LMS – Volume 17, Capítulo 1: A Notoriedade do Weed

Inicia-se mais um volume e tão épico quanto o último.

Qualquer erro de digitação/português/tradução avisem nos comentários para que eu possa corrigir.

Como sempre recomendo a leitura em .pdf, que está mais organizada.

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 17 – Capítulo 1 – A Notoriedade do Weed (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 17 – Capítulo 1 – A Notoriedade do Weed (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v17c01

Volume 17

CAPÍTULO 1 – A Notoriedade do Weed

            Uma enorme multidão se reuniu quando Weed chegou na praça de Morata através do portal de teletransporte. As pessoas estavam comprando e vendendo produtos na praça, bem como recrutando membros para grupos. Com a parte Norte do Continente de Versalhes sendo apresentada como uma região de aventuras, Morata estava florescendo em uma cidade cada vez maior.

            “Por favor, olhe para cá!”

            “Weed, Weed! Venha caçar conosco”.

            “Você é realmente o Weed do Continent of Magic?”

         Havia muitas pessoas que estavam tentando chegar perto dele, causando um tumulto e perguntando coisas sobre a missão do Rio das Lamentações, ou se ele realmente era Weed do Continent of Magic. As pessoas até mesmo subiram nas muralhas do castelo para aplaudir e acenar para Weed. Eles saudaram o retorno de Weed como se ele fosse um herói retornando para casa depois de vencer uma guerra.

            Desta vez foi diferente de quando ele vendia esculturas baratas no Reino de Rosenheim. Weed cruzou seus braços, levantou seu queixo junto com o seu olhar fixo e emanou arrogância. (NT = Nota barafael: kkkkk ‘eu sou o cara’ by Weed)

            “Huh, há um monte pessoas aqui agora”.

            Ele tinha que agir indiferente e completamente não alarmado, como se a quantidade de pessoas reunidas fosse um curso natural dos acontecimentos.

            Abruptamente, Weed gritou com o Lion Roar (NT = Nota barafael: Rugido de Leão):

            “Eu fui. Eu lutei. Eu ganhei!”

            “WHOOOOAAA!”

            Gritos altos o suficiente para balançar a praça de Morata até a sua fundação entraram em erupção. (NT = Nota barafael: já era, agora todo mundo sabe que é ele)

            “Ele deve ter ganho uma tonelada!”

            “Imoogi! Por favor, mostre-nos os itens do Imoogi que você caçou!”

            “WEED! WEED! WEED!”

            A popularidade dele era maior do que a de um líder de um culto pseudo-religioso e a multidão estava no auge de seu deleite incontrolável.

            As esperanças e os sonhos das pessoas do Continente de Versalhes!

            Depois de tudo, Weed havia retornado após caçar monstros que outros não foram capazes de matar, além de ter realizado uma missão que ninguém tinha experimentado anteriormente.

            Os soldados de Morata e os cavaleiros da Igreja de Freya se mobilizaram para conter a situação. Só então o alvoroço foi estritamente suprimido.

            Os cavaleiros da Igreja de Freya curvaram as suas cabeças em direção a Weed polidamente.

            “Nós gostaríamos de lhe agradecer por derrotar a maligna Igreja Embinyu. É uma honra conhecer um aventureiro que entrará para a história como o benfeitor da Igreja de Freya”.

            Weed respondeu com dignidade:

            “Isso não foi nada. Eu não sofri nem um pouco. A luta contra a Igreja Embinyu foi extremamente tediosa. Foi mais fácil do que ir até um banco para tirar um cochilo em um dia de verão escaldante”.

            Ele tiraria um cochilo em um banco e leria quadrinhos em uma grande livraria. Aquelas eram as excelentes instalações culturais que permitiam Weed passar a sua juventude em paz. Já que havia muitos bancos em sua vizinhança, eles eram lugares onde ele poderia ir a qualquer momento e confortavelmente os utilizar. Eles até mesmo providenciavam as últimas revistas de forma categórica aos seus clientes.

            As pessoas nos bancos às vezes fofocavam, mas ele simplesmente ignorava tais coisas! Weed era alguém que tinha até mesmo compartilhado conversas profundas sobre sua juventude ao tomar café com um dos guardas mais velhos com o qual ele havia se tornado amigo.

            “Ele está falando com os cavaleiros”.

            “Eles estão falando com ele educadamente”.

            A multidão explodiu em sussurros. A visão dos paladinos falando com Weed era suficiente para fazer seus estômagos queimarem com inveja.

            O aparecimento súbito de um portal e o surgimento de Weed através dele, isso era algo que os comerciantes ou guerreiros fazendo negócios na praça nunca esperariam vivenciar.

            “Eu acho que esta é a primeira vez que eu vejo os cavaleiros de Freya agindo tão amigavelmente”.

            “Deve ser porque eles estão falando com Weed, certo?”

            “Claro que é”.

            Com os cavaleiros de Freya organizados na praça, não havia ninguém que tentou descuidadamente se aproximar de Weed.

            “Hmm”.

