LMS – Volume 14, Capítulo 11: A Espera de Da´in

Mais um volume finalizado em velocidade relâmpago e com um capítulo muito bom para deixar aquela vontade de ler o próximo volume.

Qualquer erro de digitação/português/tradução avisem nos comentários para que eu possa corrigir.

Como sempre recomendo a leitura em .pdf, que está mais organizada.

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 14 – Capítulo 11 – A Espera de Da´in (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 14 – Capítulo 11 – A Espera de Da´in (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v14c01

Volume 14

CAPÍTULO 11 – A Espera de Da´in

            O diretor Kim Han Seo estava procurando por Yoo Byung Jun, seu professor e o autêntico cientista genial que foi enviado pelos céus.

            Kim Han Seo estava com linhas esbranquiçadas e centrais aparecendo em sua cabeça, olhos inflamados com uma coloração vermelho sangue e óculos grossos. Embora aquilo fosse o estresse por procurar Yoo Byung Jun, o cérebro deste estava em um nível onde ele poderia ser chamado de gênio.

            ‘Embora o mundo saiba que Royal Road foi feito em conjunto por mim e por outros 17 cientistas…’

            O diretor Kim Han Seo levemente sacudiu a sua cabeça.

            Havia muitas diferenças entre a verdade e aquilo que o público conhecia.

          ‘Na verdade, o conceito veio a partir do professor e ele também desenvolveu o núcleo da tecnologia. Os outros cientistas e eu não fizemos nada mais do que simplesmente expandir a estrutura que o professor fez’.

            Para o diretor Kim Han Seo e os outros cientistas, era assustador apenas fazer as partes pelas quais eles eram responsáveis.

            Houveram muitas vezes em que o sistema de realidade virtual, cuja perfeição era supostamente impossível, foi considerado uma fantasia. Por dezenas de vezes ele tinha levantado da cama de manhã depois de ter um pesadelo sobre a falha do projeto.

            Toda vez que eles eram parados em suas trajetórias, Yoo Byung Jun entrava em cena para ajuda-los e a pessoa que entendia o sistema completo era ele. (NT = Nota Antonio: Foi ele que deu o hack para o lendário escultor do luar…)

            Embora os outros cientistas, incluindo o diretor Kim Han Seo, fossem capazes de gerenciar completamente Versalhes (NT = Nota barafael: A Deusa Versalhes, a inteligência artificial por trás do continente) por causa de suas incumbências, seus poderes eram limitados.

            Tomando cuidado para abafar os seus passos, o diretor Kim Han Seo parou em frente de Yoo Byung Jun.

            “Eu voltei”.

            “Sim, bom trabalho. O que as crianças estavam dizendo no escritório?”

            “Sim. Eles estavam ficando muito preocupados a respeito do Exército Ressuscitado”.

            “Keke. Eu suponho que sim”.

            “Em particular, o chefe do Departamento de Gestão Estratégica, Son II Jang, estava reclamando que ele tinha que trabalhar horas extras todos os dias”.

            “Kekeke”.

            Yoo Byung Jun apenas riu como se ele já tivesse esperado por isso.

            “O nome do usuário é Deimond, o que você pensa dele, professor?”

            “Vamos ver. Bem, ele não é nada mal”.

            Yoo Byung Jun mostrou uma resposta insuficiente.

            “A missão do Exército Ressuscitado… bem, uma incrível quantidade de poder pode ser adquirida a partir desse pedido”.

            Os cientistas que manipulavam o console principal no Departamento de Gestão de Sistema inclinaram as suas orelhas para ouvir a conversa particular.

           Yoo Byung Jun era um cientista que transcendia a inteligência por ela própria e se isolou sem revelar a si mesmo para o mundo. Era algo que o mundo exterior apenas não sabia, mas na realidade, Yoo Byung Jun tinha assumido o papel de liderar a todos.

          Porém, o que realmente chocava e causava arrepios nos cientistas era o poder da Deusa de Versalhes. Sem quaisquer defeitos, eles nem sequer precisavam intervir com coisas que eram modificadas pelas intervenções artificiais.

            Essa era a super AI (NT= Nota Antonio: Artificial Intelligence – Inteligência Artificial) que regulava perfeitamente Royal Road desde o seu lançamento. Um sistema assustador que poderia até mesmo ser chamado de uma verdadeira Deusa e não era só Royal Road, ela até mesmo controlava assuntos executivos relacionados com a Unicorn Corporation. Mesmo nessa extensão, a Deusa de Versalhes estava usando apenas 20% de seus recursos administrativos.

            Para os cientistas, era uma façanha que era indiscutivelmente extraordinária.

            Se alguém dissesse que este sistema tinha sido desenvolvido por apenas 1 cientista, eles nunca teriam acreditado nisso. Esta era a opinião dos cientistas que conheciam Yoo Byung Jun.

 “Um cientista que não pode ser substituído por dez milhões de homens”.

 “Ele é um cientista que teria sido capaz de avançar a tecnologia mundial em 30 anos se ele tivesse produzido algo além de Royal Road”.

            Ele era uma pessoa que os cientistas poderiam apenas respeitar e considerar como maravilhosa ao ponto de que, mesmo sendo contemporâneo de Yoo Byung Jun, ele ainda era uma fonte de orgulho para eles.

            “A ganância arruinou o trabalho deles. Embora eles estejam no meio de uma série de sucessos, visto que eles estão usando truques mesquinhos… mais tarde eles farão mais inimigos”. (NT = Nota barafael: ele está falando de Deimond e de sua guilda)

            Não havia nenhum cientista que duvidasse das palavras de Yoo Byung Jun.

