LMS – Volume 17, Capítulo 2: O Ferreiro das Espadas Mágicas

Segue mais um capítulo abaixo.

Qualquer erro de digitação/português/tradução avisem nos comentários para que eu possa corrigir.

Como sempre recomendo a leitura em .pdf, que está mais organizada.

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 17 – Capítulo 2 – O Ferreiro das Espadas Mágicas (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 17 – Capítulo 2 – O Ferreiro das Espadas Mágicas (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v17c02

Volume 17

CAPÍTULO 2 – O Ferreiro das Espadas Mágicas

            Kurueso, a cidade dos anões artesãos, tinha se tornado famosa por causa de Weed e estava sendo visitada por muitos jogadores. Eles ficaram impressionados quando viram as esculturas de água restauradas de Kendellev e vagaram ao redor olhando para as armas e armaduras legais.

            “Hah, eu poderia comprar isso se eu tivesse um pouco mais de dinheiro… Senhor Anão, você não poderia abaixar o preço um pouco?”

            “Nem mesmo uma moeda de cobre”.

            Jogadores pechinchando e anões poderiam ser facilmente encontrados. Os bens vendidos pelos anões em Kurueso eram extremamente caros, mesmo os acessórios. As pessoas não podiam facilmente decidir comprá-los. Para os comerciantes, os acessórios eram bens de comércio mais valiosos do que joias ou ouro. Eles poderiam ser vendidos em qualquer aldeia e eram convenientes, visto que poderiam receber um preço elevado ao se tratar bem os moradores.

            Havia anões que gostaram do fato de Kurueso ter se tornado uma aldeia movimentada, mas alguns anões não deixavam a oficina de forja e estavam absortos em suas criações.

            “Hmmm”.

            Fabio afiou completamente a espada em uma pedra de amolar.

            *Raasp raasp* (NT = Nota barafael: som de algo raspando)

A espada foi melhorada para uma lâmina afiada.

A habilidade de afiar espadas foi ativada!

Dano aumentou em 41%.

            A habilidade de afiar espada!

            Ela não era uma habilidade que apenas Weed podia usar, mas sim uma técnica que poderia ser compreendida por qualquer ferreiro intermediário. É claro, uma vez que Fabio nunca tinha aprendido a habilidade de alfaiataria, ele não conhecia técnicas utilizadas em armaduras tais como as de passar roupa e de lavagem a mão.

            “Ela se tornou agudamente afiada”.

            Fabio virou a espada para frente e para trás, tentando encontrar falhas. A lâmina estava lisa o suficiente para refletir perfeitamente o rosto do anão barbudo!

            O jogador mais famoso no Continente de Versalhes entre os ferreiros era Fabio. A especialidade dele era entender como funcionava a produção de armaduras e escudos, mas ele estava ocultando o fato de que atualmente ele fazia espadas.

            Sempre que uma de suas espadas ocasionalmente eram forjadas para o mundo, elas criavam uma comoção. Elas chagavam ao ponto onde as pessoas se envolviam em buscas para encontrar o ferreiro que havia feito a espada.

            Armamento de um nível totalmente diferente dos trabalhos dos ferreiros comuns!

            Era normal adquirir armas através das caçadas assim que você alcançava um certo nível elevado, mas as espadas feitas com a devoção de Fabio eram suficientes para incitar guerras entre incontáveis jogadores. Ter uma excelente lâmina mudava a velocidade da caçada. A obsessão por armas e armaduras em Royal Road era assustadora.

            Fabio fazia espadas e ocasionalmente liberava elas no mundo por diversão, mas ele escondia completamente o fato de que elas eram sua criação. Ele se movia tão secretamente que poderia ser confundido com um ferreiro aposentado.

            “A habilidade de afiar espadas é realmente muito boa”.

            Fabio abaixou a espada, satisfeito.

            Era apenas temporário, mas a habilidade aumentava o dano. Com a habilidade em ferraria no nível avançado 8 e a habilidade de afiar espadas no nível avançado 6, ele poderia até mesmo aumentar o dano a um máximo de 85%. Entretanto, os efeitos colaterais eram graves.

            “Se a lâmina for afiada excessivamente, a durabilidade cai rapidamente e se torna facilmente ruim”.

            Usada de forma conservadora, não havia problema com um aumento de mais ou menos 40% sobre o dano.

            “Uma espada pronta é verdadeiramente bonita”.

            Anteriormente um homem assalariado comum na vida real, tão logo que Royal Road apareceu, ele foi imediatamente cativado. Havia muitas profissões, mas a única que ele havia escolhido foi a de ferreiro.

            Poder-se-ia dizer que, bem no início, Royal Road era um caos. A maioria dos jogadores não sabia nem mesmo como lutar apropriadamente contra coelhos. A aparência de um único orc faria todos fugirem todo o caminho até os portões da aldeia e casos onde um grande número de jogadores morria todos juntos não era incomum.

            Esse foi o tempo onde uma espada longa comum trazia enorme inveja e ciúmes.

            Fabio decidiu se tornar um ferreiro.

            “Essa foi uma boa escolha”.

            Fabio não poderia saltar para dentro de um conflito em uma batalha, mas ele não se arrependeu de sua escolha. Ele aperfeiçoou a sua habilidade em ferraria através da concentração depois de fazer uma decisão mais rápida do que os outros.

            Depois de se tornar o ferreiro mais talentoso na Aldeia dos Anões, não havia fim para as suas oportunidades de trabalho. Enquanto seu nome se espalhava pela cidade, clientes de longe o procuravam para confiar trabalhos a ele.

            Havia sempre mais demanda do que suprimentos no campo da ferraria. Para o melhor dos ferreiros, não havia nada mais a ser dito. Fabio acumulou dinheiro enquanto se apropriava de enormes taxas de serviços, as quais ele reinvestia na aquisição de minérios para fazer armaduras.