            À medida que o tumulto se acalmou um pouco, Weed olhou ao redor da praça. A multidão estava comprimida fortemente, como um saco de sementes.

            ‘O número de jogadores aqui realmente aumentou’.

            O pensamento dos impostos ocorreu-lhe enquanto ele olhava para os comerciantes sentados dentro das barracas que eles tinham aberto na praça!

            ‘Eu deveria aumentar os impostos ou não? Mesmo se eu aumentar os impostos sobre os rendimentos em 1%, a receita seria enorme…’

            Weed investiu toda a sua energia para executar os cálculos. Ele era ruim de matemática, mas quando ele ia somar ou subtrair dinheiro, ele nunca havia cometido um erro.

            ‘Não, ainda não. Ainda é muito cedo. Se eu der a impressão de estar desesperado para cobrar impostos tão cedo, eu não serei capaz de desencadear uma bomba de impostos mais tarde’.

            Seu rosto empalideceu e até mesmo a sua expressão tornou-se aflita.

            Ele precisava de um esquema inteligente que faria as pessoas sentirem como se ele não fosse aumentar os impostos mesmo quando ele fosse fazê-lo.

           Na visão do rosto profundamente atormentado de Weed, os jogadores gradualmente se acalmaram. Olhando para a sua expressão solitária, parecia que ele estava enfrentando um verdadeiro grande problema. Quando ele ocasionalmente fazia uma careta, os corações dos jogadores cairiam em alerta.

            Havia pessoas que tinham conhecido Weed anteriormente, bem como aqueles que apenas tinham ouvido falar dele.

            “Era ele que estava se agarrando nas moedas de cobre enquanto vendia esculturas, tudo ao mesmo tempo?”

            “Suas habilidades misteriosas não são normais. Ele andava por aí escondendo a sua identidade daquela forma apesar dele ser um jogador de nível elevado o suficiente para caçar o Rei Hydra, você sabe”.

            “Deus da Guerra Weed. Olhe a expressão dele, não é como se ele fosse eliminar a todos nós porque seu humor azedou?”

            “Eles dizem que no Continent of Magic, ele era um guerreiro solitário que não gostava de nenhum barulho ou incômodo…”

            Uma vez que a excitação diminuiu, as pessoas foram atingidas com um humor estranho. Isso se deu porque o Weed do Continent of Magic era uma figura de extrema notoriedade!

***

            Em um canto da praça, comerciantes estavam conversando sem parar. Eles estavam discutindo sobre as maldades de Weed no Continent of Magic!

            “Soo-il, ele realmente matava pessoas tão frequentemente?”

            “Sim. Os atos desagradáveis de Weed eram loucos. Eu mesmo fui morto 5 vezes”.

            “Por que você foi morto? Você era inimigo do Weed naquela ocasião?”

       Weed também podia ouvir a conversa entre os jovens comerciantes. Já que eles estavam discutindo as suas histórias sobre os dias do Continent of Magic, ele estava profundamente interessado. Essa era uma conversa importante porque, dependendo da opinião da multidão, ele também poderia mudar os impostos.

            “Não havia nenhuma razão em particular. Uma vez por tê-lo feito esperar porque eu estava levando muito tempo para comprar itens em uma loja, outra por encontra-lo perto de um córrego e mais uma por entrar em uma masmorra dentro da qual ele estava caçando. As duas vezes restantes foram porque eu não podia aguentar mais seus delitos e, desta forma, eu entrei em um grupo de coalizão e morri ao lutar contra ele”.

            “Ele matava as pessoas por tais razões?”

            “Ele não apenas matava as pessoas. Era literalmente um massacre. Ele não deixava ninguém vivo, mesmo os desarmados ou feridos”.

         No Continent of Magic, a notoriedade de Weed não era limitada apenas a monstros. Mesmo os jogadores, ele os massacrava como se fosse a encarnação da impiedade. Com o seu nível extremamente esmagador, gestão incrível de habilidades e itens únicos ele era o jogador mais forte. Ele pisoteava aqueles que o desafiavam ao ponto onde eles não conseguiriam se recuperar e ele simplesmente matava aqueles que ele achava repugnantes.

            ‘Eu não sabia diferenciar humanos de monstros’.

           Weed brevemente recordou os seus dias no Continent of Magic. Ele matou tantos que era difícil lembrar de todos os seus oponentes separadamente. Ele não tinha encontrado absolutamente nenhuma razão para deixar os humanos vivos apenas porque eles eram jogadores, quando ele já estava matando monstros. Ele até mesmo procurava propositalmente aqueles que eram presunçosos em razão de serem jogadores de nível elevado, começava uma luta e os matava.

            A força de uma grande guilda? Ele não se importava.

            ‘Não importa o quão bem organizados eles eram, tudo se resolvia uma vez que eu os matava três ou quatro vezes’.

         Ele usou uma guilda como exemplo e os destruiu completamente. Depois disso, as críticas contra ele se tonaram severas e a opinião pública sobre ele despencou. Em seguida, ele os massacrou novamente. Sem qualquer reserva, ele despedaçou todos eles.

