LMS – Volume 12, Capítulo 8: Prisioneiro de Guerra

Opa, segue mais um capítulo traduzido pelo Antonio e revisado por mim com algumas modificações e alterações.

Próximo capítulo já está traduzido, mas é um dos maiores capítulos até agora da novel e a versão em inglês e, segundo o próprio Antonio, está demandando uma revisão mais apurada, pois tem vários trechos da versão americana que não fazem sentido, então terei que quebrar a cabeça para resolver. Não darei previsão em razão disso.

Qualquer erro de digitação/português/tradução avisem nos comentários para que eu possa corrigir.

Como sempre recomendo a leitura em .pdf, que é mais organizada.

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 12 – Capítulo 8 – Prisioneiro de Guerra (nota integrada)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 12 – Capítulo 8 – Prisioneiro de Guerra (nota rodapé)

Segue o capítulo abaixo:

——————————————–

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

capa v12c08

Volume 12

CAPÍTULO 8 – Prisioneiro de Guerra

                Reino de Haven (NT = Haven é Ancoradouro/Refúgio).

                A potência do continente, ampla em territórios férteis junto com montanhas ricas em minerais.

            Por estas razões, muitos usuários escolhiam este reino quando eles começavam a jogar Royal Road.

            Um monte de montanhas, o que significa um monte de masmorras, covis/cavernas e campos de caça perigosos, motivo pelo qual o reino era preenchido principalmente com classes de aventureiros ou de bardos.

            Os postos comerciais aqui são grandes também. Eles têm fácil acesso a todos os outros reinos e, com a quantidade de classes do tipo aventureiros, não havia fim para os despojos.

            Mercadores escolhiam o Reino de Haven também.

            Guerreiros, Sacerdotes e todos aqueles que queriam caçar também escolhiam esse Reino.

            Graças a isto, o reino se desenvolveu comercialmente junto com uma força militar explosiva.

            Uma pessoa não relacionada com o reino provavelmente o veria como uma cidade cheia.

            Quer fosse Illuin, Khiden ou os castelos de Balkiseu, assim que amanhecesse as ruas estariam movimentadas com multidões. Porém, com muitas pessoas, Mulline, tinha uma quantidade infinita de disputas.

            Quer eles estivessem nas masmorras, covis, montanhas ou nas planícies, quantidades infinitas de batalhas ocorriam entre as guildas.

            “O primeiro a atacar não vai ser comido”.

            “Guerra! Nós devemos ficar juntos para a guerra!”

            Estava repleto com conselhos e reuniões táticas.

            Alianças de guildas e uniões muitas vezes se encontravam com dissoluções repetidas e traições.

            No Reino de Haven, existem milhares de guildas prontas para irem à guerra.

            Junto com mercenários obtidos a partir de outros países, guerras cada vez maiores foram travadas.

            A potência Bard-Ray liderando a Guilda Hermes ocupou os castelos Noreunjawi com a intenção de reinar sobre todo o reino.

            Blood Knights (NT = Cavaleiros Sanguinários), mercenários solitários e unidades de Magos Vermelhos uniram suas bandeiras onde as oposições da Guilda Hermes haviam caído.

***

            Reino de Kallamore.

            Outrora foi o reino que tinha um vasto território, mas o palácio real estava enfraquecido devido aos membros da corte imperial estarem lutando pelo poder da nação. Em sua abertura, a capital foi queimada enquanto eles sofreram uma queda a partir da agressão de países vizinhos.

            No entanto, eles tentaram ressuscitar o império mais uma vez levantando a sua bandeira.

            Eles posicionaram o cavaleiro mais forte da família real, que era venerado e reverenciado por outros países como o poder militar tradicional mais forte do Continente Central e, já que era um reino voltado para nobres e seus habitantes, os viajantes consideraram isso uma inconveniência, motivo pelo qual muitos usuários não optaram por iniciar a partir do Reino de Kallamore.

            Semelhante a outros países, eles têm uma enorme população com mineração, tecnologia e comércios desenvolvidos, mas ao contrário dos outros, a guerra entre Guildas não ocorre com frequência.