            Uma profissão que manuseava e martelava ferro em brasa na frente de uma fornalha ardente! Embora fosse um trabalho solitário, ele aguentou e continuou a forjar.

            Com os melhores materiais como base, ele fez contratos com jogadores de grupos superiores e forneceu armaduras a eles. Como ele fez aparições na televisão, seus apoiadores aumentaram enormemente. Ele era como um ídolo para os ferreiros iniciantes.

            Isso não era de conhecimento público, mas Fabio era o verdadeiro líder de uma guilda chamada “Iron Hand” (NT = Nota barafael: Mão de Ferro). Ele gerenciava a sua guilda enquanto fazia os equipamentos para eles. Com mais amigos do que inimigos, ele até mesmo exercia influência tangível e intangível. Entre os jogadores da raça anã, não havia muitos que poderiam recusar uma única palavra dele.

            “Ainda assim, o valor de um ferreiro está em fazer boas armas”.

            CLANG! (NT = Nota barafael: som estridente)

            Fabio subitamente jogou de lado a espada que ele tinha acabado de criar. Espadas estavam empilhadas como montanhas ao redor dele.

            “Desta vez, novamente, a espada ficou abaixo das minhas expectativas. A espada final que pode cortar através de qualquer coisa, não importa o que seja. Eu devo fazer uma espada condizente de ser chamada de a melhor no Continente de Versalhes”.

            O conjunto de habilidades secretas de um ferreiro!

            Enquanto trilhava o caminho de um ferreiro, Fabio tinha aprendido técnicas únicas.

Habilidade de Fundir Minerais – Nível Avançado 3 (25%):

Uma técnica onde os minérios feitos de vários materiais podem ser completamente refinados sem impurezas para a utilização.

Pode ser chamada de a técnica que forma a base de um ferreiro.

O ferreiro deve compreender a vontade do fogo, do ar, e do metal.

            Entre as habilidades secretas de um ferreiro, a de fundir minerais foi a primeira que ele adquiriu. Ela era uma técnica que Fabio havia aprendido quando ele mudou a sua profissão para Ferreiro IronBlood (NT = Nota Antonio: Sangue de Ferro).

            “Aahh, isso me faz tremer mesmo agora ao pensar sobre aquele processo de mudança de profissão”.

            A fim de mudar de profissão como um ferreiro, ele teve que sofrer até a morte na forja. Embora ele pudesse ter ido até a Guilda dos Ferreiro como os outros jogadores e fazer algumas armas ou armaduras para mudar de profissão, ele não o fez.

            Querendo ver isso com seus próprios olhos e martelar com as suas próprias mãos antes de mudar de profissão, ele gastou mais do que um mês de seu precioso tempo fazendo tarefas na forja durante os estágios iniciais de Royal Road.

            A missão de troca de profissão dele veio através de um processo terrível.

            “Eu nunca serei capaz de esquecer das alegrias, tristezas e lagrimas da missão de ferreiro, pelo resto de minha vida”.

            A fim de mudar a sua profissão, ele teve que correr ativamente entre as inúmeras aldeias com as suas curtas e grossas pernas de anão para completar os pedidos com sucesso. Em seguida, ele teve que ser formalmente empregado pela forja para finalmente receber as missões.

            Um ferreiro poderia cumprir as missões não apenas na guilda, mas também na forja. Ele tentou fazer não apenas um tipo, mas muitos tipos diferentes de equipamentos. Ele acumulou fama enquanto completava as missões conforme elas vinham e também fez dinheiro. Através de tais missões, ele adquiriu a habilidade Equipment Enhancement (NT = Nota Antonio: Aprimoramento de Equipamento).

Habilidade de Aprimoramento de Equipamento – Nível Avançado 1 (16%):

O potencial de um equipamento pode ser trazido pelas mãos de um ferreiro.

Através de incontáveis falhas, o equipamento pode ser modificado.

            A habilidade que fez Fabio famoso!

            Ele aprendeu essa habilidade na mesma época em que ele alcançou o nível intermediário em ferraria.

            Havia um ditado: “Nunca mostre as suas cartas”. Se alguém fosse divulgar de forma imprudente as suas habilidades completas no Continente de Versalhes, onde havia guerras infindáveis pela supremacia, eles poderiam facilmente ser arrastados para uma disputa ou perder as suas vidas.

            Fabio escondeu intencionalmente o fato de que ele também poderia fortalecer espadas e não apenas as armaduras com a habilidade ‘Aprimoramento de Equipamento’. Se ele também tivesse fortalecido espadas, ele poderia ter feito mais dinheiro com os seus pedidos naquela época. Ele teria feito mais dinheiro em um dia com a habilidade ‘Aprimoramento de Equipamento’ em espadas do que em um mês com a mesma habilidade para aprimorar apenas armaduras. Mesmo considerando o fato de que, exceto pelos comerciantes, os ferreiros eram a profissão mais lucrativa, esse seria um lucro enorme.

            Apesar disso, se fosse conhecido que ferreiros tinham habilidades nessa extensão, mais pessoas escolheriam ser ferreiros.

            “Meus concorrentes aumentariam e eles nunca me deixariam em paz”.

            Fabio só fortalecia armaduras até um nível especifico. Afinal, o que ele queria não era dinheiro, mas alcançar o pico de suas habilidades como ferreiro e fazer as melhores armas e armaduras.

            Depois de fazer dinheiro com a habilidade ‘Aprimoramento de Equipamento’, ele foi capaz de usar minerais sem limites. Ele foi tão longe quanto comprar minérios de mithril, ferro e prata do Reino de Thor em grandes quantidades.

            A sua habilidade em ferraria alcançou ao nível avançado e uma habilidade secreta foi adquirida através de missões e de suas conexões!

Habilidade de Produção de Ego Sword – Nível Iniciante 8 (49%):

Pode infundir uma alma dentro de um equipamento. No entanto, isso requer uma grande quantidade de mana e uma alma especial.

Os resultados melhoram se a produção for feita em um cemitério.