            Depois de numerosas repetições de massacres, outras guildas também ficaram cuidadosas e se acovardaram.

            Embora as coalizões contra ele fossem formadas incontáveis vezes, ele os atraía para masmorras e os aniquilava um por um.

            Weed lutava inteligentemente.

            Lutar contra um grupo sozinho era realmente uma tarefa extremamente difícil. Ele era um demônio que se aproveitava de seus arredores, usava itens sem restrição e matava seus inimigos um por um!

            O comerciante perguntou:

            “Mesmo assim, parece que eles não acham que Weed é muito ruim. Não há muitos jogadores do Continent of Magic que amaldiçoariam Weed?”

            O comerciante que tinha explicado acenou com a cabeça em concordância:

         “Porque isso aconteceu quando o Continent of Magic estava gradualmente perdendo a popularidade e algo novo era necessário. Quem não se sentiria satisfeito ao vê-lo completar missões não resolvidas, avançar sobre labirintos, descobrir os segredos de masmorras misteriosas e matar monstros extremamente poderosos?”

            As pessoas não odiavam Weed.

            Mesmo em Royal Road, Weed caçava e fazia missões com uma imprudência incomparável. Embora na verdade, ele não pudesse deixar de receber as missões por causa de sua alta fama. Ele mal concluía as missões após sofrer a um ponto perto da morte, mas os outros só podiam desistir no meio sem fazer qualquer progresso.

            Para as guildas que elevavam os seus entusiasmos com a expansão do poder ou para os jogadores cansados das caçadas repetitivas, Weed era como um raio de luz. Mesmo as guildas ou jogadores que eram completamente hostis para com Weed, eles não podiam evitar a não ser reconhecer aquilo, pelo menos.

            “Mesmo as guildas totalmente eruditas evitavam ele porque tinham medo de entrar em uma luta contra Weed”.

            “Isso era ruim?”

            “Ele era alguém com quem todo mundo queria se tornar amigo, mesmo enquanto estavam longe dele e morrendo. Ele era alguém em quem você queria, pelo menos, gravar o seu nome”.

            “Ele devia emitir uma atmosfera incrível”.

            “Se você estivesse caçando em um campo de caça e ouvisse que Weed tinha aparecido nas proximidades, você teria uma sensação de formigamentos e arrepios por todo o seu corpo. Você não saberia como é sentir isso até experimentar”.

            Você está ficando animado enquanto está caçando com seus amigos e tendo uma conversa pacífica. Então, Weed aparece nas vizinhanças.

            Uma atmosfera silenciosa e assustadora.

            O problema não era a missão ou os monstros, você queria sair de seu grupo e ir lá porque você ficava curioso sobre o que Weed estava fazendo.

            Na verdade, isso chegou a tal ponto onde era difícil enumerar cada um individualmente que tinha ficado interessado nas ações de Weed e tinha morrido enquanto seguia ele.

            “Você ouvia sobre Weed desafiando missões no Continent of Magic que pareciam absolutamente impossíveis, além de ir a lugares para os quais ninguém nunca tinha ido anteriormente, mesmo sem um pingo de medo”.

            “Mas deve ter tido vezes em que ele falhou, certo?”

            “É claro. Ele provavelmente falhou uma tonelada de vezes. Mas eventualmente, ele tinha sucesso. Apenas restos de monstros eram deixados nas masmorras pelas quais Weed tinha passado, os momentos mais impressionantes devem ter ocorrido nessas horas”.

            Os registros que Weed tinha estabelecido no Continent of Magic continuaram a se espalhar por um longo tempo.

            “Então esse era Weed”.

            “Quanto mais eu ouço, mais surpreendentes e impressionantes as histórias são. É definitivamente divertido ouvir isso de uma pessoa que experimentou isso em primeira mão”.

            “O mais forte do Continent of Magic, Weed. Essa pessoa está parada bem ali, o Lorde de Morata”.

            Os olhos da multidão estavam cheios de respeito!

***

            Weed cruzou seus braços e olhou para cima. Enquanto o portal de teletransporte emitia uma leve luz azul, suspense pairava no ar.

            Após um conflito interno excruciante, ele havia vencido sobre as suas tentações.

            “Ainda não. Os impostos devem ser aumentados furtivamente. Desta forma as pessoas não podem senti-lo…”

            Se ele subitamente aumentasse os impostos apenas porque havia mais pessoas, ele encontraria uma grande resistência.

        ‘O aumento também precisa de uma justificação. Para faze-los pensarem que os impostos realmente tinham que ser aumentados, que não havia como evitar. Eu preciso de uma justificação que eles possam compreender! Sem isso, eles nem mesmo aceitariam um aumento de impostos’.

            Tendo superado a sua ganância, Weed colocou a sua mochila no chão e sentou-se. Weed era o tipo de pessoa que não gastava qualquer dinheiro com luxos. Ao contrário de outros, ele nunca tinha ido a um restaurante chique ou comprado uma refeição para jogadoras. Ele conseguiu as ferramentas de esculpir ou até mesmo os materiais de ferraria através de caçadas ou da coleta de pilhagem e os usava de modo autossuficiente.

