LMS – Volume 14, Capítulo 9: O bate-papo dos Dark Gamers

Segue mais um capítulo, que ao meu ver é um dos melhores do volume.

Tem de tudo, vida real, repercussões, a volta da diva e algo que ninguém nunca imaginou que Weed faria tão cedo.

Leiam em pdf, pois deu um puta trampo formatar esse texto e fazer as tabelas e a leitura fica bem mais fácil.

Qualquer erro de digitação/português/tradução avisem nos comentários para que eu possa corrigir.

Como sempre recomendo a leitura em .pdf, que está mais organizada.

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 14 – Capítulo 9 – O bate-papo dos Dark Gamers (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 14 – Capítulo 9 – O bate-papo dos Dark Gamers (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v14c09

Volume 14

CAPÍTULO 9 – O bate-papo dos Dark Gamers

            Lee Hyun conectou-se na sala de bate-papo dos Dark Gamers.

            Divulgação de informações, perguntas, vendas e progresso das classes eram os tópicos principais da sala de bate-papo.

            Nas salas de bate-papo normais, havia pessoas que iam lá apenas para gastar seu tempo, mas os Dark Gamers eram diferentes. Informações a respeito das atividades dos reinos, profissões, informações sobre missões e outras informações necessárias eram trocadas em tempo real.

        Estas conversas não eram abertas a qualquer um. As salas estavam disponíveis através dos fóruns, os quais apenas podiam ser acessados se a classificação deles fosse permitida ao interessado, então apenas uma fração pequena dos Dark Gamers eram permitidos a trocar as informações.

            Era uma habilidade fundamental usar o bate-papo para descobrir os segredos de outros jogadores.

Huni: Apresse-se, apresse-se e entre Hyun-nim.
Hyun: Nós nos encontramos novamente.
Huni: Sim, bom te ver.
Wicked Me (NT = ‘Perverso Eu’): Esta é a primeira vez que eu lhe encontro, Hyun-nim.

            Havia cerca de 7 usuários na sala de bate-papo. Além das pessoas que estavam se ocultando sob a superfície, atualmente, apenas Huni e Wicked Me estavam conversando.

Huni: Hyun-nim, você tem vindo aqui apenas por pouco tempo e tarde da noite. O que você tem feito ultimamente?
Hyun: Eu apenas…. eu estive aprendendo as habilidades relacionadas à minha profissão.
Huni: Habilidades de profissão são muito importantes. Normalmente, você acessa a sala de bate-papo e não diz nada, mas você também confere os preços de mercado dos itens, correto?
Hyun: Sim.
Wicked Me: Eu também faço isso frequentemente também.
Huni: Todos os Dark Gamers são provavelmente desta forma. É porque não há trabalho tão ocupado quanto o nosso.

            Era crucial para os Dark Gamers conferirem regularmente os preços de mercado dos itens, as incumbências e os territórios de caça. Por uma questão de ganhar dinheiro, não apenas o esforço, mas a informação em si própria era crucial.

            Apenas os Dark Gamers, que fossem além dos outros jogadores, poderiam puramente desfrutar das suas reuniões.

Huni: Eu tenho sido Dark Gamer por 7 anos. Quanto tempo vocês dois tem sido Dark Gamers?
Wicked Me: Eu tenho sido um por três anos. Bem, dois anos na realidade.
Huni: Então eu suponho que eu seja o veterano de vocês, embora isso não signifique muito. Se for 2 anos, então você começou as atividades como um Dark Gamer desde o lançamento de Royal Road?
Wicked Me: Isso mesmo. Eu comecei no mesmo período em que Royal Road foi lançado. Visto que eu progredi mais rápido do que os outros, eu fui capaz de coletar algum dinheiro a partir do início.
Huni: Eu invejo você. E em relação a você, Hyun-nim?
Hyun: Eu tenho sido um Dark Gamer a sério por cerca de um ano.
Huni: Isso é inacreditável!
Wicked Me: Isso é verdade? Se você pode entrar nessa sala de bate-papo restrita, você provavelmente não está em um nível normal…. e, não é apenas o nível, mas a qualidade das informações compartilhadas e as suas respostas são importantes para definir a sua classificação.
Huni: Um ano é realmente surpreendente. Você pode, por favor, me falar o seu segredo?
Hyun: Eu apenas trabalhei verdadeiramente duro e eu comecei a fazer dinheiro antes de trilhar o caminho como um Dark Gamer. É que eu apenas me registrei um ano atrás.
Wicked Me: Como eu pensei, é por isso. É difícil ser um Dark Gamers em Royal Road.
Small Dragon (NT = Dragão Pequeno) Prazer em conhecer vocês. Eu vejo que vocês estão tenho uma conversa interessante enquanto eu estava à espreita. Eu tenho sido um Dark Gamer por 6 anos.

            Os usuários que estavam à espreita entraram na conversa e a sala de bate-papo logo tornou-se agitada.

           À medida que eles trocavam cumprimentos e as conversas começavam, o velho texto da sala ascendia rapidamente. Apesar disso, o frenesi nem sequer durou 10 minutos antes de se acalmar.

            Os usuários partiram para procurar pelas informações que eles precisavam ou estavam tirando uma folga enquanto mantinham a sala de bate-papo aberta.