            Isso se deve ao fato de que eles eram cercados pelas Montanhas Senbain. Então, todas as semanas, uma enorme onda de monstros caía e se espalhava ao longo do Reino.

            Pilhagem e destruição.

            Se a linha de frente caísse, a aldeia e seus habitantes estariam fadados ao desaparecimento completo.

            Devido a isso, a base de usuários não gostava do Reino de Kallamore.

– É muito difícil e você pode perder tudo em um instante no reino.

– Eu não recomendo. A menos que você seja do tipo que quer morrer.

– Não vá, a proteção em Senbain não é boa.

            Os viajantes evitavam ficar em qualquer lugar perto do alcance do Reino de Kallamore devido ao surto de monstros.

            No reino, embora de forma relutante e graças à subjugação dos monstros, a sua força militar cresceu de forma constante. Era um lugar para aventureiros corajosos.

            No entanto, há uma grande variedade de pessoas no mundo.

            Alguns aceitaram a missão encomendada dos Cavaleiros de Senbain para encontrar a razão para a fonte da infestação de monstros no Reino de Kallamore.

            Aqueles que eram loucos o suficiente e queriam uma nova experiência sem medo de perder suas vidas o fizeram para seu divertimento e assim, juntamente com as tropas do reino, eles lutaram contra o aguaceiro de monstros da montanha e ganharam fama!

Como defensor de Senbain, você ganhou 3 pontos de honra.

            Os Pontos de honra, que eram exclusivos para cavaleiros, poderiam ser obtidos.

            Se você tiver Pontos de Honra suficientes, seus subordinados sempre serão leais e em todos os lugares que você ir, você sempre será considerado como nobre até certo ponto.

            Às vezes, presentes podem ser recebidos de nobres ou daqueles das cortes imperiais e a popularidade com as damas irá aumentar.

            Pontos de Honra eram essenciais para aqueles que queriam se juntar a Ordem dos Cavaleiros ou para aqueles que queriam se tornar oficiais de categoria superior.

            Aqueles que cumpriam esta missão espalhavam a notícia deste fato amplamente.

            Francamente, havia o desejo de manter esta informação para si próprio, mas com medo dos combates violentos em Senbain, eles precisavam de muito mais pessoas.

            “Nós podemos pegar os valiosos Pontos de Honra?”

“O difícil de se obter os Pontos de Honra é que eles apenas podem ser ganhos através de vitórias em duelos ou realizações especiais…”

            Os combatentes correram para Senbain e todos lutaram lá.

            Muitos morreram ao interceptar as hordas de monstros, mas o prazer de bloqueá-los com sucesso era algo inacreditável.

            Os voluntários também foram despachados em torno dos castelos de Senbain.

            Com o aumento da Fama e Honra, alguns poderiam ser designados para liderar tropas dos novos voluntários.

            Embora a contribuição extra para o reino fosse subir, era possível obter mais experiência de combate todas as vezes.

            Os pedidos foram terrivelmente perigosos e, embora houvesse um monte de falhas, todos se viram imersos na defesa.

            Infantarias, Guerreiros, Arqueiros, Cavaleiros e assim por diante. Dezenas de milhares se tornaram membros da tropa do reino e se reuniram para lutar batalhas ferozes contra os monstros.

            Tudo para a alegria emocionante de estar na guerra do Reino de Kallamore.

“Guerra? E sobre as guildas, como eles lutam por territórios?”

“Basta subir as montanhas Senbain, você pode encontrar uma grande variedade de aldeias de monstros para ocupar…”

            Mesmo assim, quando a caçada começou aqui e ali, o número constante das hordas de monstros não diminuiu.

            Masmorras e covis não estavam por perto, mas em toda a vasta cadeia montanhosa, monstros continuavam a descer.

            Mesmo em exaustão, não havia outra escolha a não ser lutar até a morte.

            Era a maior honra no Reino de Kallamore defender Senbain!

            Tendo desempenhado seu papel na preservação da paz de um reino e ganhando prêmios ativamente, a influência de muitas guildas foi propagada, mas, inversamente, nas montanhas de Senbain, inúmeras guildas se uniram sob uma única bandeira.