            A soma que ele tinha que investir em Morata para colher um enorme lucro posteriormente era enorme, de modo que ele precisava de muito dinheiro.

            MOOOOO!

            Com um mugido, um boi com aparência gentil surgiu a partir do portal.

            Yellowy estava sendo usado como um carregador de bagagens. Mesmo as suas costas estavam preenchidas com incontáveis mochilas repletas de pilhagem, as quais foram adquiridas a partir da caçada perto do Rio das Lamentações.

            As mochilas que ele tinha preparado com antecedência estavam cheias até a borda e as grandes mochilas que ele fez com a sua habilidade de alfaiataria também estavam cheias.

            “Ela deveria estar em algum lugar por aqui…”

            Weed vasculhou através de suas mochilas e tirou uma espada.

            Uma espada afiada com uma ponta fina!

            “Esta não é uma pilhagem comum! Eu estou vendendo pilhagem, bem como roupas, armaduras e armas em pequenas quantidades!”

            O começo da venda de sua pilhagem!

            Levou apenas um instante para que a atmosfera pesada na praça fosse dissipada.

            “Ehh, que inferno, ele está vendendo itens”.

            “Eu estava preocupado atoa”.

            Em razão de que Weed tinha acumulado tal enorme notoriedade, mesmo os soldados e cavaleiros de Morata tinham aparecido, criando uma atmosfera rígida. Quando Weed puxou uma espada e a estendeu aos céus, a multidão prendeu a sua respiração em alarde.

            Agora, embora seus interesses em Weed fossem tão grandes quanto antes, a severidade havia desaparecido e a característica atmosfera barulhenta e despreocupada da praça retornou.

            “Com licença”.

            Um comerciante que tinha vindo fazer negócios nas proximidades falou bravamente. Em frente ao portal de teletransporte, Weed e Yellowy estavam posicionados bem no meio da praça.

            “Sim?”

            “Você realmente é o Deus da Guerra Weed?”

            “Huh, eu deixarei isso para a sua imaginação”.

            Weed não negou. Entretanto, o comerciante que tinha perguntado acenou com a sua cabeça.

            “Parece que você não é ele”.

            “Ele disse que não é ele, certo?”

            “Sim. Não é ele”.

            “…..”

            Esse foi o julgamento que os comerciantes fizeram por eles próprios. Por outro lado, havia muitas pessoas que acreditavam que Weed era o Deus da Guerra do Continent of Magic.

            As pessoas que pessoalmente assistiram a aventura de Weed através da transmissão pensavam diferente e elas também estavam divididas baseado no julgamento de seu nível ou profissão. Todavia, a maioria das pessoas não podia decidir qual lado estava certo e ainda estavam em cima do muro.

            Os comerciantes olharam gananciosamente em direção à Weed e às mochilas de Yellowy.

            “Mas, bem, você tem um monte de pilhagem”.

            “Isso é porque eu cacei com diligência”.

            Weed respondeu indiferentemente enquanto expôs a sua pilhagem. Os clientes ainda não haviam chego e ele estava se preparando para fazer negócios.

            Enquanto ele encarava gananciosamente para a pilhagem disposta, o comerciante propôs:

            “Você estaria disposto a vender toda aquela pilhagem para mim? Eu lhe darei um bom preço por ela”.

            Weed sacudiu a sua cabeça:

            “Eu mesmo venderei ela”.

            “Mas será melhor que eu, um comerciante, tome conta dela. O negócio não é tão fácil”.

            O comerciante lhe deu um conselho, mas Weed não precisava prestar atenção nele. Ele tinha se tornado habilidoso com os negócios desde que ele tinha 10 anos de idade. Seu aprendizado tinha começado ao seguir uma avó vendendo vegetais no mercado!

            “Antenas de caltrops! Presas de javali negro selvagem! Eu não vou vende-los a qualquer um. Já que elas não são pilhagens baratas, você pode dar uma olhada e ir”.

            Weed começou a anunciar os seus bens para os jogadores reunidos.

            “Antenas, Presas? Que tipo de pilhagens elas são para serem tão caras?”

            Os preços que elas receberiam quando vendidas a uma loja de mercadorias gerais era incrível.

            Weed tinha caçado e reunido pilhagem exclusiva no Rio das Lamentações. Já que ainda não havia ninguém que tinha ido para o Rio das Lamentações através do portal de teletransporte, não era um exagero dizer que esses produtos eram especialidades de primeira linha nesse momento.

            Havia realmente muitas coisas que a multidão queria perguntar enquanto olhava para Weed depois que ele apareceu através do portal de teletransporte. Perguntas sobre a missão e o Deus da Guerra Weed!

            Contudo, uma vez que ele começou a expor a pilhagem, as pessoas que queriam comprar mercadorias correram para frente da multidão curiosa e começaram a pedir.

            Ambos comerciantes e magos ficaram espantados quando eles identificaram as antenas. Ela era um material para um bastão mágico que poderia amplificar um raio. Se isso fosse levado a um encantador, as antenas poderiam receber um valor ainda maior do que o peso delas em ouro.