            Lee Hyun também foi procurar brevemente por informações diferentes e retornou para encontrar Huni e Wicked Me tendo uma conversa.

Huni: Hyun-nim, você está aí?
Hyun: Sim.
Huni: Na realidade, neste momento há uma missão que eu quero realizar… eu gostaria de consultar vocês dois.
Wicked Me: Qual missão que é?
Huni: Primeiro de tudo, por favor, compreendam quando eu digo que eu não divulgarei os detalhes a respeito do conteúdo da missão.
Wicked Me: É claro.
Hyun: Eu entendo.
Huni: Obrigado por compreenderem. Para ser honesto, eu tenho feito uma missão que é um pouco especial.
Wicked Me: É uma missão perigosa?
Huni: Você poderia dizer isso. Ela também tem um elevado grau de dificuldade…. a missão impede você de reviver novamente (NT = Nota barafael: Ladies and Gentlemen eu lhes apresento Deimond).
Wicked Me: Eu não entendo o que você quer dizer a respeito de não reviver. O que isso significa?
Hyun: O personagem morreria completamente em Royal Road, correto?
Huni: É isso mesmo.

            A morte completa do personagem!

            Era algo que poderia acontecer se você aprendesse uma magia proibida ou se você desse a sua alma por alguma razão à outra pessoa. Era padrão para os Dark Gamers recusarem tais tipos de pedidos. Maldições que são difíceis de curar poderiam, de alguma forma, serem resolvidas depois de um tempo, mas se um personagem desaparecesse, você teria que começar novamente desde o início.

            Depois que sua profissão havia mudado para Legendary Moonlight Sculptor (NT = Nota barafael: Lendário Escultor do Luar), Weed tinha inicialmente ficado muito insatisfeito, mas a razão pela qual ele desistiu de criar outra profissão era porque era muito difícil de recomeçar.

Hyun: Como ocorreu esta missão?
Huni: Eu estava com a guilda que eu gerencio e ela foi uma missão que nós pegamos enquanto guilda.
Wicked Me: Se você está gerenciando uma guilda, você deve ter um personagem absolutamente excepcional.
Huni: Sim. Agora eu me sinto um pouco arrependido. Eu me pergunto se eu comecei algo muito grande por causa de meus amigos e companheiros de guilda, mas as recompensas que podem ser obtidas através da missão são consideráveis.
Wicked Me: Como um Dark Gamer, a recompensa é valiosa a ponto de recomeçar do início?
Huni: Eu terei de ver como a missão progride, mas agora mesmo eu acho que o valor da recompensa está mudando. Mesmo se nós não formos capazes de elucidar a missão, nós a aceitamos porque podíamos esperar por tal recompensa enorme.
Wicked Me: Se fosse comigo, eu teria me preocupado primeiro. Mesmo assim, criar outro personagem será difícil.
Huni: Em meus 7 anos sendo um Dark Gamer, eu penso que esta é a melhor oportunidade e desafio até o momento. Já que há algum dinheiro que eu ganhei, mesmo se eu morrer, eu provavelmente serei capaz de recomeçar.

            Se você ler as entrelinhas, você poderia sentir que o Dark Gamer Huni estava tentando forçar a si mesmo a ter uma atitude positiva em relação à situação dele.

            Para um Dark Gamer, perder o seu personagem era o mesmo que se tornar desempregado!

            Ao ser incapaz de aguardar o seguro-desemprego e as pensões relativas a tal benefício, se você considerasse isso um desastre, você apenas se tornaria ansioso. Se Lee Hyun também estivesse na situação onde o seu personagem, Weed, pudesse ser excluído permanentemente, a sua ansiedade seria tão grande que não poderia ser expressada em palavras.

            ‘Eu ainda não fiz dinheiro suficiente!’

            Talvez, em razão de que todo o trabalho feito por ele teria se tornado um desperdício, ele não pensou que poderia ser capaz de aceitar uma missão como aquela.

            Ele não teria escolha a não ser sofrer a partir de um receio extremamente grave. Na vida real, as contas hospitalares de sua avó e as despesas de subsistências deles estariam ameaçadas por este perigo se aproximando. Embora Huni poderia ter economizado um pouco de dinheiro como reserva financeira, aquilo por si só não garantiria ele, pois isso era algo que poderia possivelmente arruinar a vida de um Dark Gamer.

            Se você morresse enquanto estivesse caçando, o seu nível e proficiência de habilidade decairia e, se tal incidente fosse ocorrer repetidamente, seria um golpe devastador e impossível de compreender para um Dark Gamer.

Wicked Me: Eu espero que você receba um monte de itens. Os itens são o que sobrou.
Huni: É claro. Todos os itens que nós obtivermos na missão estão reunidos separadamente e estão sendo vendidos. Contudo, quando eu imagino o personagem, com o qual eu subi de nível e estou muito ligado, desaparecendo completamente… não é algo que acontecerá de imediato, mas eu realmente sinto uma dor em meu peito quando eu penso sobre isso.
Hyun: Você tem de se preocupar muito.
Huni: Não há nada que eu possa fazer além de seguir em frente.
Hyun: Já que você tem experiência, você será capaz de evoluir novamente e a missão….