            Ao invés de instigar a guerra, eles eram soldados disciplinados.

            Particularmente no Reino de Kallamore, Cavaleiros estavam envolvidos em atividades notáveis.

            Eles reverenciavam a crença tradicional mantida pela nobreza original e, como Cavaleiros da Nação, eles deram o seu apoio generoso.

            Nas vizinhanças de Senbain, havia uma variedade de terrenos.

            O vale entre as montanhas era uma enorme planície. Esta planície representava uma importante linha final de defesa.

            Aqui, monstros tinham que ser parados ou então a zona do celeiro e as vilas teriam que pagar o preço.

            Os cavaleiros montando seus cavalos moveram-se destemidamente!

            Todos eles haviam sido abençoados pelos Clérigos e estavam vestindo armaduras enquanto abatiam as ondas de monstros.

            A investida de mais de 3.000 cavaleiros do país!

            Através do nevoeiro, os cavaleiros se apressaram em direção ao enxame de monstros com seus cavalos.

            Para as pessoas que estavam participando, não havia nenhum outro momento mais emocionante do que esse.

“Eu não posso descrevê-lo. É simplesmente incrível. A sensação de romper através da linha de monstros montado em um cavalo, é realmente, realmente emocionante”.

“Eu não tenho medo, mas minhas mãos estão tremendo”.

“Como um Cavaleiro, se você nunca lutou até a morte contra essas ondas de monstros, então é simplesmente muito triste.”(NT = Nota Antonio: deve ser mesmo mó triste T_T kkk)

            Os bares do Reino de Kallamore sempre estavam cheios com cavaleiros.

            Era um lugar para se vangloriar a respeito de ter lutado sem arrependimentos e para aliviar as suas tensões, ou onde eles poderiam obter uma bebida antes de disparar para a próxima batalha de defesa.

            Os bares tinham se tornado os pontos mais famosos para aqueles que defendiam Senbain contarem suas experiências.

            Por outro lado, aqueles de outros reinos não conseguiam entender aqueles do Reino de Kallamore.

            Os viajantes perguntavam:

            “Mas, ainda assim, você não está com medo de ser morto?”

            “Se eu morrer, as penalidades são bastantes robustas, não são? As armaduras e armas dos cavaleiros são tão caras … e eu poderia até mesmo perder meu cavalo também”

            “Seu nível e proficiência de habilidade iria cair também”.

            “Você está certo, mas a honra é mais importante. Se eu conseguir mais eu posso obter uma melhor montaria e até mesmo tropas serão atribuídas a mim”.

            Na frente dos combatentes, eles podiam apenas ver morte e uma chuva de sangue.

            Os cascos batendo sobre a terra, o espesso nevoeiro e o sangue espalhado.

            Junto com a ruptura das linhas inimigas, o bloqueio e até o colapso sobre o dorso dos cavalos, tudo vinha junto com a emoção da perfuração através dos corpos dos monstros.

            Os combatentes do Reino de Kallamore viajavam ao redor enquanto carregavam a sua evolução e, certamente, virá o tempo em que eles vão mostrar a habilidade que eles obtiveram durante o seu tempo em Senbain.

            A bravura daqueles que sobrevivem no Reino de Kallamore!

***

            Corte real do Reino de Kallamore.

            Perante o rei e a corte imperial oficial, o Cavaleiro Koldeurim apareceu depois de 30 longos anos de ausência.

            “Você, como…?”

            Sufocando em suas próprias palavras, os olhos do Rei umedeceram.

            A partir de Kallamore, Haven, Toreupan, Masen, Thor, Aidel (NT = Nota barafael: recomendo dar uma olhada no mapa mundi https://lmsnovelbr.files.wordpress.com/2015/08/versailles-july2014.png?w=782&h=571 para se localizarem nesse capítulo), a cena se desenrolou para que todos os usuários pudessem ver.

            No meio de todas as suas atividades, seus olhares foram subitamente preenchidos com as cenas que se desenrolavam na corte real de Kallamore (NT = nota barafael: literalmente apareceu um vídeo para todos verem).

            “O que?”