            Um mago gritou o maior valor que ele poderia oferecer logo que ele checou as informações:

            “Eu comprarei elas! Eu posso comprar as antenas por 350 moedas de ouro cada. Todas elas!”

            “Eu comprarei por 533 moedas de ouro”.

            “539 moedas de ouro!”

            “Eu comprarei por 540 moedas de ouro!”

            “Eu comprarei com todo o dinheiro que eu tenho, 555 moedas de outro”.

            Os valores da pilhagem geralmente eram fixos. Contudo, os comerciantes poderiam usar as suas habilidades de contabilidade para vender os itens que haviam sido adquiridos a partir de jogadores por um preço melhor nas lojas. Eles poderiam até mesmo receber ofertas melhores dependendo de sua intimidade, contribuição pública e as doações que eles faziam para o desenvolvimento da aldeia. Magos poderiam pessoalmente processar as antenas antes de entregá-las a um ferreiro.

            “Compro por 570 moedas de ouro!”

            Um comerciante bochechudo e com uma enorme barriga gritou.

            “580 moedas de ouro!”

            “Eu comprarei todas elas por 600 moedas de ouro”.

            Havia um grande lucro em ser o primeiro a vender uma pilhagem rara em uma loja. Uma venda para o bem do aumento da habilidade de contabilidade e fama!

            Weed enganou até mesmo os comerciantes. Ele vendeu com sucesso todas as antenas que ele tinha por 620 moedas de ouro cada, além de 320 moedas de ouro pelas presas. Ele estava satisfeito uma vez que esse preço era maior do que ele poderia conseguir vendendo em uma loja.

            Isso também era caro para os comerciantes, mas já que eles poderiam aumentar as suas habilidades e fama sem nem mesmo vender um item peculiar, a pilhagem era um lucro para eles.

            Weed pegou outra mochila.

            “Agora, isso aqui é a bandana da Igreja Embinyu. Troféus obtidos enquanto eu estava fazendo a missão da Alliance of the Deliverers (NT = Nota Antonio: Aliança dos Salvadores)! Aqueles de vocês que a quiserem como um souvenir, por favor, fiquem em fila. Eu estou vendendo elas por 15 moedas de ouro cada”.

            Elas eram bandanas enfeitadas com a marca da Igreja Embinyu. Além disso elas davam +3 de defesa e quase não tinham outros bônus. Entretanto, elas eram bens relativamente baratos comparados com a pilhagem cara que ele vendeu quase agora.

            “Isso parece bom”.

            “Eu comprarei uma”.

            “Por favor me dê uma também”.

            Weed vendeu as bandanas como souvenirs para a multidão.

            ‘Como esperado, eu tenho que vender todas elas enquanto a multidão está excitada’.

            Ele fez descontos a quem comprava 5, dando uma de graça sob o pretexto de que o comprador era um cliente especial, valorizando a venda.

            As bandanas também foram vendidas em um instante!

            “Então a próxima coisa é…”

            Os bens que Weed tirou da mochila, um após o outro, eram pilhagens que pareciam de grande importância! Os espólios que ele tinha ganho caçando os undeads (NT = Nota Antonio: mortos-vivos) eram ossos, roupas esfarrapadas e armas como espadas longas enferrujadas. Armas enferrujadas tinham uma durabilidade máxima baixa e se tornavam exponencialmente mais fracas se usadas pelos mortos-vivos.

            Os comerciantes que estavam fazendo negócios perto de Weed só poderiam sentir inveja ao ver os itens dele vendendo como pão acabado de sair do forno.

            “Por favor espere apenas um pouco, senhor”.

            Weed asseadamente usou a sua habilidade de afiar espadas e a habilidade de limpar armaduras para deixar o exterior dos itens brilhante e liso.

            “Essas são lembranças que trarão sorte para seus donos! Esta não é uma chance que se tem todo dia. Estes bens não serão vendidos depois que acabar o estoque hoje”.

            Ele estava vendendo itens que jamais seriam usados como equipamento. O osso da perna de um esqueleto sendo vendido a um preço gritante de 1 moeda de ouro!

            Com as mochilas vazias em suas costas, Yellowy furtivamente foi embora. Em seguida ele entrou em um beco isolado na Praça de Morata para um encontro secreto.

            O rosto dele estava coberto por um manto, um homem astuto estava esperando no beco.

            “Você deve ser o Yellowy. Eu ouvi bastante sobre você”.

            Moooooooo!

            “Aqui estão as mercadorias. Por favor, diga a Weed que o lucro será dividido exatamente na proporção 6:4”.

            Yellowy entendeu e assentiu com a cabeça. Em seguida, as suas mochilas vazias foram preenchidas até a borda com pilhagem.

            A identidade do homem esperando no corredor era a de Mapan.

            “Nós não podemos perder a oportunidade de vender pilhagem a preços elevados”.

            A estratégia era disfarçar até mesmo pilhagens normais como lembranças a fim de vende-las e ganhar mais!