          As palavras do gênio do século nunca estavam erradas. Se ele dissesse que era assim, então em algum momento se tornaria daquela forma. Além disso, para os cientistas que conheciam sobre a missão previamente e sobre os perigos ocultos da Deusa de Versalhes, eles não sentiram que o Exército Ressuscitado era verdadeiramente uma crise.

            Royal Road era realmente uma grande realidade virtual. Tão complicado quanto a tecnologia aplicada, havia histórias escondidas em todo o continente e estas eram inúmeras.

            Os cientistas sabiam dos aventureiros que estavam se escondendo e aumentando as suas forças, de qual nível os guerreiros eram, quais missões estavam em progresso, de modo que eles não encontraram razões para ficarem tensos.

         Com um continente que era tão extenso e com um número incrivelmente grande de usuários que poderiam ser chamados de ‘a integração social virtual da humanidade’, os cientistas colocaram sorrisos irradiantes em seus rostos.

            Embora eles tivessem participado do desenvolvimento, Royal Road era realmente uma realidade virtual divertida. Após o lançamento de Royal Road, houve até mesmo um relatório de que a felicidade da humanidade tinha subido em pelo menos 40%.

            Com o orgulho que eles tinham de terem aberto as portas para um novo mundo, os cientistas voltaram para as suas próprias funções.

            Yoo Byung Jun murmurou para si mesmo:

            ‘As pessoas neste mundo se iludem com muita facilidade’.

            Na tela que ele estava assistindo, ele podia ver as atividades dos aventureiros no Continente de Versalhes.

            Um usuário que aumentava a sua força enquanto estava caçando em uma selva onde ninguém jamais descobriria.

            Um usuário que treinava a sua estamina básica enquanto escalava a montanha mais perigosa no continente.

            Um usuário que estava ficando mais forte à medida que ele testava as suas próprias limitações em uma ilha deserta repleta com monstros.

            Yoo Byung Jun sempre se sentia feliz ao ver estes usuários.

            Com testes intermináveis sobre as suas limitações, eles estavam experimentando situações extremas, as quais não poderiam ser submetidas no mundo real.

            “Dizer que Royal Road é um jogo…”

            Após a criação e o lançamento de Royal Road, os meios de comunicação púbicos tinham ido à loucura com relação a tecnologia.

            A tecnologia de ponta que auferiu a realidade virtual mais realística!

            Royal Road está rapidamente aumentando a sua base de usuários e acentuando a ruína dos jogos existentes.

            Um novo mundo tinha sido aberto para os usuários.

            Isto fez com que mesmo as pessoas do público em geral, as quais não eram familiarizadas com jogos, ficassem fascinadas e artigos clamando que Royal Road tinha acalmado a indústria de entretenimento eram publicados um após o outro.

            Gerentes de empresas e diretores no mundo real encontraram grande alegria na venda de frutos no interior das muralhas de castelos medievais ou mesmo ao iniciar aventuras armados com uma espada amarrada em suas cinturas. Conforme eles ganhavam enormes fundos, eles receberam elogios como sendo as estrelas da próxima geração da indústria de jogos.

            Yoo Byung Jun sorria cada vez que ele via aqueles artigos.

            “Humanos moles e preguiçosos. Eles nem sabem que seus futuros estão pendentes aqui”.

            Era algo tão patético que Yoo Byung Jun não podia suportar.

            Ele havia dedicado à sua vida a Royal Road. Era um trabalho de arte monumental, pelo qual ele havia dedicado sua energia e vida, criado como se fosse a sua própria criança.

            Se fosse apenas por uma questão de fazer um jogo, ele já teria desistido há muito tempo.

***

            Depois da perseguição ao Esqueleto Incandescente por longos sete dias, eles finalmente descobriram o grande prêmio perto do cemitério e foram capazes de purificar e derrotá-lo com a magia sagrada dos clérigos.

            “É um sucesso!”

            “Bom trabalho a todos”.

            O clérigo e o lanceiro estavam especialmente felizes.

            “Da’in-nim foi especialmente útil. Obrigado”.

            A perseguição ao Esqueleto Incandescente foi difícil mesmo com um caçador habilidoso. Isso ocorreu porque ele entraria em uma montanha com muitos monstros ou acharia masmorras e se esconderia lá dentro. À medida que eles paravam de lutar enquanto corriam atrás dele, ele escaparia para algum lugar antes deles o perceberem.

            Se eles não tivessem uma magia de xamã para aumentar a velocidade de movimento, capturar o Esqueleto Incandescente teria sido muito mais difícil.

            Os dentes de Da’in foram mostrados ligeiramente enquanto ela sorria.

            “Isso não foi nada. Eu não estava sendo muito útil para as lutas”.

            “Isso não é verdade. Apesar de você ser uma xamã, o poder dos seus tratamentos e de todos os tipos de habilidades vantajosas… se Da’in não estivesse aqui, seria verdadeiramente difícil realizar com sucesso esta missão”.

            “Da’in unni (NT = Nota barafael: maneira amigável de se dirigir a uma mulher mais velha se você for uma mulher) é uma verdadeira xamã”.

            Da’in tinha firmemente ganhado a confiança de seus companheiros de grupo.

            “Unni, fique conosco”.

            “Você fará a próxima missão com a gente?”

            “Sim, eu farei”.

            Durante alguns meses, Da’in se aventurou livremente junto com os membros do grupo.