            “O que está acontecendo?”

            “Que tipo de evento é esse?”

            Os usuários de todos os lugares se perguntaram sobre o evento que estava ocorrendo na corte real de Kallamore.

            “Eu realmente sinto muito, meu Rei. Eu retornei.”

            “O que aconteceu? Como você retornou depois de 30 anos?”

            “Eu caí nas mãos traiçoeiras do Reino de Haven … se não fosse por alguns grandes aventureiros, eu nunca teria sido capaz de retornar para lutar pelo meu Rei e meu País.”

            “Então, a culpa recai sobre o Reino de Haven também. É este o dia que eu estive esperando? Volte como meu oficial novamente. Conosco, o Reino de Kallamore uma vez mais será capaz de espalhar suas asas.”

            Vincent Kallamore III.

            O rei atual, tão logo ascendeu ao trono, ao lado de Koldeurim, foram verdadeiramente ferozes juntos.

            Juntos, eles conduziram o Reino de Kallamore contra o seu nêmeses, o Reino de Haven, e estavam em uma série de vitórias!

            Eles ampliaram suas fronteiras e tornaram-se dignitários em todo o continente.

            Sendo considerados os heróis da nação e a salvação do caos, na época, eles eram os favoritos a serem capazes de obter todo o continente ao seu alcance.

            O melhor cavaleiro retornou e levantou o espírito do reino uma vez mais! (NT = Nota Antonio: Leônidas voltando para Esparta .-.)

            Porém, devido a razões que ele desconhecia, após o seu desaparecimento e devido à forte resistência do Reino de Haven, a guerra tinha acabado.

            Kallamore III proclamou:

            “Eu comecei a guerra na minha juventude e, ainda assim, não vi o seu fim. Agora que você retornou, o reino estará em seu auge e, embora não tenhamos castelo para falar sobre, o orgulho de nossos soldados nunca poderá ser parado, Koldeurim.”

            “Sim, sua majestade!”

            “Eu devo deixar com você nossas tropas, deixe os nossos inimigos do Reino de Haven perceberem a grandeza que todos nós compartilhamos.”

            “Vamos marchar com nossas trombetas sem descansos e destruiremos tudo até que nada sobre aos covardes.”

            Ttiring!

Com este ato, o Reino de Kallamore está em um surto de guerra.

O Ministro da Guerra Koldeurim leva 90.000 homens do exército do Reino de Kallamore!

8.500 Cavaleiros.

60.000 homens da Infantaria.

16.000 Arqueiros.

3.500 Clérigos.

2.000 Monges.

Não só as tropas do Reino de Kallamore são muito poderosas, eles também são cruéis e não perdoam grupos.

Mesmo que eles não tenham ido para a guerra nos últimos 30 anos, eles já atingiram o auge de seu poder de combate devido extensa experiência de combate contra os monstros.

Além disso, se o Reino de Kallamore permitir, todos os tipos de mercenários podem participar na guerra ao seu lado.

O objetivo é a ocupação do Reino de Haven. (NT = Prevejo treta entre Weed-nim e o Bard Ray nessa guerra. Nota barafael: certeza, eu ainda aposto que Bard Ray é um dos caras que levou uma surra do Weed no Continent of Magic)

A partir deste momento, todas as conquistas, armas, armaduras e os preços de todas as mercadorias de necessidade básica serão congelados no local atual e em todas as cidades pertencentes ao Reino de Kallamore e ao Reino de Haven.

O usuário que participar na guerra irá adquirir um aumento de 20% nos ganhos de pontos de experiência.

            Os usuários ficaram surpresos.

            “Welp, é guerra.”

            “Finalmente a guerra estourou.”

            Eles sabiam desde começo que o Reino de Kallamore e o Reino da Haven se odiavam, mas, ainda assim, uma guerra em grande escala entre os dois era algo que eles não podiam compreender.

***

            Weed também viu o flash da tela do desenrolar dos acontecimentos na corte real de Kallamore. O grupo também era capaz de participar da missão.