            A mão de Lee Hyun, que estava digitando sobre o teclado, subitamente chegou a um impasse.

            Embora fosse apenas uma especulação, mesmo se estes tipos de missões fossem bem-sucedidas, em razão da possibilidade absurda de um personagem ser deletado, não havia ninguém que estaria disposto a aceita-las.

            Porém, o Dark Gamer Huni estava, até mesmo, considerando a morte.

            ‘Parece como se ele tivesse recebido uma missão verdadeiramente difícil’.

            Ele supôs que a missão seria muito mais difícil de ser bem-sucedida do que encontrar uma agulha no palheiro.

Hyun: Eu oro pelo seu sucesso. Essas palavras são tudo o que eu posso oferecer.
Huni: Obrigado. Eu farei o meu melhor. Eu precisava de algum reconforto.
Wicked Me: É realmente emocionante ver vocês dois conversarem.
Huni: Wicked Me-nim, Hyun-nim. Devemos nos tornar amigos? Embora eu não saiba qual a idade vocês ou onde moram, eu não acho que será ruim nos darmos bem como amigos na sala de bate-papo dos Dark Gamers.
Hyun: Eu gostaria disso também.
Huni: Eu me apresentarei primeiro. Eu tenho vinte oito anos de idade.
Hyun: Eu tenho vinte e três anos de idade.
Huni: Então Hyun tem a mesma idade que o meu irmão mais novo.
Hyun: Sim, irmão mais velho. Por favor, fale comigo informalmente.
Huni: Você se importa? Então, Wicked Me-nim, quantos anos você tem?
Wicked Me: Irmãos mais velhos! Eu tenho 15 anos de idade. Eu sou o mais jovem. Meus dois irmãos mais velhos, por favor, tomem conta de seu irmão fofinho.
Huni:
Hyun:
Huni: Hey Wicked Me.
Wicked Me: oi?
Huni: Já são 11 horas. É melhor você ir para a cama.
Wicked Me: Ah! Já é esta hora? Está quase na hora de minha mãe vir para casa… eu acho que fingirei estudar e irei dormir. Adeus.
Hyun:
Huni:

***

            A vida escolar de Lee Hyun estava agitada. Mesmo se ele mal passasse pelos testes, as atribuições continuavam chegando.

            Testes e desafios em relação a Royal Road.

            Por causa disso, Choi Sang Jun (NT = Nota barafael: esse é aquele cara que se acha por estar na Guilda Black Lion) e Park Sunjo (NT = Nota barafael: esse cara foi o único que ficou conversando com Lee na palestra de abertura dos calouros sem ficar se achando, e junto com Lee Hyun era o que tinha o maior nível – vide capítulo 8 do volume 9) estavam reunindo informações a respeito das masmorras e as preparações estavam rapidamente em andamento.

            “Hyung (NT = Nota barafael: Hyeong ou Hyung é uma maneira amigável de se dirigir a um homem mais velho), apenas venha quando você puder e tudo o que você precisa fazer é nos mostrar as suas esculturas”.

            Choi Sang Jun disse generosamente.

            Em qualquer caso, em razão disso ser uma atribuição em equipe, Lee Hyun tinha participado também, mas não se esperava muito a partir de um escultor.

            Hyun mostraria a eles as suas esculturas e, se Choi Sang Jun e seus companheiros de time agissem como se eles estivessem profundamente comovidos, o professor daria as notas para eles. Foi isso o que Choi Sang Jun calculou.

            ‘Se um time que inclui um escultor for capaz de explorar uma masmorra difícil, isso pode ser visto como um sucesso enorme’.

            Choi Sang Jun estava determinado a usar a exploração da masmorra como um caminho para se destacar. Seu irmão, que era um jogador de elevada classificação na Guilda Black Lion (NT = Nota barafael: Leão Negro), emprestou a ele um item e o estava ajudando a elevar o seu nível. Porém, aquele que mais o preocupava era Park Sunjo, o ladrão.

            ‘Ladrões não são tão uteis em masmorras como você pensa. Embora não seja ruim ter 1 ladrão para me ajudar. É isso mesmo, eu deveria estar feliz a respeito disso’.

            Mesmo que um ladrão fosse ajudar, tudo o que eles poderiam fazer era desarmar armadilhas e abrir as portas, de qualquer forma.

            Com o objetivo de explorar a masmorra em mente, o time realizou reuniões no almoço sem Lee Hyun.

            Enquanto estava comendo o seu sanduíche na cafeteria da faculdade, Min Sura (NT = Nota barafael: é a garota que Lee Hyun levou nas costas no acampamento infernal em Silmido) perguntou:

            “Mas vocês rapazes, quem são as outras duas pessoas que farão parte do nosso time? Todo mundo está ansioso e ficando agitado, mas nós temos que decidir e nos prepararmos com antecedência”.

            Atualmente havia 5 pessoas no time C deles! Era o momento de recrutar as duas pessoas exigidas.

            Choi Sang Jun também estava extremamente interessado em relação aos novos membros do time. Para ele se destacar mais, o outro membro do time não podia ser muito proeminente. Contudo, ele queria trazer um membro que poderia ser, pelo menos, útil de alguma forma.