            A fama dela aumentou dia após dia também, de modo que não havia muitos usuários em Morata que não sabiam quem era a xamã Da’in.

            Ela partiu em uma aventura nas Terras da Maldição Sombria. Era uma expedição, na qual mais de vinte dos aventureiros mais experientes de Morata participaram!

            Depois de encontrar novos monstros e uma nova masmorra, ela voltou para Morata.

***

            “Ufa! Estou de volta a Morata novamente”.

            Da’in sorriu amplamente.

            A Morata para a qual ela havia retornado após tanto tempo… ela não sabia o quanto ela sentiria falta da cidade.

            Foi por causa dela ter saboreado a solidão suficiente na cidade do céu, Lavias, que ela havia assegurado uma nova posição no Norte e tinha feito amigos em Morata.

            “Mas eu tenho que adquirir a solução para a maldição…”

            Da’in fez uma cara de preocupação.

            Toda a expedição tinha recebido uma maldição nas Terras da Maldição Sombria.

            A pele deles ficou escura como a de um elfo negro e padrões de tribos primitivas haviam aparecido.

            Uma maldição que reduzia os efeitos das magias e das habilidades pela metade!

            Era uma maldição que não poderia ser removida nem mesmo por magia sagrada de clérigos ou xamãs.

            ‘Eu irei me encontrar com um sacerdote primeiro’.

            Embora os sacerdotes na expedição também estivessem desamparados, eles apenas podiam acreditar neles.

            Da’in foi para a Igreja de Freya.

            Semelhantemente a uma expedição que acabou de chegar, havia uma multidão esperando por uma bênção. Depois de esperar por muito tempo por sua vez, ela conheceu um sacerdote da Igreja Freya.

            “Eu gostaria que a maldição em mim fosse curada”.

            “Você recebeu uma maldição de um mal antigo”.

            “Sim”.

            “Isso é porque você foi para um lugar onde você não deveria ter ido. É uma maldição que se formou enquanto você explorava uma terra que não acolhe bem os intrusos. Para suspender a maldição, você precisará de madeira kelpie (NT = Nota barafael: https://en.wikipedia.org/wiki/Kelpie – kelpie é o nome escocês dado para um espírito da água que muda de forma e que habita os lagos e piscinas da Escócia), pó de platina, cenoura e o sangue de um coelho branco. Se você cobrir o seu corpo com estes ingredientes e, em seguida, misturá-los e bebe-los, você pode ser libertada da maldição”.

            Além da madeira kelpie, que poderia levar um pouco tempo, aqueles não eram itens muito difíceis de se reunir.

            Da’in sorriu como se ela não esperasse que a cura para a maldição pudesse ser tão simples.

            “Muito obrigada”.

            “O prazer foi meu. Toda harmonia está de acordo com a vontade da Deusa”.

***

            “Compra e venda de pilhagem!”

            “Diga-me se há alguma coisa que você precise”.

            As vozes altas vieram a partir dos comerciantes alinhados na praça do lado de fora da Igreja de Freya. A competição dos comerciantes é um espetáculo para ser visto em qualquer lugar no Continente de Versalhes.

            Depois de vender todos os despojos que ela havia juntado, Da’in calmamente vagueou ao redor da praça.

            ‘Desta vez eu relaxarei e esperarei’.

            A reunião com Weed era a razão dela vir para Morata. No entanto, Weed não voltou para Morata e ela se cansou de esperar e partiu em uma aventura.

            Quando ela partiu, a Estátua da Deusa Freya foi construída, bem como outras numerosas esculturas e o castelo tinha evoluído também.

            Um boato de que Weed, o Lorde de Morata, tinha voltado circulava. No entanto, ele parecia estar fora em outra aventura, por isso era dito que conhecê-lo seria difícil.

            ‘Quais eram as chances dele voltar enquanto eu estava fora de qualquer forma?’

            Enquanto Da’in olhava para a construção, que não tinha estado lá anteriormente na rua recém desenvolvida de Morata, ela andou ao redor solitariamente.

            ‘A estátua da Deusa Freya, huh…’

           Quando ela olhou para a deslumbrante estátua da Deusa Freya, ela sentiu um pouco de ciúme. Para ela, que era apenas ligeiramente mais bonita do que uma menina comum, mesmo quando ela via a si mesmo positivamente, ela realmente se sentiu um pouco irritada.

            Ela queria voltar para o local das esculturas que estavam na caverna de Lavias, mas se ela fizesse isso seria ainda mais difícil de se encontrar com Weed.

            Foi quando Da’in estava olhando ao redor da praça, que alguém se aproximou.

            “Com licença”.

            Ela olhou para trás em direção à voz que tinha chamado por ela.

            Pequena e magra, era uma dama com olhos que pareciam extremamente virtuosos. A partir de um manto branco que ela estava vestindo, ela deveria ter a profissão de clériga ou a de sacerdotisa.

            “Você me chamou?”

            “Sim”.

            “Com o que eu posso lhe ajudar?”

            “Oh, me desculpe por perguntar isso logo após conhecer você… você é a xamã conhecida como Da’in, certo?”

            “Sim, isso mesmo”.

            “Ufa! Eu finalmente encontrei você. Meu nome é Irene”.

            Iniciar a conversa tinha feito Irene se sentir estranha e muito desconfortável, mas ela não podia esconder a expressão de alegria quando ela encontrou Da’in.

            “Meu grupo está tentando fazer uma missão agora mesmo. Mas ela é longe e nós pensamos que seria bom ter alguém com muitas magias, então nós estávamos tentando recrutar um xamã”.