            Weed, em um tempo muito curto, pensou a respeito das consequências da guerra em, aproximadamente, 0,01 segundo. (NT = Nota Antonio: mas rápido que o gato a jato)

            “Bem, eu não me importo, visto que não serei atingido por isso. Não é o meu trabalho.”

            Esta atitude legal!

            Geomchi tratou isso como natural e concordou:

            “Se nos juntarmos nesta batalha, em seguida, o equilíbrio será derrubado. Vivo ou morto, eu não preciso me preocupar a respeito de tais detalhes em relação a eles”.

            Geomchi3 inseriu:

            “Contra aquelas crianças, dê-me três dias e vai ser o suficiente para derrotar todos eles.”

            Geomchi4 também recordou seu passado:

            “Eu passei meus dias dando muita pancada, mas estranhamente eu ainda dormia bem.”

            Quer fosse aqueles do Reino Kallamore ou do Reino de Haven, eles tinham muito pouco interesse em saber se os usuários morreriam ou não.

            Pale e os outros, ligeiramente sentiam um pouco de remorso.

            A sua testa tinha franzido profundamente e não tinha endireitado.

            “A guerra…”

            Irene estava bem ansiosa.

            “Você acha que os usuários dos dois reinos ficarão bem?”

            Pale não pôde responder por um tempo.

            A guerra era uma oportunidade.

            Era um momento de ouro para as duas forças entre os reinos tentar e virar a escala de dominação!

            Havia aqueles sem nada para fazer enquanto esperavam por este dia e outros que, inevitavelmente, serão prejudicados como vítimas da guerra.

            O Reino de Kallamore e o Reino de Haven.

            Se ambos os lados perdessem seus territórios ou se encarrassem a destruição, seria uma perda incrível, visto que a guerra era principal alicerce deles.

            Além disso, os esforços que eles colocaram em aumentar a familiaridade com os nobres ou cavaleiros naquela área seria essencialmente discutível quando aqueles personagens morressem.

            No pior cenário, eles seriam exilados.

            Para usuários como Pale ou Irene, que estavam sediados em Rosenheim, participar da guerra significaria ter de viajar uma longa distância sem a necessidade de fazê-lo. Porém, para um monte de outros usuários, eles não poderiam simplesmente abandonar seu país, pois o lugar era a sua terra natal, onde eles começaram a jogar.

            Eles se davam bem com os habitantes da cidade e sabiam informações sobre as vizinhanças que os cercavam.

            Tendo observado o crescimento da cidade ao seu estado atual, bem como o monte de contribuição fornecida para ganhar familiaridade, a maioria dos usuários estaria relutante a ir para qualquer outro lugar e prefeririam ficar parados naquela localidade.

            Mesmo os usuários cujos níveis eram além de 300, tendo recebido missões de nobres para sair em uma expedição, eles não podiam simplesmente abandonar o seu país como se não fosse nada.

            No entanto, Pale não sabia se deveria optar por estar no Reino de Kallamore ou no Reino de Haven, devido a não saber toda a verdade sobre a complexa teia dos países.

            Pale saiu com a resposta mais confortável e razoável:

            “Contanto que nós não sejamos pegos, então estará tudo bem.”

            “Um comentário realmente bom.”

            Zephyr exibiu a sua concordância.

            “Se eles não descobrirem então está bom.”

            “Sim, vamos dizer que isso não é da nossa conta.”

            A opinião de Pale foi bem acolhida por todos.

            Em direção a todo o grupo, a maldade de Weed estava afetando-os lentamente. (NT = Nota Antonio: o cara é o deus da guerra).

            Maylon também, a fim de evitar ter problemas para os outros, disse:

            “Vou editar e apagar essa parte.”

            Se eles pudessem manter o fato de que eles libertaram Koldeurim de seu confinamento, então não havia nada para se preocupar. (NT = Nota barafael: para quem está boiando, favor reler o capítulo 7 do volume 11, a missão “Pedido de um vampiro desconhecido” dava informações adicionais de que ocorreria a libertação do cavaleiro do Reino Kallamore, ou seja, quando Weed e seu grupo derrotou os Pegasus e Unicórnios, eles libertaram o cavaleiro – prisioneiro de guerra – e ganharam 23.000 pontos de relações públicas com o Reino Kallamore, ou seja, o “aventureiro salvador” que o cavaleiro cita no começo desse capítulo, nada mais é do que o próprio Weed. Se eles entrarem na guerra eles ficarão do lado de Kallamore)

            Se ela excluir esta seção antes de entregar os vídeos para a emissora, então nenhum deles será afetado.