            Ego Swords (NT = Nota barafael: a espada com ego, isto é, com personalidade própria. Ela é autoconsciente, assim como a espada que Weed conseguiu do Reino de Kallamore).

            Fabio experimentalmente tentou transmitir almas para as espadas que ele tinha.

            Ding!

Toda a Mana que você possui foi utilizada.

Um ego foi concedido à espada.

As propriedades da espada mudaram.

Redução de 17% no dano.

65% de redução na durabilidade.

Ela agora tem propriedades mágicas.

Dependendo do nível da habilidade ‘Produção de Ego Sword’ e da proeza mágica do ferreiro, a redução do dano e da durabilidade diminuirão e mais propriedades mágicas serão concedidas.

Training Sword (NT = Nota barafael: Espada de Treinamento)

Uma espada longa. Ela é bem equilibrada e foi feita a partir de ferro temperado de alta qualidade.

Como uma espada manufaturada, ela possui características que apenas podem ser vistas em uma arma criada por um ferreiro com habilidades em nível avançado.

Um trabalho feito pelo ferreiro Fabio.

Ego Sword.

Uma alma de goblin está selada dentro dela. A alma está em um estado não consciente.

Durabilidade:

25/25

Dano:

31~46

Restrições:

Nível 180.

Restrita às profissões de espadachins, cavaleiros e guerreiros.

Opções:

Atributos do Relâmpago.

Dano +2.

Sorte +15.

            Ele tinha grandes expectativas, visto que era uma ego sword. Ele esperava que algo surpreendente e impressionante fosse obtido como resultado.

            “Ela é uma grande falha”.

            Fabio fez uma careta.

            Uma ego sword possuía a sua própria autoconsciência e era uma arma que se desenvolvia constantemente através da caça. Por exemplo, uma espada com 40 de dano poderia aumentar o dano para 70 ou 80 através da caça. Ela poderia também desencadear certa defesa mágica por sua própria iniciativa.

            Uma habilidade que excedia as limitações de uma arma!

            Entretanto, havia contrapartidas graves. Comparadas com uma espada produzida normalmente, o dano e a durabilidade eram muito reduzidos.

            “A propriedade mágica não é muita coisa também”.

            Como um ferreiro puro, Fabio investiu a maior parte de seus atributos em força, agilidade, estamina e concentração, visto que era importante ser capaz de martelar com força e precisão.

            Talvez em razão de sua sabedoria e inteligência serem baixas, ele tinha uma quantidade insignificante de mana, bem como ele sequer aprendeu qualquer magia. Possivelmente por isso, a ego sword apenas poderia desencadear uma magia básica.

            Ademais, o mais importante: o ego não podia falar ou lembrar das batalhas anteriores. Isso ocorreu porque a sua habilidade ‘Produção de Ego Sword’ estava em um nível baixo e ele não tinha talento mágico.

            “Ainda assim, nunca se sabe…”

            Como um experimento, Fabio fez a sua filha vender a ego sword criada em segredo, de modo que ele pudesse manter o controle sobre o crescimento dela. No entanto, a espada conheceu o destino de ser jogada fora depois de ter sido usada até certa medida por iniciantes ou jogadores intermediários. Mesmo se ela fosse uma ego sword, olhando o seu exterior ela apenas parecia ser um item mágico com uma ou duas opções defensivas anexadas.

            Contudo, uma pessoa pensou que algo era estranho e postou no fórum:

“Algo incrível aconteceu.

Esta arma, que eu peguei na estrada, tem o poder do raio.

Ela tem um dano máximo de 31 a 46

É um item com danos de raio +2, mas quando eu a identifiquei e reparei após caçar por uma semana, os danos mínimos e máximos tinham aumentado em 1 ponto, bem como os danos de raio aumentaram em 3 pontos.

Agora estou pensando em mudar para outra espada, mas… o que vocês acham?”

            As respostas para a postagem desta pessoa logo vieram:

“Em poucas palavras… é um caso de perda de memória”.

“Não beba muito álcool”.

“Essa espada, você pode mostrar ela para mim uma vez? Eu não estou pedindo para me dar ela, eu com certeza a devolverei”.

“Eu sou um iniciante sem uma espada, por favor me venda ela por 300 moedas de ouro”.

            “Será difícil para a habilidade ‘Produção de Ego Sword’ mostrar qualquer resultado satisfatório se ela não estiver no nível intermediário ou avançado”.

          Embora os anões fossem uma raça que naturalmente se destacavam em técnicas de ferraria, ele achava que a habilidade não combinava com ele em razão da sua capacidade mágica ser precária. Um ferreiro elfo ou humano teriam sido capazes de fazer uma ego sword ligeiramente melhor.

            Era realmente uma pena, mas Fabio estava desistindo da habilidade ‘Produção de Ego Sword’.

Habilidade Produção de Espada Mágica – Nível Iniciante 1 (3%):

Você pode criar uma espada mágica.

A espada mágica concluída pode mostrar uma habilidade especial dependendo das características do material.

Só pode ser usada se a espada for gravada com magia.

            A habilidade pela qual Fabio tinha mais expectativas no momento!

            “Eu farei uma espada gravada com a melhor magia”.

            Isso não era impossível. Materiais com poder mágico podiam ser adquiridos em pequenas quantidades a partir de locais profundos dentro de masmorras ou ao caçar monstros de nível elevado. Ele estava se esforçando para fazer a espada mágica definitiva com esses materiais.

            “Uma verdadeira espada mágica é feita por um ferreiro, não por um mago”.

            Um mago podia aplicar toda a sua mana em uma espada para prover magia que poderia ser usada algumas vezes. Entretanto, um ferreiro criava uma espada gravada com tal magia.

            Essa era uma habilidade secreta que Fabio tinha adquirido depois de completar um pedido que ele havia descoberto depois de terminar um número espantoso de missões relacionadas à ferraria.

Ferreiro das Espadas Mágicas.