            O nome da missão que Pale havia descoberto era, ‘O Segredo da Fabricação do Peitoral Antigo’.

            Foi dito que o livro que continha o método de fabricação foi enterrado em algum lugar no Norte, então eles queriam recrutar um aventureiro e um xamã e partir. Então eles ouviram que a famosa xamã, chamada Da’in, havia retornado e somente então eles tinham procurado por ela.

            Irene explicou novamente com um olhar nervoso.

            “A dificuldade da missão é ‘C’. Se você não se importar, gostaria de se aventurar conosco?”

            Da’in estudou lentamente o rosto de Irene.

            ‘Ela parece ser uma boa pessoa. Ela também parece estar em torno da minha idade…’

            Mas ela estava relutante em partir em uma missão, pois ela estava na posição de esperar por alguém.

            Ela não podia apenas esperar para sempre que Weed retornasse a Morata, mas desde que ela apenas tinha acabado de chegar depois de completar uma aventura, ela queria ter um descanso por agora.

            “Eu sinto muito. Agora eu irei descansar…”

            Assim que Da’in estava dizendo isso, uma dama que vestia um vestido extravagante incorporado com joias caminhou em direção a elas a partir de uma loja.

            Toda vez que ela suavemente dava um passo à frente, ela era seguida pelos olhos dos usuários na praça. Ao simplesmente observar o caminhar dela poderia entregar a sensação de vigor e prazer.

            ‘Ela é uma dançarina’.

            Contudo, as únicas profissões que poderiam ir em aventuras ou caçar enquanto usavam vestidos eram as trovadoras (NT = Nota barafael: feminino dos bardos) e dançarinas. Ela também usava pulseiras, colares, brincos e saltos curtos que eram confortáveis para dançar. Já que ela não estava segurando um instrumento, Da’in concluiu que ela era uma dançarina.

            “Hwaryeong-unni, onde você estava?”

            “Eu estava comendo em um restaurante. Mas quem é esta?”

            “Esta é Da’in-nim. Ela é uma xamã famosa…”

            “Ah, aquela pessoa!”

            Hwaryeong olhou para o rosto de Da’in como se estivesse vendo-a novamente. Visto que ela era um xamã com uma pele negra (NT = Nota barafael: devido a maldição) como joias, ela era extremamente característica.

            “Você perguntou se ela virá conosco para a missão?”

            “Sim. Porém, infelizmente, não parece que ela será capaz de fazê-la conosco”.

            Da’in, que estava de pé e ouvindo a conversa de Hwaryeong e Irene, subitamente as interrompeu.

            “Ei, eu mudei de ideia”.

            “O que?”

            “A aventura que você estava falando agora, eu também gostaria de faze-la junto”.

            “Sério? Isso é ótimo! Obrigada”.

            “Sim. Obrigada por me convidar”.

            Da’in aceitou a oferta de Irene.

            A estátua da Deusa Freya que o Lorde de Morata Weed tinha esculpido!

            Ela aceitou a missão em razão do rosto da estátua ser meticulosamente semelhante ao de Hwaryeong.

***

            Lee Hyun treinava o seu corpo diariamente no dojo de Ahn Hyundo (NT = Nota barafael: Geomchi).

        Os músculos de Lee Hyun eram tonificados e nitidamente divididos, não tendo qualquer excesso de gordura. A força física e a resistência dele ficavam mais fortes a cada dia. Embora enfrentando o treinamento do inferno a partir de 4 instrutores de treinamento diferentes, por 30 minutos cada, o corpo de Lee Hyun estava se tornando uma arma.

         “Mesmo uma espada afiada é completamente inútil nas mãos de uma pessoa lenta. Se você nem mesmo tiver o controle total sobre o seu corpo, então você pode esquecer de segurar uma espada. Embora o treinamento seja duro, é um processo que é necessário para manejar a espada”.

            Lee Hyun seguiu fielmente a dura palestra de Chung Il Hoon (NT = Nota barafael: Geomchi2). Ele suportou o treinamento do inferno sem uma única reclamação.

            Foi nesse momento que os instrutores se consultaram entre si:

            “A intensidade do treinamento não está muito forte?”

            “Se nós continuarmos desta forma, ele não dirá que irá sair?”

            “Mesmo eu não sei. Desde que o Mestre nos disse para fazer isso, ele deve ter algo em mente”.

            “Isso provavelmente é verdade, certo?”

            “Apesar de que, ocasionalmente, ele realmente não tem quaisquer ideias…”

            “…..”

            Enquanto Lee Hyun domesticava o seu corpo, ele percebeu o sentimento de que suas verdadeiras habilidades estavam sendo reforçadas.

            Se o seu corpo fosse solidificado, então a sua força mental seria impulsionada.

            A força de vontade que se formava sempre que ele passava pelo treinamento árduo!

            Quando ele completava uma sessão de treinamento do inferno com os instrutores, ele faria uma pausa enquanto bebia o chá que Ahn Hyundo lhe dava.

            “É chá de ginseng (NT = Nota barafael: – https://pt.wikipedia.org/wiki/Ginseng – é uma raiz usada como erva medicinal)”.

            “Obrigado, Mestre”.

            Lee Hyun engoliu o chá de ginseng. Ele estava com sede, mas isso ocorreu de modo que ele pudesse beber outra xícara de chá saudável!

            Ahn Hyundo falou depois de botar outra xícara de chá de ginseng:

            “O treinamento não é difícil?”

            “É realizável”.