            Voltando sua atenção para longe da guerra em grande escala entre os dois reinos, os quais serão, definitivamente, crivados de atos de brutalidade, o interesse do grupo uma vez mais retornou para o tesouro do Vampiro.

            Ao terem concluído com êxito a missão, Weed obteve uma chave enferrujada perto de perder a sua durabilidade, mas isso não era algo que podia impedir Weed.

Chave para o tesouro.

Durabilidade: 2/20

Após ser usada várias vezes ficou enferrujada.

A chave está próxima de se tornar obsoleta.

Com corrosão severa, provavelmente será capaz de ser usada três vezes.

            ‘Che, apenas um ou dois usos após a missão. Bem, tanto faz, é algo facilmente realizável’.

            A localização do tesouro era uma necessidade.

            O vampiro não deu a localização do tesouro, então eles terão de explorar com a chave enferrujada.

            No entanto, Weed já tinha pesquisado por toda Todeum e tinha confirmado a localização do referido tesouro.

            “Ele está na torre acima, a qual está localizada diretamente abaixo da lua no centro de Todeum”.

            Para Weed, toda vez que ele queria desistir da missão, ele olharia em direção à torre e iria começar a babar.

            Mesmo através da iluminação, do trovão e do cataclismo do dia anterior, ele faria o mesmo.

            Tudo o que ele podia ver era o apelo espalhafatoso do ouro no interior da referida torre.

            Maylon expressou suas dúvidas:

            “Mas essa torre não tem qualquer caminho ascendente com uma porta fechada que conduz a ela?”

            “A janela é a resposta para isso.”

            “Huh?”

            “É uma característica dos Vampiros. Tudo o que realmente precisamos é de uma janela. Uma vez que eles entram pela janela, então eles podem ativar as escadas para subir do outro lado dentro dela. A sua localização será revelada exatamente onde a lua irá atingi-la. “

            Todo o grupo prestou atenção em Weed.

            Weed, sem qualquer dificuldade, atravessou a janela da tesouraria dos Vampiros.

            E então, junto com ele veio um vampiro que confirmou que esse era de fato a localização do tesouro.

            O vampiro sem nome falou:

            “Uma pessoa só pode ter um objeto, uma arma ou uma peça de armadura. Mais do que isso, vai incorrer na ira de nós Vampiros”.

Apenas um item é permitido.

Já que os vampiros não permitem mais além disso, eles serão pressionados a atacar.

Quando os Vampiros perdem suas vidas, os itens na tesouraria serão destituídos.

            Na tesouraria, eles podiam ver itens daqueles que têm seus espíritos libertos tal como Koldeurim.

            Mesmo com o corpo de Koldeurim libertado, sem sua alma, ele permanecia incompleto.

            Havia dezenas de miçangas em exposição (NT = Nota barafael: mais uma vez referência a miçangas/pérolas como aquelas da Serbian Witch, que a expedição ao Norte procurava. Será que ela foi transformada nisso por vampiros?), a alma de Koldeurim estava retratada em uma das esferas transparentes.

                “OOO, finalmente, sinais de seres humanos …”

            A voz fantasmagórica de Koldeurim.

            Apesar de ter sido um grito fantasmagórico, ele estava repleto de emoções tais como alegria e êxtase.

            “Humano, tire-me daqui. Eu sou Koldeurim do Reino de Kallamore. Finalmente eu serei capaz de dedicar minha fidelidade ao rei novamente”.

            Porém, infelizmente, este era um tesouro dos Vampiros, eles não eram obrigados a fazer qualquer coisa para um ser humano.

            Além do dinheiro, Weed não conhece mais nada. O grupo também, aparentemente, se assemelha a ele, enquanto os Geomchis não se importam com ninguém além de si mesmos!