            ‘Seria bom ter um clérigo ou uma xamã… quem ainda não se decidiu sobre participar de um time? Nós temos que arrancar alguém de outro time?’

            Isso aconteceu quando ele estava formando as suas ideias. Jung Eunhee e Hong Seonye, as meninas que tinham estado em seu time no M.T. (NT = Nota barafael: Membership Training), se aproximaram dele.

            “Hey, nós ainda não decidimos sobre o nosso grupo ainda, nós podemos fazer isso juntos?”

            Choi Sang Jun alegrou-se e perguntou:

            “Qual é a classe e o nível de vocês?”

            “Elemental Magician (NT = Nota barafael: Mago Elemental). Nível 266. Minha posição atual é no Reino Dale”.

            “Eu sou uma Ranger (NT = Nota barafael: são guerreiros que possuem ligações com forças da natureza, a quem são devotados e buscam proteger. Acostumados com o ambiente selvagem, sabem de coisas relativas a esse meio, o que geralmente os torna excelentes rastreadores e caçadores, bem como peritos em sobrevivência, no D&D; fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ranger_(classe_de_personagem)). Nível 285. Eu estou no Castelo Nekan caçando com Eunhee”.

            Uma maga associada a elementos e uma ranger.

            Era distante do clérigo e da xamã que Choi Sang Jun queria.

            “Vamos fazer isso juntos!”

            Apesar disso, Choi Sang Jun manteve um sorriso em seu rosto.

            Mulheres sempre eram bem-vindas. Particularmente Ju Eunhee e Hong Seonye, cujos rostos e corpos bonitos captavam os olhares de muitos dos homens do departamento deles.

            ‘Eunhee é realmente muito bonita’.

            Choi Sang Jun não tinha razão para recusar a ídolo Eunhee.

            Jung Eunhee sorriu de forma tão brilhante que suas covinhas surgiram.

            “Realmente? Eu fico muito grata, Choi Sang Jun”.

            “Yeah.”

            Com um olhar triste, Lee Yuu-Chong (NT = Nota barafael: esse é aquele cara inteligente que ficou a cargo de traçar um plano para gastar o dinheiro antes deles irem para o M.T e que acabou sendo surpreendido quando Lee Hyun comprou um monte de coisa barata no mercado a atacado) falou para Choi Sang Jun depois de observá-lo:

            “Se você está no Reino de Dale… nós também estaremos no Reino de Dale agora mesmo. O Castelo Nekan é apenas a um dia de distância”.

            “Yuu-Chong, qual é o seu nível?”

            “Identificador, nível 237. A Sura, que está aqui, é uma Enchanter (NT = Nota barafael: Encantadora). Ela está no nível 144”.

            “É-é isto então?”

            As expressões descontentes de Jung Eunhee e Hong Seonye eram óbvias. Isso se deu porque o nível do identificador era muito baixo e em razão das enchanters não serem muito uteis em masmorras.

            Talvez em razão dela compreender o desconforto delas, Min Sura perguntou:

            “Está realmente tudo bem para vocês estarem no mesmo grupo que nós?”

            “Sim. Bem, estará tudo bem, mas você sabe….”

            Hong Seonye perguntou enquanto corava levemente:

            “Por que o Lee Hyun oppa (NT = Nota barafael: maneira amigável de se dirigir a um homem mais velho, se você for uma mulher) não está aqui? O Lee Hyun-oppa não está no seu grupo?”

            “O oppa não participa das reuniões”.

            “Por que?”

            “Ele disse que estava ocupado e, em razão dele ser um escultor, nós não precisamos dele para a exploração”.

            “…..”

            “Vocês duas. Vocês realmente decidiram entrar em nosso grupo, correto?”

            “Você es… você está certo”.

            De alguma forma, elas haviam chegado a uma situação onde não poderiam recusar e terminaram por entrar no grupo. Contudo, uma vez que elas tomaram conhecimento sobre os níveis e profissões dos outros jogadores, todos poderiam sentir a relutância delas.

            ‘Isso é o pior….’

            ‘Para eu estar em um grupo como este….’

            ‘Eu estraguei tudo’.

            ‘Eu retomarei isso mais tarde’.

***

            Na hora do almoço, Lee Hyun foi ao gramado comer o seu almoço embalado.

            ‘Está aqui hoje também’.

            A marmita vermelha de uma garota.

            Desde cerca de dez dias atrás, havia uma marmita vermelha no lugar onde Lee Hyun comia regularmente. É claro que ele não tocou na marmita.

            ‘É o almoço de alguém’.

            Ele pensou que o dono poderia vir procurar por ela, então ele não abriu a marmita.

            No dia posterior, a marmita estava depositada na mesma posição. Contudo, desta vez havia uma marmita amarela envolta em um lenço branco. Havia, até mesmo, um bilhete deixado em cima dela.

– Por favor, me coma.

            Uma caligrafia sofisticada e bonita.

            Lee Hyun murmurou enquanto estava observando a marmita:

            ‘Eu não sei para quem que ela é, mas eu o invejo’.

            A marmita que podia ser chamada de a ‘flor do amor’!

            ‘Tradicionalmente, não há nada melhor para comer do que isso. Quão feliz o cara poderia ser para ter tal namorada. Ele está, até mesmo, conseguindo comida de graça’. (NT = Nota barafael: kkkk ele está pensando na boca livre e não na namorada).