A arte secreta de um anão ferreiro que odeia Akryong Kaybern, o Dragão Perverso.

Espadas normais não podem ferir a pele do Akryong Kaybern e é temerário lutar contra um dragão com magia.

O anão ferreiro acreditava que a única maneira de caçar Akryong Kaybern era explodi-lo com magia após perfura-lo com uma espada.

A fim de adquirir o método de produção de uma espada mágica, o anão ferreiro deve explorar a masmorra desaparecida.

Dificuldade:

Missão relacionada a profissão de ferraria.
Restrição da Missão:

Restrita à anões ferreiros.

            Essa era uma missão relacionada à profissão que ele completou secretamente ao liderar a sua guilda.

            Uma espada mágica tinha um dano maior do que uma espada regular e também se desenvolvia ao saciar a sua sede de sangue toda vez que ela o absorvia. Já que as ego swords tinham menos utilidade, essa habilidade poderia realmente ser um método melhor para criar uma espada para ser usada como arma. (NT = Nota barafael: Talvez o Fabio mude de ideia em relação as ego swords quando a ego sword do Weed “acordar” e mostrar todo o seu potencial; ainda mais se o Weed conseguir essa habilidade, pois como escultor ele tem muita mana)

            *CLANG, CLANG, CLANG!*

            Fabio silenciosamente martelou o aço.

            “Uma arma absoluta e uma armadura quase perfeita. Apenas com tais trabalhos um ferreiro será capaz de estar no centro do Continente de Versalhes”.

            Uma vez que os outros ferreiros do Continente de Versalhes estavam trabalhando duro, mesmo nesse exato momento, ele não podia descansar.

            No extenso Continente de Versalhes, Fabio era uma grande figura que restringia e escondia o seu verdadeiro eu.

***

            A Guilda Crimson Mercenary (NT = Nota barafael: Mercenários Carmesins; é a guilda que colocou recompensas pelas cabeça dos Geomchis quando eles voltaram de Todeum, vide volume 13, capítulo 4).

            Uma guilda que exibia a sua força no Continente de Versalhes. Apenas mercenários acima do nível 280 eram permitidos entrar. Eles operavam uma ramificação da guilda mercenária em cada reino e a totalidade da área da bacia à margem do Lago Nemere estava sob seu controle. Eles eram os governantes de uma vasta região, possuindo 5 castelos e 28 aldeias.

            A Guilda Crimson Mercenary estava reunida no Castelo Haryun, o castelo mais perto do Lago Nemere.

            “É o Deus da Guerra Weed”.

            “Mestre da Guilda, nós devemos subjugar ele?”

            O chefe da Guilda Crimson Mercenary, Maren, assentiu.

            “Há muitas razões para subjugar Weed”.

            A glória de lutar contra o Deus da Guerra Weed e vencer!

            Para a Guilda Crimson Mercenary, que procurava o domínio sobre todo o Continente de Versalhes, isso era algo a desejar.

            No entanto, houve alguns mercenários que se opuseram a ele, enquanto balançavam as suas cabeças em negação.

            “Desde o Continent of Magic, ele é uma figura como um ídolo para os mercenários. É demais para nós, os representantes dos mercenários, subjugá-lo”.

            “É preciso que haja um pretexto. Se nós atacarmos ele sem nenhum motivo, como é que isso é diferente dos ladrões que roubam os outros?”

            “Quão importante é uma justificativa? Pense sobre a fama! Esta é uma chance de ganhar a fama de ter vencido uma luta contra o Deus da Guerra Weed”.

            “Só o tempo dirá se isso se tornará uma honra ou uma desonra”.

            Os mercenários classificados no top 20 estavam discutindo, sem mudar uma polegada de suas opiniões.

            Maren, o chefe da Guilda dos Mercenários, tinha avidamente considerado subjugar Weed em primeiro lugar. Porém, depois de ouvir os pontos de vista opostos, ele estava um pouco hesitante.

            Não havia glória em fazer isso. O título de ter sido o jogador que havia matado o Deus da Guerra Weed era muito carismático. Por outro lado, eles ganhariam a hostilidade dos jogadores que reverenciavam Weed.

            Até mesmo os ex-jogadores do Continent of Magic não odiavam Weed. A fama dele em Royal Road estava alcançando o auge entre os jogadores comuns. À medida que sua fama se espalhava, Weed tinha ascendido ao patamar de Bardray, aquele cuja Guilda Hermes era oficialmente a mais forte.

            Não havia como saber se subjugando Weed, que teve sucesso em missões impossíveis e se tornou um ídolo para os jogadores, seria rentável para a guilda ou não.

            Naphgel, um dos melhores mercenários, disse:

            “Como no mundo você pode dizer que levar toda a nossa guilda e pisar em Weed é uma chance de ganhar fama? Há alguém entre nós que é confiante o suficiente para ganhar em uma luta de um contra um enfrentando Weed?”

            “…..” (NT = Nota Antonio: Quem quer pôr o seu na reta…; Nota barafael: Já disse, 99% dos jogadores de Royal Road não aguentam 10 segundos de trocação com Weed e os 1% que aguentam cansariam de tentar matar ele, pois ele é pior que uma barata para morrer)

            Nesse momento, todos que ali estavam reunidos caíram em silêncio. Mesmo Maren não poderia dizer nada em resposta.

            Weed nunca tinha tornado público o seu nível ou habilidades antes.

            “Será difícil se nós assumirmos que ele é um escultor normal. Quem pode lutar como Weed lutou na batalha histórica de Palrangka?”

            “…..”

            Não importa como você olhasse para isso, a habilidade dele para manejar a sua espada em batalha, com apenas uma chance escassa de sucesso, era devido a sua força mental. Jogadores comuns reverenciavam Weed por causa da coragem dele em derrubar tudo e aceitar qualquer desafio.

            “Apenas considerando a sua capacidade de luta, não há muitas pessoas aqui que estão confiantes que podem vencer contra ele e a sua verdadeira profissão pode não ser a de um escultor”.