            “Sim. Isso é louvável. Com essa atitude, você deveria ser capaz de progredir mais. Como está o resto da sua vida?”

            “Minha vida?”

            “Eu estou falando sobre sua própria vida, como ela é”.

            Depois de um momento de reflexão, Lee Hyun assentiu:

            “Ela está boa”.

            “Boa? O que é bom?”

            “A vovó está recebendo seu tratamento bem e minha irmã está indo para a faculdade satisfatoriamente. Assim como eu…”

            Lee Hyun hesitou brevemente e falou:

            “Não há grandes queixas em minha vida”.

            Nos dias difíceis, comer e viver tinha sido a sua maior preocupação. Embora houvessem momentos em que ele não era capaz de obter tratamento quando ele estava doente, agora ele era até mesmo capaz de guardar uma quantidade razoável de dinheiro. Enquanto ele jogava Royal Road ele era capaz de comprar as coisas que eles precisavam, por isso não havia muitos elementos que lhe entristecessem.

            Ahn Hyundo sacudiu a sua cabeça.

            “Isso não é literalmente a sua vida todos os dias?”

            “…..”

            “Você está satisfeito com a sua vida atual?”

            “Sim”.

            Lee Hyun respondeu facilmente.

            Os estudos escolares eram um pouco cansativos e enfadonhos, mas fora isso ele estava conseguindo as coisas que ele queria, então ele estava vivendo com satisfação.

            “É perfeito agora. Eu estou indo para a universidade, a minha irmã está estudando bem também e a minha avó está recuperando a sua saúde…”

            Ahn Hyundo perguntou abruptamente:

            “Então, qual é o trabalho que você quer fazer?”

            “… o trabalho que eu quero fazer?”

            “Quer seja um objetivo que você tinha desde que você era jovem ou deve ter tido algum trabalho que você queria fazer”.

            Lee Hyun ficou momentaneamente em silêncio.

            Ele tinha vivido estes dias por causa da sua irmã.

            Quando ele dormia à noite, houve momentos em que ele temia o dia que estava por vir. Os anos em que ele se preocupava enquanto comia, coisas como o que ele faria depois que a fome desaparecesse. Sem esperança, ele tinha vivido enquanto se desesperava.

            Se não houvesse a responsabilidade de sustentar a sua família, ele poderia ter sido capaz de lutar por uma decisão extrema mais cedo.

            Agora, a sua irmã mais nova estava crescida e ela estava indo para a faculdade com a bolsa escolar que ela tinha recebido. A grande cirurgia da sua avó tinha acabado e ela estava esperando para se recuperar também.

            O objetivo de sua vida era viver para a sua família. No caso dele não mais ter de cuidar de sua família, o que ele faria depois era algo que ele nunca tinha pensado a respeito.

            Depois de um suspiro, Lee Hyun falou:

            “Eu não tenho um sonho”.

***

            Os Geomchis passaram pelas Planícies do Desespero e chegaram na Aldeia dos Orcs, situada nas Cordilheiras Yuroki.

            O lugar estava repleto de usuários orcs com rostos semelhantes à de porcos e, por causa deles terem uma capacidade reprodutiva tão grande, havia até mesmo famílias inteiras reunidas ali.

            Após uma fêmea ou macho escolherem seus parceiros, mesmo se eles comessem apenas uma refeição juntos, bebes orcs saltariam para fora de algum lugar.

            Geomchi5 segurou sua cabeça entre as mãos.

            “Nós estamos arruinados. E dizer que eles são orcs casados…”

            Geomchi3 tocou em seu ombro.

            “Está tudo bem, sahyung (NT = Nota barafael: irmão mais velho), é meramente um homem e uma mulher compartilhando uma refeição juntos. Nós temos que entender que esta é a forma como os orcs são naturalmente”.

            Geomchi4 também interrompeu:

            “Sahyung, ter mente aberta e forte é o que ganha o jogo”.

            É claro que o sexo real era possível em Royal Road. (NT = Nota Antonio: ( ͡° ͜ʖ ͡°))

            Humanos ou elfos também poderiam se esforçar para obter uma casa e havia muitos casos em que um casal apaixonado fazia isso para passar um tempo agradável juntos.

            No entanto, os orcs eram um caso especial: se eles comessem apenas uma refeição noturna com os seus cônjuges ou com alguém que eles fossem próximos, orcs bebê surgiriam.

            Primeiramente, é claro que era pouco prático e havia muitos orcs machos desamparados que diziam que a progressão era muito fácil. Esta era a característica racial dos orcs: o recurso de reprodução vigoroso. Tinha havido intenções perversas de tirar proveito desta disposição e muitos que queriam satisfazer a si próprios.

            Contudo, logo eles perceberam a razão pela qual os orcs precisavam ser capazes de fazer orcs bebês simplesmente por comer uma refeição.

            ‘Parece que 4 dedos caberão na narina da parceira orc fêmea’.

            ‘O parceiro é um orc macho! Se ele abrir a sua boca e bocejar, uma melancia inteira poderia caber lá’.

            ‘Basta olhar para a gordura lateral e na barriga. Com uma mente sóbria é difícil estar junto dele’.

            ‘Que alívio’.

            Eles estavam muito satisfeitos com o fato de que tudo o que eles tinham a fazer era comer juntos e, desta forma, os orcs repetiram a propagação.

            As aldeias orcs nas Cordilheiras Yuroki estavam expandindo.

            Orcs adultos levariam os orcs bebês jovens para fazê-los crescer. Famílias inteiras de tribos orcs se desenvolveram e os orcs que controlavam as famílias apareceram.