            Lee Hyun riu solitariamente e comeu o lanche que ele havia trazido consigo.

            Ele pensou que, com certeza, algum cara, que não ele próprio, viria e comeria a comida daquela marmita.

            Ele, que nunca havia tido um encontro anteriormente, nunca teria acreditado que aquela marmita era para ele.

            No dia posterior…

– Lee Hyun, por favor coma este almoço embalado.

            A mensagem, que era um pouco mais extensa e mais detalhada, foi escrita lindamente. (NT = Nota barafael: só desenhando para esse cara se tocar, pelo amor…)

            Talvez, em razão do remetente estar tenso, o texto estava firmemente ajustado no papel, mas Lee Hyun não percebeu isso.

            “Isso era meu almoço!”

            Ele se ajoelhou para abrir a marmita. Ela estava embrulhada até a borda com rolos de sushi!

            “De todas as coisas, são rolos de sushi coreano”.

            Lee Hyun se queixou.

            A comida que ele sempre embalava para a faculdade eram rolos de sushi. Ele os trazia porque eles eram simples e não consumiam muito tempo para fazer, mas isso não significava que ele não queria comer algo diferente.

            “Bem, mesmo se forem rolos de sushi está tudo bem enquanto o gosto deles for bom”.

            Lee Hyun experimentou1 dos rolos de sushi.

            Havia uma harmonia de sabores sugestivos explodindo em sua boca. Um gosto que não podia ser descrito por palavras!

            O rabanete, kani-kama (NT = Nota barafael: na versão americana estava descrito como ‘imitation crab’, ou imitação de caranguejo, que nada mais é do que o kani-kama, que é feito com carne de peixe e que procura imitar o sabor dos caranguejos – https://pt.wikipedia.org/wiki/Kani-kama) e espinafre, que ela tinha usado, já estavam em uma dimensão diferente dos ingredientes normais.

            A luminosidade fraca ao lado dos rolos era de ovas de esturjão (NT = Nota barafael: nada mais é do que caviar a partir do esturjão – https://pt.wikipedia.org/wiki/Esturj%C3%A3o, que é uma família de peixes utilizada especificamente para isso) e carne de perna de lagosta carnuda!

            Lee Hyun era bem informado em relação a culinária, mas ele nunca tinha visto estes ingredientes.

            “As ovas de pollack (NT = Nota barafael: https://en.wikipedia.org/wiki/Pollock – um tipo de peixe do Atlântico Norte) estão frescas e o que no mundo é este kani-kama, com este gosto tão bom?”

            Eles eram os melhores rolos de sushi de luxo!

            Depois de Lee Hyun comer os deliciosos rolos de sushi, ele deixou um bilhete na marmita vazia:

– Desta vez também…

            Ele havia deixado um bilhete enquanto nutria uma leve esperança.

            No dia posterior, quando ele foi para o gramado, havia outra marmita.

– Obrigada por apreciar a comida. Por favor, coma algo hoje também.

            Lee Hyun abriu a tampa da marmita. Eram rolos de sushi coreano hoje também, mas o recheio de hoje era barbatana de tubarão, enguia e salmão. Havia até mesmo salada de frutas fresca como sobremesa.

            “Está delicioso”.

            Daquele dia em diante, Lee Hyun foi para a faculdade sem embalar o seu almoço. Mesmo se ele não empacotasse uma refeição, sempre havia uma esperando por ele.

            Enquanto Lee Hyun comia, Seoyoon observava à distância. (NT = Nota barafael: Seoyoon é muito fofa e o Weed acabou comendo a comida dela, mesmo sem saber kkkkk)

            Toda vez que ele comia alegremente, ela se sentia saciada, mesmo que não tivesse comido nada.

            ‘Amigos…’

            O precioso amigo dela. O único que ela tinha no mundo inteiro.

            Seoyoon estava agradecida por ele apenas estar comendo a refeição.

            Devido a sua falta de habilidade culinária, o primeiro lote de rolos de sushi coreano havia rasgado dos lados e os recheios estavam transbordando. Para embrulhar os deliciosos rolos de sushi, ela aprendeu como fazer com um chefe de cozinha de um hotel cinco estrelas.

            Enquanto Seoyoon observava Lee Hyun comer alegremente, ela corou. Era o sinal de uma deusa ficando envergonhada.

***

            A fim de restaurar as estatísticas em arte que tinham sido consumidas, Weed começou a trabalhar em Kurueso.

            ‘O caminho mais rápido para conseguir minhas estatísticas em arte é através do trabalho manual’.

            Uma escultura bem-sucedida poderia dar a ele um monte de estatísticas em arte.

            Embora fosse um simples método em teoria, a probabilidade do sucesso era baixa.

            Já que havia um limite para que as técnicas de Weed pudessem expressar a imaginação, a criação contínua de esculturas bem-sucedidas era difícil.

            Comparativamente, o artesanato sobre joias aumentava a estatística de arte por 1 ou 2 pontos, então era bom para enche-la novamente. Embora levasse 10 trabalhos para aumentar a estatística uma vez, ele tinha a aptidão perfeita para fazer esses tipos de trabalhos deprimentes.