            “Naphgel, você quer dizer…?”

            “Nós não podemos abaixar a guarda só porque ele é um escultor. Com a utilização por parte dele de magia necromante, bem como as proezas de combate corpo a corpo que ele mostrou, não há como realmente dizer qual é a sua profissão”.

            Maren também era um ranker dentre os top 50 em Royal Road, mas ele não conhecia todas as habilidades de seus oponentes. Considerando a habilidade de luta que Weed tinha mostrado quando lutou contra o Bone Dragon e nas missões que ele havia concluído, ela era, honestamente, assustadora.

            ‘Nós lutamos como uma guilda. Mas honestamente… eu não tenho confiança em ser capaz de fazer uma missão sozinho como aquela. E, além do nível, o sentido de combate dele é pelo menos várias vezes maior que o meu’.

            Não havia muita informação conhecida sobre Weed.

            Ser derrotado em uma luta de um contra um com muitas variáveis seria muito prejudicial. Se um ranker do nível de Maren morresse, seria extremamente difícil recuperar o nível e a proficiência perdidos. Ele poderia até mesmo ser abatido a partir de uma competição apertada entre os rankers.

            Além disso, uma luta com Weed definitivamente seria colocada em uma transmissão e os vídeos seriam postados também. Se ele fosse derrotado em uma luta como essa, ele teria que suportar o fato de que ele também poderia perder a sua fama.

            A imagem estava sendo desenhada na cabeça de Maren!

            ‘Ele vai despedaçar os membros da nossa guilda como papel de seda. Há ainda o Dragão de Gelo, Fênix, Wyvern… e se ele usar aquela notável e rara magia necromante também, seria um grande pé na bunda’.

            O poder da magia necromante era reconhecido publicamente. Havia queixas ferozes a partir das pessoas que atualmente tentaram criar uma classe necromante sobre como a estamina da classe era baixa e que eles eram difíceis de jogar, mas por causa da terrível visão que Weed havia mostrado na transmissão, ela era uma profissão que muitas pessoas aspiravam ser.

            ‘Uma magia necromante… a habilidade de luta dele é verdadeiramente digna de ser chamada daquela de um Deus da Guerra’.

            Weed, rindo brutalmente e cortando a garganta de Maren aos olhos do público…

            “Ahem”. (NT = Nota barafael: limpada de garganta)

            Maren não poderia agir descuidadamente.

            “Eu não tenho nenhuma intenção de perder, mas é uma questão complicada, visto que nós também não podemos ignorar o ‘e se….’”.

            “E se nós enviarmos uma expedição todo o caminho até o Norte, nós poderíamos estar dando para as outras guildas, que estão esperando para nos atacar, uma boa oportunidade”.

            Ser tão poderoso como a Guilda Crimson Mercenary significava que eles tinham muitos inimigos. Eles estavam em uma posição onde eles não poderiam enviar a sua força principal por tempo indeterminado.

            “Você está dizendo que nossa guilda poderia ser atacada enquanto nós estivermos tentando capturar Weed?”

            “É definitivamente possível. Nosso território inevitavelmente se tornará vulnerável enquanto a nossa força de ataque estiver indo todo o caminho para o Norte. Do ponto de vista das outras guildas, você não acha que é mais razoável tomar como alvo nosso vasto e rentável território, do que a fama de capturar Weed?”

            Eles tinham muitas Guildas Mercenárias concorrentes e não havia nenhuma lei que os impedisse de juntar forças para atacar.

            Essa era uma questão com todos os tipos de problemas para a Guilda Crimson Mercenary.

***

            Weed foi deixado com apenas algumas coisas depois de ter vendido toda a pilhagem. Ele planejava encontrar os donos para a Lança Longa de Sophia, o Grande Cristal de Safira, o Sinete de Jorudia (NT = Nota barafael: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sinete – é um tipo de selo utilizado a séculos atrás), os diamantes e para a Arma Mágica de Isuren em outro lugar.

           “Será bom vender o Grande Cristal de Safira aos nobres depois de esculpi-lo e transformá-lo em um grande adorno… não seria ruim usar a Moonlight Sculpting (NT = Nota barafael: Esculpir o Luar) também. Eu terei que vender os outros itens através de sites de leilão ou através da União dos Dark Gamers”.

           Uma cômoda e uma mesa de jantar feitas com um grande cristal! Elas seriam difíceis de vender no Norte, mas elas eram bens de luxo que ele poderia vender a preços extremamente elevados em um reino do Continente Central.

            Depois de vender diversos itens, Weed caminhou ao longo das ruas de Morata com Yellowy.

            Os moradores o reconheceram e o cumprimentaram pela primeira vez.

            “Bem-vindo, meu Lorde”.

            “Meu Lorde, eles estão dizendo que você completou com sucesso um pedido impressionante mais uma vez… Por favor, tenha certeza de nos contar a história mais tarde. Meu filho diz que ele quer ser como você quando ele crescer”.

            “Conde de Morata, eu sou um comerciante do Reino Rintle. É uma honra conhecer tal homem famoso”.

            Devido à enorme fama que ele tinha acumulado no Rio das Lamentações, mesmo os NPCs do Continente Central conversavam com ele calorosamente.

            “As maçãs amadureceram muito bem em nosso jardim da frente. Nós guardamos as maçãs mais deliciosas para você, meu Lorde, então por favor certifique-se de experimentá-las”.

            Uma mulher lhe entregou maçãs em um cesto! Ela era uma cesta de frutas que ela havia extraído para vender no mercado, mas quando ela viu o Lorde, ela lhe deu a cesta no local.

            Weed recebeu a cesta de frutas e deu uma grande mordida em uma na maçã vermelha madura.

            “Yellowy, coma uma também”.

            Ele jogou uma maça bichada para Yellowy. O touro estendeu a sua língua para lambe-la e, em seguida, abriu a sua boca amplamente e a triturou.