            Weed até mesmo inscreveu o seu nome nos ossos com a sua faca de esculpir, dedicando frases como:

“Seja feliz, Ass: Weed”.

“Eu lhe desejo uma ótima caçada, Ass: Weed”.

“Lembre-se da batalha feroz contra o Lorde dos mortos-vivos; Balkan Demoph, Ass: Weed”.

            Para ser honesto ele sequer tinha lutado contra Balkan. Ele tinha apenas usado os bárbaros para subjugar uma pequena porção que havia sido dispersada a partir no vasto grupo de mortos-vivos!

***

            Tópicos sobre o Deus da Guerra Weed foram postados no fórum de Royal Road.

            Havia algumas pessoas mostrando respeito a ele por ter resolvido as missões no Continent of Magic. No entanto, havia mais pessoas relatando as transgressões realizadas por Weed.

Ele me matou por perguntar quanto ele gastou para comprar o seu equipamento!

Ele me matou por entrar na frente dele na fila de uma loja.

Pelo menos houve uma razão pela qual vocês dois foram mortos. Eu fui morto por estar em uma masmorra dentro da qual ele estava indo caçar.

Ele me matou por bocejar.

Ele me matou apenas por eu ser um homem.

Eu morri doze vezes. Na cidade, na praça, no campo de caçada, não importava onde nos encontrávamos. Mais tarde, sentindo me injustiçado, eu lhe perguntei o porquê e ele me disse que era porque não gostava do meu nome.

Qual era o seu nome?

ShittyIdiotWeed. (NT = Nota barafael: Weed Estúpido Desprezível – kkkkkkkkkk)

Você mereceu ser morto.

            Uma enorme quantidade de crimes praticados por Weed emergiu.

            O fórum estava concentrado em torno de Weed. Tópicos que sempre eram de interesse geral foram enterrados.

Eu fui morto mais de trinta vezes por Weed. Eu fui até ele violentamente, entende.

Trinta vezes? Você está falando sobre essa quantidade? Eu morri mais de cinquenta vezes.

Há provavelmente muitas pessoas que se lembram do jogador que perturbou Weed até o fim, o Chestnutty.

Sr. Chestnutty. Você provavelmente nunca ficou dentro do comprimento de uma faca dele, certo?

Heh, pessoas acima, não briguem. Não importa quanta vezes todos vocês morreram, isso é tão ruim quanto o meu caso?

Quanto a mim, eu era um jogador dentro do top 50 no Continent of Magic. Eu até mesmo tinha o item raro: a ‘Coroa de Apejan’, Weed pegou a Coroa de Apejan e a equipou.

Eu estou com ciúmes.

Para ter tido um item tirado de você por Weed… Weed usou esse item por muito tempo?

Foi um item que ele equipou mesmo quando ele estava caçando o Dragão Negro. Waah!

            Orgulho deslocado!

            Por causa de Weed ser um jogador tão famoso, havia também muitos jogadores de nível elevado relacionados com ele. Jogadores, que não costumam revelar os seus paradeiros em Royal Road, estavam comentando. Mesmo os jogadores que tinha ascendido ao Hall da Fama, publicaram as experiências de seus dias passados em Continent of Magic, aumentando as lendas a respeito de Weed.

            O registro de um antigo ladrão que havia seguido Weed através da exploração da masmorra até ser descoberto e morto, foi o destaque:

A masmorra foi limpa em uma velocidade muito mais rápida!

A visão dele superando sem medo grupos de monstros que o cercavam foi o suficiente para me dar arrepios.

Ele certamente tinha capacidade de luta, mas eu nunca tinha visto ninguém com tal eficiência, ela sequer tinha quaisquer movimentos supérfluos. Mesmo quando estava ferido ou quando caía em armadilhas, Weed continuava seguindo em frente infinitamente.

Que masmorra era essa?

Que monstro chefe apareceu?

Eu também não sei. Eu morri no meio dela porque eu fui descoberto por Weed.

            Enquanto vagava sozinho através de campos de caça, Weed não se preocupava com certo ou errado. Ele simplesmente matava todos que fossem desagradáveis. Ele até mesmo matou guildas que atacaram ele, bem como aqueles que o aborreciam.

            Sua infâmia implacável tinha acumulado extensivamente.

***

            Na CTS Mídia, enormes quantidades de financiamento foram investidas para reunir informações sobre o Continente de Versalhes.

            “Nós não podemos ficar para trás nas notícias. As notícias são muito mais importantes do que as transmissões sobre celebridades”.

            O número de pessoas jogando Royal Road estava crescendo exponencialmente. Não apenas na República da Coreia, mas em todo o mundo. As pessoas que não gostavam de Royal Road eram tratadas como selvagens. Na África, no Oriente Médio e na América do Sul, a paixão pelo jogo chegou a um nível incrível. Não havia nada mais a ser dito visto que até mesmo a realeza das terras árabes e os traficantes de drogas do Brasil estavam viciados em Royal Road!