            “A regra é que a restauração não mente. Não há nada com o qual eu seja mais grato do que restaurar minhas estatísticas”.

            Além disso, os vídeos do Water Park for Children (NT = Nota barafael: Parque Aquático para as Crianças) de Kendellev estavam sendo enviados para os fóruns de Royal Road. Os usuários anões tinham competitivamente hospedado os seus vídeos tão rápido quanto eles puderam.

            Até então, Kurueso existia tão secretamente que, mesmo entre os anões, havia apenas poucas pessoas que sabiam dela. Contudo, depois que as imagens dos anões se divertindo no parque aquático foram publicadas, o manto do segredo foi arrancado.

            À medida que o número de pessoas interessadas crescia, o caminho para Kurueso foi feito e publicado.

            “Nós estamos aqui!”

            “Wow! Este é o Reino dos Anões”.

            Mais humanos e elfos vieram e encontraram a aldeia e o número de usuários em Kurueso aumentou mais de cinco vezes.

            As esculturas dos recém-chegados anões!

            As esculturas que eles tinham adquirido acima da superfície, através de uma ou outra missão, estabeleceram o caminho deles até Weed.

            “Art Hand-nim, eu ouvi que você pode avaliar esculturas”.

            “Sim. Embora eu não faça isso para um objeto qualquer… mas, já que eu tenho algum tempo, eu avaliarei ela para você”.

            “Obrigado!”

            Mesmo em Kurueso, onde os melhores artesãos tinham se reunido, Art Hand era o escultor mais notável.

            A batalha na Caverna Shaspin e a vitória contra o Death Hand!

            Havia anões soldados e guerreiros, que conversavam incessantemente nas tavernas a respeito das missões relacionadas a esculpir que tinham ocorrido em Kurueso e a lenda de Art Hand alcançou os ouvidos dos recém-chegados através da fofoca.

            Weed, que estava se passando por Art Hand, estava reunindo esculturas.

            “Identificar”.

O Pássaro Arrependido:
Um pombo de argila meditando sobre uma perna, que foi feito por um escultor sem nome e obscuro.
Embora isto seja uma escultura feita com uma habilidade extremamente polida e com uma representação superior, o significado pretendido para esta escultura não pode ser discernido.
Valor Artístico: 30

– Você apreciou este trabalho e sua estatística de arte aumentou por 1.

            Ganho de estatística de arte através da identificação!

            Quer as obras fossem desenhos, espadas famosas ou, até mesmo, armaduras lendárias, elas lhe davam um pouco de estatística de arte.

            ‘A estatística de arte parece ser diferente de outras estatísticas’.

            Sempre que ele fazia uma escultura e lhes dava vida, a estatística de arte era consumida. Contudo, quando ele a estava aumentado novamente, havia uma força de restauração que dava a ele a sensação de que a estatística estava um pouco mais fácil de elevar do que as outras.

            Não obstante, o desafio de recuperar a estatística de arte ao exclusivamente identificar esculturas fazia com que a sua estatística subisse duas vezes mais rápido depois que ele ativava a sua habilidade como um Eternal Sculptor (NT = Nota barafael: Escultor Eterno).

            Mesmo apenas ao costurar com bons materiais, a estatística de arte aumentaria. Quando ele fazia qualquer coisa a partir de sua habilidade em ferraria, a arte também subia.

            ‘Ainda assim, não é um método que eu possa usar frequentemente’.

            Como indicado pelo seu nome, a força de restauração realmente recuperava a estatística de arte rapidamente!

            Se ele apenas consumir a estatística de arte e não a recuperar, ele não seria capaz de alcançar um nível mais elevado. A fim de restaurá-la, Weed se encontrou com um monte de anões em Kurueso.

            “Art Hand, você gostaria de uma cerveja? Eu pago”.

            “Você talvez se juntou a uma guilda?”

            Havia guildas que haviam se aproximado dele para recrutá-lo como um escultor e ele as recusava todas as vezes.

            Um dia, Herman, que estava observando tal cenário, disso em um tom cortês:

            “Seria legal se você entrasse em nossa guilda. Uma guilda de classes de produção, eh! Ainda que você não esteja em uma profissão de produção (NT = Nota barafael: tecnicamente falando, ser um escultor não é uma profissão de produção muito embora se utilize uma forma de artesanato, pois ele dificilmente produziria esculturas em massa e mesmo se ele fizesse, já vimos no começo da novel que esculturas em massa não aumentam as estatísticas dele). De qualquer forma, para pessoas como nós, que temos profissões ligadas ao artesanato, é confortável estar em uma guilda”.

            “Eu também sei disso”.

            “Então há uma razão especial para você não estar em uma guilda?”

            Ele foi pego pelo remorso sobre o fato de que ele era um Dark Gamer. Mesmo quando ele estava jogando o Continent of Magic, ele sempre tinha agido sozinho, de modo que ficar cercado por uma guilda era um incômodo para ele.

            Os olhos de Herman brilharam enquanto ele ria.

            “Você parece ter circunstâncias sobre as quais você não pode falar. Porém, apenas por estar em uma guilda não significa que qualquer um irá querer saber a sua história de vida”.

            “…..”

            “Você não tem que dizer nada que você não queira que os outros saibam, apenas aja confortavelmente.