            Weed solenemente passou a lhe dar uma lição:

            “Yellowy, da forma como as pessoas são, elas ajudam uns aos outros quando os tempos estão difíceis. Você não acha que coisas como estas são tudo por causa das nossas atitudes diárias?”

            Yellowy não acreditou completamente nele, mas ele apenas concordou. Ele estava ocupado comendo as maças do cesto.

            Morata tinha se tornado muito diferente desde a última vez que ele havia estado na cidade. Figuras místicas foram esculpidas sobre a ponte resistente na junção com o castelo do Lorde. Escultores, artistas e pintores tinham vindo para Morata e estavam enriquecendo a cidade.

            “Nós estamos construindo um distrito comercial!”

            “Eu sou um pintor, por favor me leve com você”.

            “Um escultor está participando, deixe o teto para mim!”

            Quando uma missão de construção aparecia, todos os artistas se juntavam para construir um belo edifício.

            Com as águas cristalinas dos rios e lagos, as atrações de Morata continuavam a aumentar.

            Havia até mesmo um adorno considerável pendurado na torre de Morata, visível a partir da praça.

            Era o enfeite de cabelo da Ankia, pertencente ao aventureiro Spenson!

Enfeite de Cabelo da Dama Ankia, da Cidade dos Ornamentos.

Um ornamento de ouro com excepcional valor arqueológico.

Durabilidade:

80/80.

Opções:

A velocidade de desenvolvimento comercial de toda a aldeia aumenta em 2%.

Experiência relacionada à aventura aumenta em 1.5%.

            Spenson era um aventureiro muito distinto em Royal Road. O enfeite de cabelo que havia sido escavado depois que ele veio para o Norte foi exibido em Morata.

            Os aventureiros podiam arranjar ou divulgar um tipo especial de item que havia sido escavado em uma cidade. Eles, algumas vezes, vendiam tais itens a preços muito elevados, mas o aventureiro recebia um aumento maciço na fama se ele doasse o item para uma cidade. Havia também o efeito da sua intimidade com as pessoas da cidade aumentar instantaneamente e eles também poderiam comprar produtos muito mais baratos do que o valor que um comerciante mediano conseguiria.

            Além disso, a popularidade dos aventureiros com os empregados em uma taverna era o melhor! Os moradores também sairiam de seu caminho para encontrar o aventureiro, a fim de oferecer-lhe missões.

            Spenson havia previsto que no futuro Morata cresceria e se tornaria a cidade central do Norte e havia deixado o seu item escavado aqui.

            Voltando a Morata depois de um longo tempo, Weed podia sentir a animação vívida da aventura.

            “É lindo”.

            “Você não está feliz por nós termos vindo aqui?”

            “Sim. O ambiente é bom”.

            Uma das mudanças foi a visão de muitos casais que fervilhavam como baratas nas proximidades da ponte e dos edifícios, os quais ostentavam excelentes vistas. Desde que os jogadores iniciantes começaram a escolher Morata para iniciar, muitos casais tinham se formado. O amor, que florescia ao caçar coelhos e raposas!

            O consumo e a venda de lotes de mercadorias por iniciantes se tornaram o pivô do desenvolvimento econômico de Morata. Não havia uma causa principal para o fluxo de iniciantes que rivalizava com aqueles do Reino de Rosenheim, localizado na parte oriental do Continente de Versalhes, e tal peculiaridade fez com que Morata transbordasse com vivacidade.

            Era uma visão comum ver iniciantes com seus equipamentos iniciais e uma espada de madeira comendo 10 pedaços de pão de cevada com moderação ao fazer missões na aldeia.

            Morata, uma cidade encantadora cheia de vitalidade!

            O crescimento em Morata enquanto Weed tinha ficado afastado era deslumbrante. À medida que os iniciantes apareceram, as lojas também se multiplicaram rapidamente. Elas não eram lojas que vendiam bugigangas baratas, mas sim lojas decentes, de alta classe.

            Comerciantes e pessoas que queriam construir uma casa eram mesquinhas com relação a obras de arte em primeiro lugar.

            “Que tipo de ajuda tais coisas teriam…”

            “Apenas a construa rapidamente, rapidamente. Faça o armazém um pouco maior também”.

            No entanto, os edifícios com design excepcionalmente artístico melhoravam muito mais os negócios. Mesmo se fosse a mesma mercearia, as pessoas se reuniam no belo edifício e, desta forma, o investimento de Morata em esculturas e pinturas já não era apenas um luxo.

            Escultores, pintores e arquitetos se reuniram para tornar a cidade incomparavelmente colorida.

            “A música que será tocada hoje é chamada de ‘Uma noite em uma masmorra goblin’”.

            Cada esquina foi decorada com um pequeno palco para apresentações. Em um espaço estreito, com cerca de 5 passos de largura, bardos cantavam músicas e tocavam instrumentos. Essa era uma visão que apenas poderia ser normalmente presenciada na Cidade dos Artistas, Rhodium.

            Em Morata, artistas, bardos e arquitetos eram respeitados.

            Esse foi o resultado do investimento casual do dinheiro, pelo qual Weed tinha derramado sangue e lágrimas, em arte pelo ancião da aldeia. Outras cidades ou castelos gastavam 0%, ou talvez apenas 1%, no desenvolvimento cultural, mas Morata estava comprometendo bastantes fundos com esta área.

            Havia muitos bardos iniciantes e, com as visitas dos bardos cujos nomes eram bem conhecidos através do Continente de Versalhes, a música animada se tornou um dos encantos de Morata.

            A taverna, a oficina de forja, a loja de armas e a loja de armaduras estavam lotadas com jogadores iniciantes. Havia muitos jogadores nas ruas, como se houvesse um festival.

            “Eu me pergunto o quanto a cidade mudou desde que eu estive fora. Janela de Informação da Região!”

            Ding!

Região de Morata

Uma área que outrora pertenceu ao Império Niflheim.