            Visto que Seechwi era uma orc comandante, depois que ela chegou às Cordilheiras Yuroki, ela emitiu a luz do talento.

            “Vocês orcs, chwi-chwi-chwik!! Nós devemos comer mais. Devemos ter mais comida. Vamos lutar. Chwik!”

            Não havia explicações ou motivos razoáveis ou semelhantes. Ela tornou os orcs satisfeitos com comidas simples e lutas lógicas, e criou subordinados.

            Nas vizinhanças das aldeias dos orcs, havia muitos turistas que tinham vindo passear para satisfazer as suas curiosidades.

            “Orcs realmente parecem únicos”.

            “Individualmente os orcs são fracos, mas a sua taxa de reprodução é algo a ser temido. Eles não recrutam mercenários, os bebes orcs podem sair tão facilmente e oferecer infinitamente a sua lealdade… eu acho que os orcs serão capazes de crescer rapidamente”.

            “Ficará tudo bem mesmo que eles digam que os orcs estão termos ruins com os elfos negros?”

            “Uma vez que os usuários agora podem escolher os elfos negros também, fortes conflitos entre eles provavelmente acontecerão”.

            “Uma guerra com os humanos poderia acontecer no futuro também”.

            “Uma guerra racial entre os orcs e humanos? Há provavelmente uma possibilidade de que isso aconteça. Se o número de orcs crescer e eles vierem para o Continente Central, então não há dúvida de que eles colidirão uns com os outros”.

            “Não é agora a oportunidade de atacar enquanto os orcs estão fracos?”

           “Não há nada que nós possamos ganhar ao lutar contra os orcs e é muito longe para que os exércitos humanos venham atravessar as Planícies do Desespero. Se uma luta com os orcs ocorrer, então isso em si poderia se tornar uma missão, então há provavelmente muitas pessoas que estão esperando que isso aconteça”.

            Os turistas não entravam nas aldeias dos orcs e observavam a partir do lado de fora. Isso era porque o relacionamento entre orcs e humanos não era assim tão bom e era perigoso chegar perto.

            Todavia, os Geomchis entraram na Aldeia dos Orcs sem qualquer preocupação (NT = Nota barafael: falando em preocupação, o que aconteceu com as recompensas pelas cabeças dos Geomchis?) e, ao ver os Geomchis fazendo missões junto com a orc fêmea, os turistas ficaram muito chocados.

            “Como pode um humano agir daquela forma? Os orcs nem se importam com eles”.

            “Isso deve ser parte de uma missão”.

            “Eu acho que poderia ser parte das características das profissões deles. Eu ouvi que há profissões que tem alta intimidade com outras raças”.

            Quando os turistas estavam discutindo as suas opiniões, uma convincente resposta apareceu:

            “Apenas olhem para as suas aparências. Há alguma diferença entre as aparências deles e aquelas de um orc macho?”

            “…..”

            Um olhar mais atento revelou que essa explicação era plausível. (NT = Nota Antonio: Nossa vey, coitado do Geomchis kkkkk)

            Embora não houvesse dúvidas de que eles eram humanos, seus ombros largos e seus físicos ultrapassavam os dos orcs. (NT = Nota Antonio: 7 da Matina e o dia está para começar… quero ver quem vai entender a referência shauhsu)

            Apenas ao ver aqueles corpos, os orcs simplórios tinham facilmente se tornado amigáveis com eles.

***

            “Hyaa!”

            Geomchi balançou violentamente sua espada de duas mãos.

            O ogro, em termos de força física por si só, era um oponente inigualável, mas Geomchi, que estava no ápice de sua classe, doutrina e arte no manejo de espada, não era capaz de suprimir a sua fúria acumulada. O movimento da espada foi rápido e intenso.

            *Kuoooooo!*

            O ogro balançou o seu machado com extrema fúria e, embora o vento tivesse tocado o rosto de Geomchi quando o machado passou, o monstro foi incapaz de seguir os movimentos naturais dele.

            “Tak!”

            A espada de Geomchi girou e rasgou o lado do ogro. Mesmo com seu excelente poder de ataque, o ogro não morreria tão facilmente.

            Já que Geomchi não usou quaisquer habilidades, ele tinha um monte de mana sobrando. Ele intencionalmente não mirou em um ponto vital e, posteriormente, cortou fora o corpo inteiro do ogro.

            As palavras de seu pupilo mais brilhante, que tinha vindo a ele há pouco, não deixaram a sua mente.

            “Para não ter um sonho…”

            As memórias da juventude de Geomchi vieram a sua mente.

            ‘Havia apenas a luta para mim’.

            Ele tinha perseguido a força e avançado em direção a luta, o que fazia o seu sangue ferver.

            Houve muitos momentos em que ele teria que colocar a sua vida em jogo e ele tinha, até mesmo, lutado duramente com feridas terríveis em situações mortais. Embora ele tivesse se sentido brevemente satisfeito depois de derrotar um forte oponente, isso apenas o conduziu, mais uma vez, ao processo de procura por homens mais poderosos para desafiar.

            Depois de apenas lutar e treinar como se estivesse possuído por algo, seus dias de juventude tinham acabado. Então, um dia quando ele recuperou a consciência e olhou em volta, ele tinha ascendido à posição de melhor espadachim.

            A glória da admiração e as cicatrizes que ele recebeu toda as vezes que derrotava um forte oponente. Ele era o pioneiro, o Geomchi renascido que ninguém poderia superar com uma espada.