            “Isso pode ser desta forma, mas….”

            “Quando você estiver na minha idade, o maior arrependimento é não ter tentado muitas coisas diferentes em sua juventude. Você não pode se arrepender depois de você ter tentado? Não é saudável se preocupar tanto quando você é jovem”.

            Weed decidiu.

            ‘Se há uma guilda na qual eu possa me mover confortavelmente, então eu suponho que não seria de todo ruim tentar entrar’.

            De muitas maneiras ele pode se tornar o cara estranho, mas ele não encontrou uma razão para evitar o conceito das guildas.

            Mesmo os Geomchis não fizeram uma guilda ou agiram dentro de uma, embora eles estivessem ficando tão famosos no Reino de Rosenheim, que eles poderiam ser forçados a fazê-lo.

            ‘Embora eu não deveria precisar entrar na guilda do mestre’.

            Ele estava em termos estreitos com Geomchi e ele também via os rostos deles todos os dias. Eles também estavam registrados como seus amigos, de modo que Weed frequentemente falava com eles. Não havia necessidade de entrar em uma guilda feita pelos Geomchis.

            Como se estivesse sentindo a indecisão de Weed, Herman falou com franqueza:

            “Você já ouviu, por acaso, a respeito da Guilda Travelers of the Wilderness (NT = Nota barafael: Viajantes do Deserto)?”

            “Eu não ouvi falar sobre ela”.

            “É a guilda em que eu estou. Muitas vezes, nós caçamos sem falar e há também aqueles que apenas continuam se aventurando… é uma guilda feita de pessoas obstinadas”.

            “Quantas pessoas estão na guilda?”

            “Cerca de vinte e cinco? A proporção de atividade é alta. Quanto à idade do grupo… há pessoas velhas como eu e há muitos em seus 20, 30 e 40 anos. Nós não estamos afiliados com qualquer Reino e não há qualquer rito de iniciação, de modo que será fácil entrar. Por que você não entra em nossa guilda?”

            “E se ficar desconfortável para mim?”

            “Então você pode apenas partir”.

            Weed sentiu que a proposta de Herman era aceitável.

            ‘Eles não me incomodariam a respeito disto ou daquilo sobre eu ser um escultor’.

            A maioria das guildas que tentaram recrutar Weed se aproximaram dele sabendo que ele era um escultor. Uma escultura para a guilda deles. Essa era a motivação deles ao convidá-lo para uma guilda. Parecia que nada desse tipo aconteceria na guilda do Herman.

            “Tudo bem. Como eu entro?”

            “Eu posso convidá-lo. É um privilégio dado a todos os membros que fazem parte da guilda por mais de um ano”.

            Ding!

– Herman convidou você para a Guilda Travelers of the Wilderness.

Informações a respeito da Guilda Travelers of the Wilderness
Membros: 25 Líder da Guilda: Vago
Alinhamento Bom Guildas Inimigas: Nenhuma
Reinos Inimigos Nenhum
Apenas depois de uma certa quantidade de tempo a partir do momento em que se tornou um membro é que você poderá ver informações mais detalhadas sobre a guilda.

Você quer aceitar esse convite?

            As guildas que estão em guerra ou são inimigas de outras guildas faziam os jogadores ficarem relutantes a se juntar, mas se a guilda é neutra, não há nada a perder.

            “Eu entrarei”.

            Ding!

Você entrou na Guilda Travelers of the Wilderness.

            Só então, a nova guilda surgiu na janela de mensagens de Weed.

Sabrina: Bem-vindo à guilda, novo membro!
Pin: Bem-vindo.
Edwin: é um prazer conhece-lo.

            A guilda que estava saudando seu novo membro!

            Olhando para a lista de membros da guilda, havia 24 pessoas conectadas das 26 totais, incluindo Weed.

            Contudo, você poderia dizer que as atividades estavam em um nível extremo, já que havia apenas 3 pessoas saudando ele.

Weed: Olá, eu sou Weed. Para todos os membros da guilda, prazer em conhece-los.
Herman: Parece que as outras pessoas estão ocupadas caçando ou fazendo missões. Em nossa guilda, há um monte de pessoas que desligam completamente o bate-papo da guilda. Então, se houver algo que você precise, você precisará registrá-los pessoalmente como amigos e falar com eles desta forma.
Weed: Entendo.
Pin: Mas vovô Herman, você não disse que Art Hand-nim estava entrando também?
Herman: O que você está dizendo? A pessoa que entrou agora mesmo é o Art Hand.
Pin: De jeito nenhum. A pessoa que entrou é Weed. Por favor, verifique isso, avô.
Herman: Não há como eu estar errado. Eu convidei Art Hand quando eu estava pessoalmente levantando minha mão em direção a ele…. Huh? Como isso aconteceu? Como Pin disse, a pessoa que entrou é realmente Weed.

            Tão logo Weed entrou, ele imediatamente configurou o seu nível e profissão para o modo oculto.

            Ele ainda não queria ser tão amigável com esta guilda. Ele estava relutante em expor a si mesmo para a guilda, cujos membros ele não conhecia.

            Contudo, o seu nome foi visto como de fato ele era.