Esta região é a mais próspera da Região Norte do Continente de Versalhes e continua a se desenvolver. Os mercadores ativamente realizam atividades comerciais e há muitos clientes nas lojas.

Arte está espalhada por todos os lugares, atraindo os turistas.

Devido à cultura, há um afluxo populacional e, com isto, a criação de novos postos de trabalho. A população recém-chegada está mostrando um estímulo em todos os postos de trabalho.

Forças Armadas:

47 Economia: 821

Cultura:

1.130 Tecnologia:

310

Influência Religiosa: 89 Políticas Regionais:

22

Influência Sobre Regiões Próximas:

41%

Influência do Antigo Império Niflheim:

3.6%

Influência profundamente áreas relacionadas às forças armadas, economia, cultura, tecnologia, religião, população e missões.

Desenvolvimento Urbano:

106 Saneamento:

41

Segurança:

69%

As instalações de tratamento de água foram limpas e novas casas construídas. Todavia, elas ainda são insuficientes para satisfazer as necessidades dos moradores, cujo aumento está sendo explosivo.

Novos moradores querem um maior investimento em segurança. Eles querem expandir o território da aldeia para uma região mais extensa, bem como aumentar o número de subjugações de monstros.

Há moradores que lembram vagamente do festival que aconteceu a muito tempo atrás.

O grande número de esculturas está trazendo felicidade para a vida dos moradores.

Há uma leve carência de pinturas na cidade. A confiança infinita e o suporte aos artistas estão elevando a dignidade da aldeia. Os moradores tornaram-se orgulhosos de ter mais obras de arte do que outras aldeias e querem a continuidade do investimento nas guildas relacionadas às artes.

As técnicas da indústria têxtil continuam a serem transmitidas. Com o aparecimento de muitos novos alfaiates, as perspectivas para o futuro são brilhantes.

As técnicas de manipulação de ferro ainda estão no básico. Os ferreiros que estão produzindo armas e armaduras são muito inexperientes.

A região acredita na Fé de Freya. A fé dos moradores é forte e não oscilará facilmente. Hedonismo (NT = Nota barafael: modo de vida inspirado na dedicação ao prazer como estilo de vida) moderado e a fertilidade estão aumentando como resultado da influência da Igreja de Freya. As pessoas mostram uma natureza diligente.

Especialidades:

Couro, roupas e arte.

População Total do Território:

168.101.

Receita Tributária Mensal:

178.045 moedas de ouro.

Discriminação das Despesas Operacionais da Aldeia:

Forças Armadas:

5%

Desenvolvimento Econômico:

32%

Custos em Investimento Cultural:

14%
Incumbências e Subjugações a Monstros:

9%

Manutenção da Cidade:

31%

Oferendas à Igreja de Freya:

9%

            O aumento explosivo nas receitas de impostos veio como consequência do aumento da população, do desenvolvimento comercial, e do influxo de mercenários e aventureiros!

            “Heh”.

            Weed fez uma cara séria. Os cantos de sua boca ameaçaram a subir e os músculos de seu rosto se contraíram enquanto ele tentava conter um sorriso. Ele estava tão feliz que queria rolar no chão, mas ele tinha que manter a sua imagem nobre, especialmente em momentos como este, para manter a aparência.

            “Não é nada demais. Tsk, tsk… é uma aldeia tão primitiva e rural”.

            Weed, que estava regozijando-se com as sobrancelhas franzidas e bochechas tremendo, revelou uma expressão podre!

            Era particularmente excelente que as contribuições mensais para a Igreja de Freya tenham sido reduzidas de 15% para 9%.

            “Parece que foi ajustado automaticamente na medida que a soma da renda aumentou”.

            Mais era gasto com oferendas, mas a porcentagem havia diminuído com o aumento da renda.

            Como o orçamento aumentou, houve investimentos constantes em cultura, forças armadas, desenvolvimento econômico e com a manutenção da aldeia. Visto que também houve um aumento explosivo de jogadores iniciantes, Morata poderia agora ser chamada de uma respeitável cidade de médio porte.

            ‘Com certeza eu ainda não estou recebendo muito dinheiro comparado com o número de pessoas…’

            Mesmo na rua onde Weed estava, 86 de 100 pessoas eram iniciantes.

            Baixos impostos, aventura, campos de caça livres e a escultura da Tower of Light (NT = Nota barafael: Torre de Luz). Os jogadores iniciantes estavam aumentando rapidamente graças à sensação positiva que Morata irradiava.

            ‘Quanto mais esses iniciantes aumentarem os seus níveis, maior será o crescimento em impostos!’

            Ele tinha esperanças otimistas para o futuro. Eram pensamentos felizes que apenas um Lorde poderia abrigar.

            Naturalmente, Morata também tinha muitas desvantagens.

            Não havia outras igrejas além da Igreja de Freya. Isso era muito lamentável para aqueles jogadores que queriam se tornar clérigos, os quais tinham uma escolha limitada.

            O desenvolvimento tecnológico era baixo e a qualidade das armas e armaduras também porque não havia muitos ferreiros. Visto que a quantidade produzida por dia também era limitada, todas as lojas de armas e armaduras ficavam esgotadas de estoques pela manhã. Os iniciantes tinham um monte de reclamações, pois até mesmo as armas para iniciantes que haviam nas lojas tiveram de ser vendidas a preços inflacionados. Mapan objetivava esse nicho de mercado e focou principalmente na importação de armas para ganhar muito dinheiro.

            Weed não se preocupou muito.

            ‘Para lidar com a escassez, os ferreiros provavelmente aumentarão em quantidade mais tarde’.

            Para fazer coisas como ajustar armas, fazer manutenção em armaduras, ou reforçar equipamentos, a presença de um ferreiro era necessária! Já que os ferreiros estavam recebendo tanto respeito quanto os clérigos, haveria gradualmente mais deles.