            Embora houvesse muitas pessoas na população em geral que não sabiam quem ele era, os artistas marciais e as pessoas do submundo tinham receio dele e o temiam.

            Apesar disso, uma parte do coração de Geomchi estava vazio. Depois dele ter alcançado o seu objetivo, ele não teve uma parceira ao longo de sua vida e toda a sua família pensava que ele tinha morrido.

            “Eu não tenho uma família”.

            O vazio e desânimo que resultou a partir do objetivo que ele tinha alcançado ao longo de toda a sua vida!

            “Embora eu tenha me tornado o melhor com a espada, não há ninguém ao meu redor”.

            Antes de Geomchi retornar para a sua vida habitual consistente em voltar para a Coréia, encontrar a sua família e aumentar os seus discípulos, ele tinha despendido muito tempo sozinho.

            Não havia nenhuma razão para os seus discípulos seguirem os seus passos. Isso porque o fardo da família estava pesando fortemente sobre os ombros dele e, já que era algo que poderia ser feito em conjunto com a família, amigos, colegas e irmãos, não havia nenhuma razão para se sentir sozinho.

         Weed tinha uma forte vontade e capacidade crítica, bem como possuía a capacidade de agir imediatamente e colocar as suas habilidades em prática. Se houvesse alguma coisa que ele precisasse fazer, ele não hesitava. Embora ele ocasionalmente mostrasse uma tendência para a timidez, ele era um homem.

            Em seu estado atual, ele era como uma criança em busca de seu objetivo e sonho de vida.

            “Eu invejo aquela criança”.

            Os sentimentos honestos de Geomchi compreendiam cem por cento o seu melhor pupilo. Se ele também tivesse uma irmãzinha tão bonita e fofa quanto Lee Hayan, ele nunca teria deixado a sua família.

            ‘E como são os seus amigos…’

            Ele até mesmo tinha damas agradáveis e bonitas como Hwaryeong, Irene e Romuna ao seu lado.

            Geomchi procurou em suas memórias.

            Como seus dias de juventude realmente tinham sido?

            ‘Havia apenas homens aparentemente azarados! Eu tinha que ficar mais forte apenas para pisotear aqueles bastardos arrogantes’.

            Em razão dele apenas ter lutado em sua juventude, que ele invejava as circunstâncias de Weed!

            “Esta vida solteira e repugnante”.

            Geomchi resmungou e endureceu a sua determinação.

            “Eu deixei ele sozinho nas mãos dos outros instrutores por muito tempo. É hora de ensiná-lo agora”.

            Ele mostraria para Weed o que era o verdadeiro treinamento infernal.

            Ele estava decidido a ensinar Weed a verdadeira espada.

***

            Com o festival se aproximando, o número de estudantes ficando até tarde na Universidade da Coréia foi aumentando.

           Cada departamento estava preparando peças e musicais e um palco para executar uma apresentação musical foi instalado. As expectativas de um festival de música, show de mágica e, até mesmo, o encontro esportivo da universidade vizinha se espalhou através de rumores.

            Lee Hyun não poderia entender isso.

            ‘Por que nós temos que fazer algo que pode ser visto na televisão?’

            Com a sua completa falta de sensibilidade, apenas não ter que frequentar o festival da faculdade por alguns dias era gratificante. Para Lee Hyun, o festival da Universidade da Coréia, que correspondia à cultura regional bem adaptada e era procurado por muitas celebridades famosas, era simplesmente um inconveniente.

            No entanto, os veteranos do seu departamento vieram e os ameaçaram:

            “Nós não podemos ser ultrapassados por outros departamentos neste festival. Nós não podemos deixá-los fazer pouco de nós só porque nós somos um departamento novo. Será que todo mundo entendeu?”

            “Sim!”

            Os novos alunos responderam com rostos sorridentes.

            Lee Hyun segurou a sua língua.

            ‘Que mentalidade competitiva inútil. Por que nós não podemos ser menosprezados? Uma vida vivida enquanto passamos desapercebidos é bastante confortável. Parar o antagonismo e preconceito da faculdade? Que absurdo’.

            Ele tinha queixas consideráveis, mas visto que ele não queria se envolver em algo problemático, ele permaneceu em silêncio.

            ‘Mesmo se eu não disser isso, alguém provavelmente irá’.

            Não havia uma regra que dizia que todos tinham de participar do festival, então tudo o que ele tinha que fazer era esperar que ele passasse.

            À medida que o dia do festival chegava cada vez mais perto, o departamento de realidade virtual não tinha feito planos definitivos sobre o que fazer.

            “Que tal nos fantasiarmos como os nossos personagens em Royal Road e fazer um desfile?”

            “Nós devemos fazer um grande dinossauro. Nós poderíamos fazer um holograma de um Tiranossauro e, se nós tivéssemos que andar em torno do festival, poderia ser o destaque do festival”.

            “E quanto ao, incomparavelmente perverso, Velociraptor? Se nós tivermos centenas deles correndo ao redor caçando humanos…”

            Apenas opiniões absurdas e grandiosas surgiam e um plano razoável não se formou.

            Foi quando restava apenas duas semanas até o festival, que os executivos do corpo estudantil realizaram uma reunião com todo o departamento.

            “Nós temos que fazer algo também”.

            Esse era o panorama coletivo dos executivos veteranos, incluindo o presidente. Todavia, não havia nenhuma preparação e nem planos.

            “É cansativo preparar algo para cada festival e já não há mais tempo, de modo que nós não podemos, simplesmente, não fazer nada?”