Weed: Eu sou aquele Art Hand.
Herman: Você realmente é aquele anão escultor, o Art Hand?
Weed: Sim, mas eu não sou um anão.
Herman: Você não é um anão?
Weed: Devido a circunstâncias, a partir de agora eu estou pretendendo ser um anão.
Pin: Art Hand, é bom ver você, mas o que você quer dizer? Você não é um anão? Você é um anão perfeitamente baixo…. Ack! Eu realmente sinto muito por dizer que os anões são baixos. De qualquer forma, você não é da mesma raça que o avô Herman?
Weed: Eu não sou.
Pin: Então qual é a sua raça original?
Weed: Humano.

            Herman, que estava sem expressão e de pé próximo a Weed, subitamente percebeu algo.

            As inacreditáveis esculturas que Weed fez e a visão dele fazendo missões relacionadas a profissão de escultor, bem como o momento em que ele fez as Wings of Light (NT = Nota barafael: Asas de Luz).

            Havia um pensamento reluzindo através da mente de Herman.

Herman: Um humano, bem como um escultor com nome Weed…. De jeito nenhum, o Lorde de Morata?
Weed: Esse sou eu.

__________________________________________________________________

Tradutor: barafael

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://japtem.blogspot.com.br/2013/08/lms-volume-14-chapter-9.html

__________________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

22 comentários sobre “LMS – Volume 14, Capítulo 9: O bate-papo dos Dark Gamers

  1. kkkkk realmente um dos melhores! A Seoyoor n conquistando o Weed pelo estomago, eitaaah que as coisas vao ferver kkkkkk

    Eu quero ver essa missao dada pela faculdade do Weed, e tomará que ele faça fodisse pois os coleguinhas prego em …. aiai

    Curtir

  2. O Herman deve estar chocado que um lorde aceitou entrar em uma guilda neutra ao em vez de criar a própria, certo?
    Obrigado pelo cap >w<

    Curtir

  3. Obrigado pelo Capítulo.

    Mds, Seoyoon Fofa, e esperta conquistando o Weed pelo Estômago, bem no Ponto Fraco… Mas é engraçado, no RR ela é péssima na Cozinha, aí chega na Vida Real e ela Mita agrandando até o Weed, mulheres, eu não as entendo… E Weed entrando em uma Guild foi demais, imagina você convida um Escultor e de Brinde ganha um Lorde, que é um dos mais fortes e conhecidos Players? Geral pira…

    Curtir

  4. Obrigado mesmo pelo capitulo.
    Kra to louco pra ver esses caras da faculdade calarem a boca quando o weed mostrar que é que manda, conquistando a dungeon como se fosse um passeio no parque.

    Curtir

  5. Gostei do chat dos Dark Gamers, pensei que não iria ter esse tipo de interaçao entre eles (q burro, da zero pra mim)
    Seoyoon fofa, diva, casa comigo!!! Mas confessem galera, duvido q vcs nao iam ter a msm atitude do Weed com as marmita. Iam agir iguaizinhos ao God of Names kkk
    E sobre a guild, eu sempre pensei que ele iria criar uma, e convidar os Geomchi’s e a combada toda, mas pelo andar da história ele vai virar lider da guild e chamar todo mundo kkkkk

    S2 Seoyoon

    Curtir

  6. Valeuuuu!!

    Realmente, como falaram ali em cima, sempre que acabo um capitulo como esse, tenho vontade de ir ler em inglês, mesmo com meu inglês não sendo muito bom xD

    Mas o jeito é esperar pela tradução excelente de vocês! E que venha quarta-feira!

    Curtir

  7. meu, esse episódio foi bom dmaiiiissss!
    o weed vai mostrar quem é que manda na dungeon! hahahah
    agora a fofa-fofonaa rainha Seoyoon foi de mais!! fiquei besta lendo aqui ><<<<
    esse final foi muuuito bom! queria saber ler em inglês!
    o Lord de Morata membro da guild! muahahah

    Curtir

  8. Hahahaha eu imaginei que isso fosse acontecer, só não entendi como WeeD_Nin que sempre pensa um passo a frente não se tocou nisso. Esse autor… Esse autor… Se bem que gostei desse desenrolar. hahah
    A reação do Herman foi a melhor: -WHATTTTTT, Lorde de MORATA é você meu parça? (Ò>Ô)
    Legal que isso abri um novo leque de interações para WeeD na história. Se bem que se o autor não cuidar tem muita coisa que vai ser deixada para traz. Quero saber quando ele vai encontrar aquela xamãzinha again!!!

    Enfim Seyoonnn sempre inocente. Espero que contem logo a verdadeira história dela e que weed pare de pensar que ela é um monstro ladrão de galinhas! hahahah

    Quanto a guilda do Desmond. Senti que neguinho está com o cu na mão! hahah
    Quase deu pena. Mais quando penso nisso, se um MMO dos dias de hoje fizesse uma quest como essa, aonde alguns players se transformassem nos vilões que assolam o continente e por acaso euzinho aqui fosse esse vilão ia aproveitar ao máximo e botar a casa a baixo o máximo que eu puder até eu me tornar o imperador ou a morte vir buscar meu char!
    Vide OVERLORD! hahahahh

    Muito boa a tradução! Obrigado novamentes.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s