            Apesar de muitas deficiências, os novatos, que adoravam aventuras, estavam crescendo enquanto ajudavam uns aos outros.

            Weed também saiu dos limites da aldeia. No celeiro, trigo e cevada estavam crescendo rapidamente. O trigo, abençoado com a fertilidade pelos sacerdotes da Igreja de Freya, tinha tantos grãos que suas hastes começaram a dobrar. Havia também um número significativo de pessoas que seguravam picaretas e estavam indo para a mina nas montanhas próximas.

            “Eu tenho que ganhar pelo menos uma moeda de cobre”.

            “Nós precisamos de dinheiro para viver, querido”.

            “Nós não podemos nem caçar tanto quanto queremos com os preços das armas estando tão caros”.

            “Os preços das armas ainda são melhores, os preços das armaduras são realmente indescritíveis”.

            “Phew, talvez não tenha sido uma boa ideia para mim escolher ser um guerreiro defensivo. Eu caçarei com um sacerdote da Igreja de Freya de qualquer maneira”.

           Mesmo os novatos estavam carregando picaretas e estavam em seu caminho para as minas. Mesmo que eles não fossem mineiros, o ato de minerar poderia ser realizado por qualquer pessoa, especialmente por guerreiros, espadachins ou cavaleiros com corpos robustos. Os iniciantes estavam indo para as minas com ombros caídos a fim de ganhar dinheiro.

            “Esta é uma visão altamente desejável”.

            Os cantos da boca de Weed finalmente subiram. O reaparecimento daquele sorriso podre impecável!

            A exploração estava rolando tão suavemente, que não havia discrepâncias a partir das evidências de que a economia de Morata estava saudável.

_______________________________________________________________

Tradutor: Antonio Pinheiro

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://japtem.blogspot.com.br/2014/07/lms-volume-17-chapter-2.html

_______________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

22 comentários sobre “LMS – Volume 17, Capítulo 2: O Ferreiro das Espadas Mágicas

  1. obrigado pelo capitulo, Capitulo bem leve, começou falando de Fabio, acredito, que foi para mostrar o nivel do melhor ferreiro e comparar com o de Weed.
    Depois mostrou o porque de não terem atacado Weed ainda, pela fama de ter derrotado o Deus da Guerra. (ja que anteriormente weed tinha citado que não tinha revelado sua identidade para não ser atacado por alguem que tinha odio dele do antigo jogo…)
    E para finalizar mostrou o atual estado de morata , gostei

    ahuaha

    vlw pelo capitulo

    Curtido por 1 pessoa

  2. “Apenas a construa rapidamente, rapidamente. Faça o armazém um pouco maior também”.
    Tem um espaçamento indevido na frente dessa fala

    Influência profundamente áreas relacionadas às forças armadas, economia, cultura, tecnologia, religião, população e missões.
    Aqui eu creio que esse “influência” deve ser trocado pelo verbo “influenciar” conjugado e ficar “influencia”

    “as picaretas poderiam ser feitas por qualquer pessoa, especialmente por guerreiros, espadachins ou cavaleiros com corpos robustos”
    Não me tira da cabeça que no lugar de “feitas” deveria estar “empunhadas” ou algo do gênero, mas dessa vez é só achismo meu mesmo

    OBRIGADO❤

    Curtido por 1 pessoa

    • 1) não encontrei o espaço indevido antes dessa fala, não pelo menos no pdf. Onde que você viu? No post do wordpress as vezes fica bugado por causa do justificado.
      2) De fato está errado, auto-corretor do word, o correto é influencia (no presente, sem acento) – arrumado;
      3) Na realidade foi interpretação errada e eu, quando corrigi, tbm passei batido. Na realidade não tem uma tradução correta para a forma verbal de pickaxing pro protugues, seria algo como picar, cavocar, fica muito estranho. Na frase acho q “minerar” fica melhor. Vou arrumar. Eu tbm teria dificuldade de traduzir isso a uma primeira vista

      A versão americana é:
      Even if one weren’t a miner, pickaxing could be done by anyone, especially by Warrior, Swordsmen, or Knight wannabes with robust physiques

      Se não quer um cargo de revisão n? kkkk libero o capitulo antes pra vc dar uma olhada

      Curtir

      • 1) O espaço é esse aqui (s2.vc/42wr), deve ser coisa do wordpress mesmo. Aliás, eu nunca li a versão em pdf :’v
        2) Eu peguei esse porque eu vou lendo “alto” mentalmente e a diferença de sílaba tônica entre a palavra que deveria estar lá e a que realmente estava me deu tipo uma quebra na leitura uhsauash
        3) Ao menos dessa vez o achismo serviu pra algo T3T
        Eu não me importaria de ajudar, até ficaria feliz em fazê-lo *^*

        Curtir

      • É bug do WordPress por causa do justificado. Eu tento arrumar a mão mas n dá sempre. Se eu ponho justificado buga o espaço do início do parágrafo, se eu n ponho fica errado no final. Contudo, eu ainda uso justificado para poder aparecer os espaços na frente de cada parágrafo, o q melhora a leitura

        Curtir

      • Acho que minha primeira resposta se perdeu, então vms de novo Ò_Ó
        O espaço é esse aqui (s2.vc/42wr), é da versão do wordpress mesmo. Aliás, eu nunca li a versão em pdf

        Eu peguei esse porque eu estava lendo mentalmente com todas as minhas forças e a diferença entre a sílaba tônica da palavra que estava lá e da que deveria estar meio que quebraram a leitura sDSADAD :’V

        Ao menos dessa vez o achismo serviu pra algo T3T

        Eu não me importaria de ajudar, na verdade eu ficaria feliz de contribuir com a novel

        Curtir

  3. Nada de surpreendente nesse capítulo, Weed sendo Weed.

    Mas gostei de terem focado no Fabio, isso é algo que difere muito LMS de outras novel, o autor não esquece de ninguém, mesmo quando o rumo atual da história seja completamente diferente do personagem em questão :v

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s