de Weed, ele gastou quase todas as últimas três semanas batendo no espantalho. Quem mais poderia aguentar isso por tal extensão?

            Falando de uma amizade próxima com o instrutor, era quase impossível de conseguir a não ser alguém como Weed que se aproximou dele tentando filar uma parte do seu almoço.

            Mesmo cumprindo todos esses requisitos você ainda tinha que começar a sua nova aventura na Cidadela de Serabourg no Reino de Rosenheim contra todas as possibilidades, sem mencionar que você precisaria encontrar o momento certo para caluniar a habilidade em esculpir junto com o instrutor.

            ‘Isso foi ótimo. Eu estava quase ao ponto de ir à falência e morrer de fome. Com a dificuldade de nível ‘E’, essa missão parece ser fácil de concluir’.

            Weed acenou para o instrutor.

            “Eu estou honrado em aceita-la. Mesmo que eu não acredite em nada dessa baboseira, eu descobrirei o que é o esculpir a luz do luar”.

            *Ting*

Você aceitou a missão!

            “Muito obrigado por isso Weed-nim. Vou lhe confiar esta tarefa. Pegue este dinheiro como um adiantamento”.

            O instrutor disse lhe passando duas moedas de prata.

            “Vou lhe dar o meu conselho: visite a loja de esculturas primeiro e recolha informações a partir daí”.

            Um pedaço de pão, mesmo sendo completamente sem sabor, era o suficiente para encher o estômago e custava três moedas cobres. Como uma moeda de prata era igual a cem moedas de cobre, era garantido dizer que Weed havia recebido o equivalente a sessenta e seis pedaços de pão como adiantamento, mais um trocado.

            Ele estava certo que uma vez que ele terminasse a missão, ele poderia esperar ainda mais recompensas do instrutor.

            “Ótimo! Eu não irei mais me preocupar em ficar sem pão por enquanto”.

            Muitos anos de experiência em primeira mão em relação à fome habitual o convenceu a evitar a desnutrição a todo o custo.

________________________________________________________________

Tradutor: João

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://royalroadweed.blogspot.com.br/2014/11/volume-1-chapter-2.html

________________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

2 comentários sobre “LMS – Volume 1, Capítulo 2: A Besta Selvagem Aparece

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s