            Parecia como se todos os jogadores internacionais jogados dentro do jogo de uma só vez causariam uma quantidade considerável de confusão, mas eles calmamente apreciaram o novo mundo.

            Apenas uma parte da população se agarrou ao crescimento extremo, como o aumento de níveis ou coleta de itens. Eles se estabeleceram nas partes do norte, oeste e centrais do continente. Havia muitos jogadores que não possuíam qualquer aversão a experimentar a nova riqueza da experiência conhecida, tais como os monstros ou as raças diferentes.

            ‘Heróis do Continente de Versalhes’, o programa principal da CTS Mídia era até mesmo traduzido e transmitido em países de todo o mundo. Enquanto Royal Road crescia, as vendas de programas relacionados também foram expandidas rapidamente.

            “Nada chama tanto a atenção como as notícias. Um programa apenas pode se tornar líder com notícias!”

            A CTS Mídia fez contratos com emissoras estrangeiras antes de seus concorrentes e até mesmo tinha condições muito melhores. Eles usaram o fato de que a sua matriz era uma empresa multinacional para puxar as cordas com as suas conexões pessoais.

            Enormes somas de dinheiro fluíam através dos contratos de direitos autorais e, dependendo das vendas, eles ainda recebiam royalties em intervalos regulares.

            Não foram apenas as cápsulas que os jogadores internacionais compravam ou as taxas de utilização, conforme a indústria de transmissão se expandia, Royal Road estava prestes a se tornar a maior fonte de renda da República da Coreia.

            Em razão da CTS ser incontestavelmente a pioneira no marketing comercial, eles reinvestiram o dinheiro que eles tinham ganho dentro de Royal Road. Eles nem mesmo ousariam sonhar em influenciar o conselho de administração ao aumentar a quota deles em ações da Unicorn. Não apenas a CTS, mas até mesmo o conglomerado inteiro não podia rivalizar com as vendas ou com a receita da Unicorn.

            A posição da Unicorn na economia mundial foi aumentando com o tempo e, portanto, apenas aqueles que tinham segurado as ações nas fases iniciais tinham sido atingidos com a riqueza súbita.

            A CTS Mídia despachou relatórios e investiu em jogadores para a aquisição de informações sobre Royal Road. Incluindo lordes de castelos, eles persuadiram jogadores chave usando muito dinheiro.

            “Seria bom se você fizesse uma cobertura exclusiva para a nossa estação de transmissão”.

            A maioria dos usuários era facilmente influenciada em frente ao dinheiro.

            “Está realmente tudo bem… para nós pegarmos este tanto de dinheiro?”

            “É claro e, por favor, nos forneça informações sobre as coisas que acontecem dentro do território que você governa, bem como bloqueie as ações do pessoal de outras estações, se possível”.

            Para guildas que dominavam regiões, eles não pediam coisas difíceis. Era demais para eles bloquearem completamente os movimentos de repórteres de outras emissoras, que se moviam sob identidades ocultas. No entanto, a aquisição de uma cobertura pública para uma outra estação era algo que certamente poderia ser interrompida. As guildas eram apenas mal faladas por alguns dias, de modo que não era realmente um problema.

            “Nós entendemos, por favor nos trate bem”.

            A CTS Mídia entrou em acordos com muitos lordes menores no Continente de Versalhes. No entanto, as negociações não procediam facilmente com as guildas que tinham maior poder.

            Governantes de uma única área tinham muitas fontes de renda. Impostos, dinheiro de suborno de pequenas guildas, taxas em campos de caçada e sobre as vendas de armas e armaduras estavam produzindo muito lucro. Guildas de prestígio já estavam mergulhadas em atividades comerciais, de modo que eles atualmente estavam gerindo negócios de dimensões consideráveis.

            “A soma do contrato é pequena, eu entendo”.

            “Nós não vamos nos mover por somas desse tamanho”.

            Eles tinham crescido ao ponto onde eles até mesmo ignoravam ligações dos diretores da emissora. Mesmo que fosse uma realidade virtual, os grandes lordes do Continente de Versalhes continham autoridade e poder suficientes. Mesmo as emissoras não poderiam lidar com tais lordes descuidadamente. Se eles forçassem pelo caminho errado, a cobertura não prosseguiria bem, então eles tiveram que lidar com aqueles que eram mais fracos. Eles não poderiam sequer reportar os crimes das grandes guildas descuidadamente.

            “Nós entramos em contato com praticamente todos no Continente Central… como está indo com o Sul e o Oeste?”

            “O elenco acabará sendo formado pelos jogadores que nós temos informações de contato, para algum momento entre hoje e amanhã”.

            “Como foram as respostas deles?”

            “Talvez seja porque havia rumores sobre o comércio no Continente Central, mas eles estão decidindo rapidamente. Eu acho que o elenco será formado em breve, porque eles são de guildas muito grandes”.

            “Essas não são notícias ruins”.