            Weed disse irritantemente:

            “Quem é você?”

            “Você não sabe a meu respeito? Eu sou o Cavaleiro do Reino Kallamore, Koldeurim” (NT = Nota barafael: o corpo retornou e a alma ficou, mas quem está controlando o corpo então?).

            “É isso mesmo? Você ficou preso. “

            “……”

            Koldeurim falou com muito mais cuidado agora:

            “Se eu puder me libertar das amarras desta miçanga, então a minha alma será liberta. Devido a malandragem do Vampiro minha alma foi capturada e, mesmo agora, meu corpo está em algum lugar esperando pelo dia em que minha alma poderá retornar”.

            “Como você sabe que ele não está apodrecendo agora?”

            “……”

            A sentença de Weed estava a poucas palavras distante de fazer Koldeurim estourar em frustração!

            A esperança que ele sentiu que veio junto com os seres humanos despencou explicitamente para baixo todo o caminho até atingir o inferno.

            Dentro da miçanga que estava preenchida com a alma de Koldeurim, o brilho estava ficando cada vez mais escuro.

            A alma ferida de um cavaleiro!

            Maylon suavemente sussurrou no ouvido de Weed:

            “Weed-nim, neste caso, a sua ressurreição seria muito boa, uma vez que ela já foi determinada.”

            “Como assim?”

            “Com as pessoas do passado, havia alguns pré-requisitos para a ressurreição, tal como ocupar um novo corpo … bem, praticamente todos eles procuram pelo corpo de um Warlock ou por um corpo substituto no templo, que possa ser usado também. Se a alma e o corpo não desapareceram, o corpo pode ser preservado através de mágica ou colocado em um calabouço em conformidade para repelir qualquer intruso, por isso é possível que o corpo possa sobreviver”.

            “Então, você está dizendo que ele poderia realmente ser ressuscitado no continente?”

            “É totalmente possível.”

            Porém, mesmo com isso, Weed não liberaria Koldeurim apenas com isso.

            “Mas Koldeurim nunca saberá o quão duro nós lutamos apenas para obter os nossos caminhos até aqui. Para salvá-lo, nós temos que nos submeter às demandas dos vampiros. É como atirar lama por todo o nosso corpo depois que nós viemos todo o caminho até aqui … se nós apenas o libertamos será tudo atoa, então você apenas esquecerá o favor que você recebeu.”

            “Um Cavaleiro nunca iria esquecer a graça de outros”.

            “Koldeurim, se você pratica o cavalheirismo assim como você faz contra monstros, eu espero que você não se esqueça de estar em linha reta com a sua convicção. Isso é tudo o que eu realmente quero que você faça. “

            O método do coração de ouro!

            Sem ter que quebrar a miçanga que contém a alma, Weed estava operando para aumentar a familiaridade com o ser que estava dentro dela.

            Para os cavaleiros honestos, sua intenção era de imitar que ele tinha integridade e inocência.

            No entanto, Koldeurim não era um grande cavaleiro por nada, de modo que ele não era facilmente influenciado.

            “Isso é estranho. Um segundo atrás você disse que não se importava em liber… “

            “Essa é a convicção que eu quero ver em você … na verdade, a fim de salvá-lo, nós perdemos muitos dos nossos colegas … kyuhyuk!”

            Weed ainda tentou espremer algumas lágrimas! (NT = Nota barafael: kkkkk esse Weed está perdendo dinheiro, podia ser ator).

            Ele reluziu um sorriso com um pensamento dos alunos mortos.

            ‘Suponho que eles ganharam seu sustento.’

            No entanto, vendo um aventureiro que priorizou camaradagem desta forma, a voz de Koldeurim suavizou.

            “Em troca de apenas me salvar … no futuro, quando eu puder voltar para Kallamore eu nunca esquecerei. Me desculpe. Eu não possuo nada no momento para apresentar a vocês, mas, no futuro, eu prometo que não vou esquecer de fazê-lo”.

            Se alguém fizesse amizade com um rei ou com a nobreza, então a chance de receber missões seria mais elevada, enquanto o ganho também seria maior.