            Choi Sang Jun cautelosamente apresentou a sua opinião. Em seguida, o veterano retornou falando em um tom imparcial:

            “Os professores estão atualmente se perguntando se eles deveriam ou não fazer outro Membership Training no departamento antes das férias”.

            “…..”

            “Especificamente, é a considerável Silmido, um percurso de 6 noites e 7 dias…”

            “Eu definitivamente quero participar do festival!”

            Os veteranos, anteriormente desinteressados, e os novos alunos ofereceram as suas opiniões.

            “O problema é o que nós poderíamos fazer…? É claro que nós temos que fazer o encontro de esportes em nome do nosso departamento. Uma vez que há um monte de garotas em nosso departamento, seria bom se um muitas delas viessem e participassem. Alguém se opõe a isso?”

            “…..”

            “Eu vejo que não há ninguém. Então vamos apenas ter a participação de todos”.

            As palavras do presidente eram absolutas. Sofrer um pouco no festival era cem vezes melhor do que ir para Silmido.

            “Depois disso, eu acho que nós precisamos urgentemente trazer, pelo menos, o festival de música, porque os professores nunca deixam de vir e assistir”.

            “Para o festival de música, devemos ter cerca de cinco equipes praticando para o fim de fazer uma paródia/cover”.

            Eles estavam rapidamente chegando a um acordo. Apesar de ser um festival que os alunos deveriam apreciar, eles fariam qualquer coisa para impressionar os professores.

            Mesmo para os alunos, apenas assistir era enfadonho, mas já que os festivais da Universidade da Coréia eram famosos e havia um monte de coisas para assistir, eles estavam esperando por ele ansiosamente.

            “E eu acho que nós teremos que abrir um bar também, porque nós temos que ganhar fundos dos eventos a partir dele. Quem quer participar no bar?”

            Se fosse um bar, eles teriam que cozinhar até tarde da noite e havia um monte de tarefas para fazer. Todas as coisas foram consideradas e, embora fosse um trabalho cansativo, Lee Hyun voluntariamente levantou a sua mão.

            “Você é Lee Hyun, certo? Ok, obrigado. Alguém mais?”

          Pelo humor parecia como se todos os calouros e veteranos tivessem de participar em pelo menos uma tarefa. Ele tinha julgado que era melhor trabalhar em um bar relativamente confortável.

            ‘A peça ou qualquer outra atividade seria preparada durante toda a semana, então apenas sofrer durante a época do festival é provavelmente o melhor’.

            Já que o bar era aberto durante o dia, ele podia até mesmo ser capaz de reservar algum tempo. No entanto, excluindo Lee Hyun, não havia alunos que, voluntariamente, levantaram as suas mãos. De muitas maneiras, trabalhar no bar deixava difícil passear e eles consideravam isso como um sofrimento, por isso ninguém queria participar.

            Em seguida, uma aluna levantou a sua mão e quebrou as expectativas de todos. Era uma honra que ela simplesmente viesse para a mesma escola que eles. Embora eles vissem ela na escola todos os dias, ela era tão bonita que eles se perguntavam se era um sonho, realidade ou se estavam no céu.

            Seoyoon estava levantando a mão.

            Até mesmo o presidente ficou tão chocado que ele falou formalmente: (NT = em coreano, discursos formais e informais são muito distintos)

            “Certamente você não planeja participar no bar, ou pretende?”

            Seoyoon assentiu levemente.

            Em seguida, outros estudantes homens levantaram simultaneamente as suas mãos.

            “Presidente, eu também! Eu também gostaria de tentar trabalhar no bar”.

            “Eu levantei a minha mão primeiro. Por favor, deixe-me fazer isso”.

          “Sunbae (NT = Nota barafael: sunbae é um termo usado para se dirigir a colegas mais velhos ou a mentores/veteranos). Não, hyung-nim! (NT = Nota barafael: Hyeong ou Hyung é uma maneira amigável de se dirigir a um homem mais velho) Sou eu, Dong Hun! Você me colocará, certo? Certo?”

            “Sang Hyuk, eu comprarei para você booze (NT = Nota Antonio: uma bebida alcoólica) até nós nos formarmos, então eu apenas pedirei que me dê o trabalho no bar. Eu guardarei você em minha memória como salvador da minha vida!”

            Os olhos dos outros alunos brilharam enquanto eles gritavam que participariam e a lista de funcionários do bar rapidamente foi preenchida.

________________________________________________________________

Tradutor: Antonio Pinheiro

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: Antonio Pinheiro

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://japtem.blogspot.com.br/2013/09/lms-volume-14-chapter-11.html

________________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

20 comentários sobre “LMS – Volume 14, Capítulo 11: A Espera de Da´in

  1. O Weed dedicando a vida dele toda pelo bem da família e de repente percebendo que não possui um sonho, me lembrou do Gats do anime berserk no episodio fogueira de sonhos.

    Curtir

  2. Também sou fã da Dain, muito perfeita pro Weed… Pena q o autor vai arranjar um jeito(acredito eu, tosco) deles não ficarem juntos T^T Pra que fazer personagem tão boas?….
    Valeu pelo cap

    Curtido por 1 pessoa

  3. Melhor capitulo, pena q nao teve nenhuma cena no jogo (Desconsidero qualquer coisa que envolva a Da’in, personagem completamente descartável)

    Curtir

  4. antonio poseeeeeeeeeeeeeer

    “NT = Nota Antonio: 7 da Matina e o dia está para começar…
    quero ver quem vai entender a referência shauhsu)”

    é 9 da matina ahuauhauhau

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s