            Havia muitas diferenças entre o ocidente do Continente de Versalhes e as outras regiões. Poderosas nações centralizadas estavam posicionadas no Continente Central. Elas eram nações que se vangloriavam de terras ricas, minas e populações. Nações emergentes com potencial excepcional estavam posicionadas no Leste e o Sul desenvolvia a magia. Além disso, havia pioneiros vigorosos que se aventuraram no Norte. Em razão da área do Continente de Versalhes ser tão grande, ainda havia lugares onde as pessoas ainda não tinham colocado os pés, mesmo no Continente Central.

            O ocidente tinha uma forte disposição nacionalista, de modo que era mais ajustada por guildas que recrutavam pessoas nativas. Em outras regiões, mesmo se você começasse em uma cidade ou aldeia específica, você poderia escapar da influência da região simplesmente ao mudar o seu terreno de caça. No entanto, você não poderia fazê-lo no ocidente, que tinha muitos pastos e desertos.

        Igualmente, havia muitos guerreiros fortes, que estavam amarrados pelo sangue aos povos nômades, de modo que eles se vangloriavam da forte coesão. Excluindo os andarilhos no Continente Central, para a grande maioria, os problemas das guildas eram decididos pelos povos nativos. A força deles era inferior em comparação com àquelas do Continente Central, mas o tamanho e o número de territórios particular das guildas não era pequeno.

            “Isso é um alívio. Com quem nós estamos fazendo contato no Norte?”

            O Diretor Executivo estava pessoalmente dirigindo uma reunião na sala de conferências da CTS Mídia.

            “O representante do Norte seria Weed de Morata. No passado, nós tivemos uma relação de negócio”. (NT = Nota barafael: para quem não lembra foi a CTS Mídia que comprou a conta do Weed no Continent of Magic).

            “Quem o contatou? Quem foi o responsável?”

            “A secretária do presidente, Yoon Nahee”.

            “Oh? Por que a secretária do presidente em pessoa entrou em contato com ele?”

            “Havia a questão de que o presidente pessoalmente decidiu comprar a conta do Continent of Magic. O elenco para o programa dos 8 heróis também foi confiado a ela”.

 “Isso é realmente uma vergonha. Se nós tivéssemos apenas mantido a transmissão, teríamos tido um grande sucesso…”

            Os 8 Heróis tinham conseguido trazer classificações decentes. No entanto, eles tinham parado de estrelar Weed (NT = Nota barafael: a transmissão da conta dele do Continent of Magic) porque a resposta inicial não tinha sido boa. Depois disso, Weed tinha ganho as batalhas contra os Vampiros True Blood, a Legião dos Mortos-vivos e contra o Dragon Bone.

            Por causa da sua concorrente KMC Mídia ter começado a transmitir aqueles programas, houve até mesmo um incidente em que o responsável tinha escrito uma carta de demissão. O presidente da CTS Mídia tinha inevitavelmente notado tal falha.

            “Por agora, teremos a Sra. Yoon Na-hee contatando Weed”.

            “Eu cuidarei para que isso aconteça”.

_______________________________________________________________

Tradutor: Antonio Pinheiro

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://japtem.blogspot.com.br/2014/07/lms-volume-17-chapter-1.html

_______________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

29 comentários sobre “LMS – Volume 17, Capítulo 1: A Notoriedade do Weed

  1. “Não havia nada mais a ser dito visto que até mesmo a realeza das terras árabes e os traficantes de drogas do Brasil estavam viciados em Royal Road!”

    AGSOUSGHAOSHGAIUGSUAHOSUIHGAOUSHOAHSHAS

    Obrigado pelo capitulo.

    Curtido por 2 pessoas

  2. olha eu aqui de novo
    nossa quer dizer que a missão foi água com açúcar nen deveria se chamar nivel S não e mesmo?
    nossa weed enganando os comerciantes esse cara e D++++++++++
    ae galera um salve pra os traficantes do Brasil (isso e serio mesmo?)
    ai CTS Mídia vai ter que rebolar para recuperar o “galo de ouro” que vcs tinham na mão
    vacilou? dançou.

    Curtido por 1 pessoa

  3. ”Ao contrário de outros, ele nunca tinha ido a um restaurante chique”. Ele não foi a um restaurante bem chique com a irmã dele onde fez uma escultura para a mulher de um ricão ?

    Curtir

  4. krl weed e mapan junto com yelowlight eu rachei demais kkkkkkkkk weed e muito espertalhao. E depois os jogadores disputando quantas vezes morreram pra ele. Esse autor adora uma broma uma piada. E eu adoro isso. kkk rachei muito.

    Curtido por 1 pessoa

  5. E pessoal, no final em que fala sobre os oito heróis, na verdade é realmente de royal road, e não do continente da magia, eu lembro pq uma produtora chamou weed para estrelar nesse programa, só que nas primeiras semanas a única coisa que ele falava que era pra fazer, era pra ficar treinando batendo no bonequinho no centro de treinamento, por isso tiraram ele do programa, e outra produtora o contatou ao comprar uma grande soma de equipamentos que ele vendeu.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Valeu pelo capítulo!
    Cara já é a quarta novela que eu leio aue ao citar o Brasil ou fala dos traficantes ou das favelas… Triste…
    Esse Weed é muito malandro!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s