            Porém, com apenas uma ligeira familiaridade feita aqui, eles poderiam definir a estrutura para ter um acesso mais fácil ao Reino de Kallamore, para ir e vir tanto quanto eles quisessem.

            Como um dark gamer, ele precisava trabalhar para ter familiaridade com vários reinos, não importando agora quão arriscado possa ser.

            Weed já estava satisfeito com isso, mas uma ideia repentina apareceu.

            “Chamar Death Knight (NT = Cavaleiro da Morte) Van Hawk!”

            “Eu respondi ao seu chamado mestre!”

            Death Knight!

            A razão pela qual ele foi convocado foi porque ele costumava ser um cavaleiro de Kallamore.

            “Você também era um cavaleiro do Reino de Kallamore?”

            “Nos dias de minha vida. Agora, como um Death Knight, eu sou fielmente dedicado ao mestre.”

            “Mesmo assim, você pode ter uma pequena conversa entre os dois, já que ambos são nativos de Kallamore.”

            “Entendido”.

            O Death Knight olhou para Koldeurim que estava preso na miçanga.

            “Você é um nativo de Kallamore?”

            “Sim, mas eu não posso revelar o meu nome à um Death Knight”.

            Koldeurim estava tentando negar a ideia de estar no mesmo nível de prestígio com um Death Knight.

            O Death Knight perguntou pacientemente:

            “De qual pelotão?”

            “O que?”

            “Eu perguntei qual pelotão você foi designado a partir da academia de cavaleiros.”

            “O 694”.

            Tendo ouvido isso, o Death Knight zombou:

            “Eles já foram tão longe hein? Eu estava no 164”.

            “Seonbae nim” (NT = Nota barafael: termo usado para se referir a alguém hierarquicamente superior a você)!

            Uma vez cavaleiro, sempre um cavaleiro!

            Van Hawk foi um seonbae para Koldeurim por toda a vida devido a ter servido ao Império de Kallamore.

            Não era uma questão de familiaridade.

            É uma posição social!

            Uma classificação hierárquica entre Death Knight Van Hawk e Koldeurim foi formada.

            Em certo sentido, era o mesmo, por exemplo, àqueles com maior classificação nas forças armadas, que faziam um esforço menor do que aqueles de menor hierarquia.

            O Death Knight já tinha vivido por um longo período de tempo.

            “Quando eu estava em Kallamore, nós tínhamos todo o continente tremendo de medo. Desde quando é que Kallamore parece tão morta?”

            “Sinto muito Seonbae. O nosso poder tem sido muito enfraquecido pelos países vizinhos, de modo que não estamos sequer no mapa mais”.

            “Isso é simplesmente maravilhoso.”

            “Foi inteiramente nossa culpa por sermos incapazes. Se eu não tivesse sido capturado pelos vampiros então … ah! Seonbae nim por favor me salve”.

            “Como um antigo Cavaleiro de Kallamore, esse é o meu curso de ação.”

            “Obrigado, seonbae nim”.

            “Que inferno! Eu não posso acreditar que você foi mantido em cativeiro por aqueles Vampiros”.

            “……”

            O elevado espírito de autoestima de Koldeurim encolheu diante de Weed e do Death Knight.

________________________________________________________________

Tradutor: Antonio Pinheiro

Revisão/Adaptação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://royalroadweed.blogspot.co.il/2014/11/volume-12-chapter-8.html

________________________________________________________________

Capítulo Anterior  |  Próximo Capítulo

10 comentários sobre “LMS – Volume 12, Capítulo 8: Prisioneiro de Guerra

  1. Obrigado os dois pelo capitulo.
    Me decepcionou porque achei que ia ser um capitulo mostrando o vídeo da aventura deles e todo mundo pagando pau como foi na batalha dos orcs, mas fazer o que, um preludio de guerra também é sempre bom.

    Curtir

  2. Finalmente tive tempo pra ler, fiquei meio confuso com esse prisioneiro, ja q fazia um tempinho q nao lia e esqueci que tinham libertado o personagem.

    Será q a Seoyoon vai participar da guerra? Pela personalidade é bem provavel que nao, mas nunca se sabe.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s